29 de abr de 2012

Contranotificação de DMCA do Blogger


Contranotificação de DMCA do Blogger
Blog "Som Mutante"
Postagem Etta James "The Dreamer" by Omar
{0}Removemos a sua postagem porque fomos notificados que ela infringia os direitos autorais. Você pode visualizar{1}a notificação{/1} que recebemos e, se quiser, contestar a remoção preenchendo este formulário, que irá gerar uma contranotificação na Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital (DMCA).{/0}{0}O DMCA é uma lei de direitos autorais dos Estados Unidos que fornece diretrizes para fornecedores de serviços on-line de hospedagem em caso de violação de direitos autorais. O administrador de um site afetado ou o fornecedor de um conteúdo afetado pode registrar uma contranotificação de acordo com as seções 512(g)(2) e (3) da Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital ou outra lei aplicável. Assim que recebermos uma contranotificação, poderemos reintegrar o material em questão.{/0}{0}Para registrar uma contranotificação conosco, você deve fornecer as informações especificadas no seguinte formulário. Observe que você pode ser responsabilizado por danos (incluindo custos e honorários advocatícios) se apresentar de forma inapropriada que aquele material ou atividade não está infringindo os direitos autorais de outros. Consequentemente, se você não tiver certeza se certos materiais infringem os direitos autorais de outros, sugerimos que você entre em contato com um advogado primeiro.

1. Suas informações
Nome: *
Sobrenome: *
Seu título:
Nome da empresa:
Endereço: *
País de residência *
Endereço de e-mail de contato: *
Número de telefone: *
2. Esclarecimento

Se você quiser enviar uma explicação com sua contranotificação, digite-a aqui.
3. Declarações juramentadas
Declaro, sob pena de falso testemunho, que acredito de boa fé que o conteúdo na postagem identificada acima foi removido ou desativado em consequência de um engano ou identificação incorreta do material a ser removido ou desativado.

Eu dou consentimento à jurisdição do Tribunal Distrital Federal para o distrito judicial em que resido (ou para o Distrito Norte da Califórnia se o meu endereço estiver fora dos Estados Unidos) e aceito o serviço de processo da pessoa que enviou a notificação de acordo com a DMCA, seção 512 (c)(1)(C), ou de um agente dessa pessoa.
4. Assinatura
Assinado no dia: * (e.g. 2012/04/29)
Assinatura: *

Sua assinatura digital tem o mesmo valor legal que uma assinatura física.

Envie o formulário preenchido clicando no botão "Enviar".

Se você preferir enviar sua petição inicial pelo correio, forneça todas as informações pedidas acima e envie sua notificação para:

Google Inc.
Attn: Google Legal Support, AdSense DMCA Complaints
1600 Amphitheatre Parkway
Mountain View, CA 94043
United States


Você também pode enviar por fax sua petição inicial para: (650) 618-8507, Attn: Suporte do Google AdSense, DMCA

Saiba mais detalhes de nosso processo de envio por correio e fax. Enviar via correio ou fax irá resultar em mais tempo de processamento. O formulário on-line acima é a melhor maneira de entrar em contato conosco.



Contranotificação de DMCA do Blogger
Blog "Som Mutante"
Postagem Scorpions - Sting in the Tail
{0}Removemos a sua postagem porque fomos notificados que ela infringia os direitos autorais. Você pode visualizar{1}a notificação{/1} que recebemos e, se quiser, contestar a remoção preenchendo este formulário, que irá gerar uma contranotificação na Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital (DMCA).{/0}{0}O DMCA é uma lei de direitos autorais dos Estados Unidos que fornece diretrizes para fornecedores de serviços on-line de hospedagem em caso de violação de direitos autorais. O administrador de um site afetado ou o fornecedor de um conteúdo afetado pode registrar uma contranotificação de acordo com as seções 512(g)(2) e (3) da Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital ou outra lei aplicável. Assim que recebermos uma contranotificação, poderemos reintegrar o material em questão.{/0}{0}Para registrar uma contranotificação conosco, você deve fornecer as informações especificadas no seguinte formulário. Observe que você pode ser responsabilizado por danos (incluindo custos e honorários advocatícios) se apresentar de forma inapropriada que aquele material ou atividade não está infringindo os direitos autorais de outros. Consequentemente, se você não tiver certeza se certos materiais infringem os direitos autorais de outros, sugerimos que você entre em contato com um advogado primeiro.

1. Suas informações
Nome: *
Sobrenome: *
Seu título:
Nome da empresa:
Endereço: *
País de residência *
Endereço de e-mail de contato: *
Número de telefone: *
2. Esclarecimento

Se você quiser enviar uma explicação com sua contranotificação, digite-a aqui.
3. Declarações juramentadas
Declaro, sob pena de falso testemunho, que acredito de boa fé que o conteúdo na postagem identificada acima foi removido ou desativado em consequência de um engano ou identificação incorreta do material a ser removido ou desativado.

Eu dou consentimento à jurisdição do Tribunal Distrital Federal para o distrito judicial em que resido (ou para o Distrito Norte da Califórnia se o meu endereço estiver fora dos Estados Unidos) e aceito o serviço de processo da pessoa que enviou a notificação de acordo com a DMCA, seção 512 (c)(1)(C), ou de um agente dessa pessoa.
4. Assinatura
Assinado no dia: * (e.g. 2012/04/29)
Assinatura: *

Sua assinatura digital tem o mesmo valor legal que uma assinatura física.

Envie o formulário preenchido clicando no botão "Enviar".

Se você preferir enviar sua petição inicial pelo correio, forneça todas as informações pedidas acima e envie sua notificação para:

Google Inc.
Attn: Google Legal Support, AdSense DMCA Complaints
1600 Amphitheatre Parkway
Mountain View, CA 94043
United States


Você também pode enviar por fax sua petição inicial para: (650) 618-8507, Attn: Suporte do Google AdSense, DMCA

Saiba mais detalhes de nosso processo de envio por correio e fax. Enviar via correio ou fax irá resultar em mais tempo de processamento. O formulário on-line acima é a melhor maneira de entrar em contato conosco.

27 de abr de 2012

Clockwork Angels "Rush" (Preview)

Bem, achei interessante compartilhar, creio que já caiu na rede e assim que tiver o link posto aqui, gostei do que ouvi, como sempre RUSH, mas perfeitos com o tempo.

Dizem que a história se transformará em livro, o que é uma bobagem enorme dos brazucas saberetas e outros por aí mundo afora afinal o livro de Cassandra Clare foi a inspiração lançado em 2010, mas fazer o que, quem vai dar ouvidos à um lobo?

Sinopse - Clockwork Angel - (The Infernal Devices, #1)ré,ré,ré.....

Obs: A primeira imagem, que possivelmente será a capa do álbum, retrata nuvens de tempestade em tonalidade vermelha formando espécie de ciclone combinadas ao relógio já familiar, que esteve presente também na arte do single ‘Caravan/BU2B’ e no material relacionado a última turnê da banda, Time Machine.

O relógio mostra símbolos que representam enxofre, purificação, mercúrio, inverno, zinco, Sol, aquário (zodíaco), essência, Netuno, chumbo, Terra e cobre.

É interessante observar que o mesmo marca 9:12 (ou 21:12), numa provável referência ao antológico álbum 2112 (1976).
Já a possível capa do tourbook mostra-se bastante interessante, retratando uma parede com algumas rachaduras e com algumas engrenagens surgindo ao fundo numa parte quebrada, estas já conhecidas principalmente pela arte steampunk presente da turnê Time Machine.

Na parede surge o nome da banda escrito num estilo ‘grafite’, o nome do álbum e um curioso logo com as iniciais ‘CA’ (Clockwork Angels).

O fato que nos causa impacto é a presença de um dálmata se deparando com a imagem de um hidrante pintada na parede, uma referência clara ao álbum Signals (1982), que este ano completa 30 anos desde o seu lançamento.

Conforme ocorrido na turnê anterior com a execução na íntegra de Moving Pictures (1981), tal fato nos leva a imaginar que os rapazes estão planejando uma nova homenagem, dessa vez para o álbum que trouxe canções magníficas como ‘Subdivisions’, ‘New World Man’, ‘The Weapon’ e ‘Losing It’, esta última jamais tocada ao vivo.

No dia 19 de abril a banda lançou nas rádios o terceiro single de Clockwork Angels (2012), a canção ‘Headlong Flight’.

O álbum tem lançamento previsto para 23 de maio no Japão e 29 nos EUA, via Roadrunner Records, e no Canadá, via Anthem / Universal Music.


O 20° registro de estúdio do trio canadense teve a produção do mesmo Nick Raskulinecz que cuidou de “Snakes & Arrows” (2007).

Duas das novas faixas já tinham sido divulgadas na internet e executadas ao vivo durante a turnê de 2010/2011, “Caravan” e “BU2B”. A banda também anunciou o lançamento do novo ‘single’ “Headlong Flight” no dia 19 de abril.

O Rush ainda comentou o tema do álbum, "Clockwork Angels", que se trata de um disco conceitual cuja história fala de um jovem em busca de seus sonhos e inclui piratas, cidades perdidas, anarquistas e um relojoeiro.

A história do disco será transformada em um livro - ao contrário de álbuns conceituais que são baseados em livros ou contos - pelo escritor Kevin J. Anderson, amigo de longa data do baterista Neil Peart.





"Clockwork Angels", due June 12, will be the trio's first studio effort since 2007's "Snakes & Arrows" and their debut for Anthem/Roadrunner Records. The album is produced by "Snakes & Arrows" co-producer Nick Raskulinecz and recorded in Nashville and Toronto. The conceptual set will trace a protagonist's journey through a world of steampunk, alchemy and an exotic carnival; drummer and lyricist Neil Peart is also penning a novelization of the album with prolific author Kevin J. Anderson.


On sale a full three weeks before the regular UK album release date, Classic Rock Presents Rush - Clockwork Angels (fanpack edition) features the new album in full plus a 132 page magazine that forms the 'ultimate sleevenotes' to the new record, with extensive and exclusive interviews with Neil Peart, Geddy Lee and Alex Lifeson. Pre-order Classic Rock Presents Rush - Clockwork Angels

The official 2012 "Clockwork Angels" tour dates announced:

September
7 - Manchester, NH - Verizon Wireless Arena
9 - Washington, DC - Jiffy Lube Live
11 - Pittsburgh, PA - CONSOL Energy Center
13 - Indianapolis, IN - Klipsch Music Center
15 - Chicago, IL - United Center
18 - Detroit, MI - Palace of Auburn Hills
20 - Columbus, OH - Nationwide Arena
22 - St. Louis, MO - Scottrade Center
24 - Minneapolis, MN - Target Center
26 - Winnipeg, MB - MTS Center
28 - Saskatoon, SK - Credit Union Center
30 - Edmonton, AB - Rexall Place



October
10 - Bridgeport, CT - Webster Bank Arena
12 - Philadelphia, PA - Wells Fargo Center
14 - Toronto, ON - Air Canada Center
18 - Montreal, QC - Bell Centre
20 - Newark, NJ - Prudential Center
22 - Brooklyn, NY - Barclays Center
24 - Boston, MA - TD Garden
26 - Buffalo, NY - First Niagra Center
28 - Cleveland, OH - Quicken Loans Arena
30 - Charlotte, NC - Time Warner Cable Arena



November
1 - Atlanta, GA - Verizon Wireless Ampitheater
3 - Tampa, FL - 1-800-ASK-GARY Ampitheater
13 - Seattle, WA - Key Arena
15 - San Jose, CA - HP Pavillion
17 - Anaheim, CA - Honda Center
18 - Los Angeles, CA - Gibson Ampitheater
23 - Las Vegas, NV - MGM Grand
25 - Phoeniz, AZ - US Airways Center
28 - Dallas, TX - American Airlines Center
30 - San Antonio, TX - AT&T Center

December
2 - Houston, TX - Toyota CenterConfira a 'tracklist' do álbum:

01. Caravan
02. BU2B
03. Clockwork Angels
04. The Anarchist
05. Carnies
06. Halo Effect
07. Seven Cities of Gold
08. The Wreckers
09. Headlong Flight
10. BU2B2
11. Wish Them Well
12. The Garden

Enjoy!!!!!!!!!!!

22 de abr de 2012

Scott Henderson " Dog Party"

Bom, sigo apanhando com esse novo sistema de postagem que o blogger inventou, claro que deve ser melhor, futurista e o escambau, mas vão pra o inferno que as vezes depois de uma postagem pronta tenho de descartar tudo por causa de tanto html,rs

Lobo velho não tem saudades de maquinas de escrever não, mas catso, assim tb é foda.

Bem, recebo do PRB mais uma "coisinha" como ele mesmo diz, e eu digo simplesmente que é um dos discos que pessoalmente mais gostei e gosto de ouvir e como mudei geograficamente muita coisa ainda ficou pra traz e uma delas era o Scott e justamente esse disco.

Uma festa pra cães e lobos, uma produção todinha calcada no Blues mas voando por todas as vertentes como é a cabeça de seu criador, um liquidificador musical mas de uma qualidade impecável.

Uma cozinha de dar inveja em qqr um, estilo e peso o tempo todo e chega até a tirar o folego pra quem viaja no som como eu.

Ele me lembra muito a turma do Mike Varney como Pat Martino, Craig Erickson, Pat Mastelotto, John Norun e cia ltda; são discos que vc ouve e sente que tem começo meio e fim, são amarradas uma música na outra mesmo parecendo desconexas, e valem a pena ir de cabo a rabo nessa balada pra entender o que digo (óbvio, pra quem ainda não ouviu,rs).

Ouçam, sejam felizes, comecem a semana com um som que é uma festa sim, levem pra onde puder e deixem rolar e rolar, pra que ecoe por todos os vales sons de qualidade absurdamente perfeitos.
Hi Dead!

Tudo certinho, meu velho?

este eu pensei em mandar para o brother Pirata, mas fiquei preocupado que talvez pudesse danificar os sistemas de navegação daquela nau destrambelhada(rsrs);

fica a teu critério repassar, postar ou fazer o que quiser.

sei que as coisas estão difíceis, mas ainda tá valendo a possibilidade e porque não a felicidade de poder compartilhar estas coisinhas, é pura diversão.

abraços ao velho lobo e beijos nas crias


Recorded at Studio Sound, North Hollywood, California and The Convent, Beverly Hills, California in February 1994.


Personnel:

Scott Henderson (guitar); Kirk Covington (vocals, drums); Erin McGuire (vocals); Linda "Zig" Zegarelli, Pat O'Brien (harmonica); Mike Whitman (saxophone); Stan Martin (trumpet); Scott Kinsey (keyboards); Willie "Scrub" Scoggins, Steve "Huey Thibideau" Trovato, Keith "Mr. Big D" Wyatt, T.J. Helmerich (guitar); Richard Ruse (bass);.
Scott Henderson é um guitarrista de fusion melhor conhecido pelo seu trabalho na banda Tribal Tech. É um dos mais aclamados guitarristas da atualidade, e sua habilidade de improvisação é muito bem reconhecida.


Nascido na Flórida nos EUA, Scott Henderson começou a tocar guitarra cedo. Em sua formação musical, muitos anos foram gastos ouvindo rock, blues, funk e soul, e seus interesses em jazz apareceram depois graças à música de John Coltrane, Miles Davis e outros.


Após se formar na Florida Atlantic University, Henderson se mudou para Los Angeles e começou sua carreira tocando com o violinista Jean-Luc Ponty, o baixista Jeff Berlin, e Weather Report's Joe Zawinul. Sua primeira gravação foi no disco de Chick Corea chamado "Elektric Band", nesse álbum Scott tocou solos de Fusion com seu fraseado único.


Scott formou o Tribal Tech com o baixista Gary Willis em 1984. Fez turnês e gravou com a banda até a separaçao deles após o álbum Rocket Science em 2000. Durante esse tempo se moveu diretamente para o modo de tocar guitarra do jazz/Fusion. Em 1991 foi nomeado o melhor guitarrista de Jazz pela revista Guitar World, e em janeiro de 1992 foi eleito o melhor guitarrista de Jazz pelo Guitar Player magazine's Annual Reader's Poll.


Scott Henderson voltou para as raízes de blues, lançando o aclamado álbum Dog Party em 1994. Seu último disco solo, Scott Henderson LIVE, segue essa tendencia, e seu trabalho se transforma em funk/jazz fusion.


Scott Henderson atualmente da aulas no Guitar Institute of Technology, que faz parte do Institudo dos músicos em Hollywood, California.
This collection of ten blues and blues-rock tracks represents jazz guitarist Scott Henderson's tribute (if not complete return) to the emotive guitar playing of his early guitar influences: Jimmy Page and Albert King.


Released in 1994 after a string of highly acclaimed jazz fusion recordings, Dog Party won equal approval from the fickle guitar virtuoso press and fan base, winning every important magazine readers poll for best blues recording.


Accompanying Henderson on drums and vocals is drummer, vocalist, and fellow Tribal Tech member Kirk Covington; bassist Richard Ruse; and a host of heavyweight guest guitarists, vocalists, keyboard players, and other instrumentalists.


The music is comparatively direct relative to Henderson's fusion work, but the guitarist's chord and phrasing mastery is plenty evident throughout Dog Party.


Choice tracks include the vibrant "Milk Bone," the fuzzed-out and excessive "Hound Dog" cover, and the furious opener, "Hole Diggin'."


These stretched-out tracks are pure musical treats, while the more pop- and rock-structured cuts have an effect that might leave fans feeling as if something (specifically, the guitarist's tasty soloing) is being unduly held back.


Smart, syncopated, and snappy, Dog Party is a feast of stylish blues served with grace and feeling.


~ Vincent Jeffries

Enjoy!!!!!!!!!!!!!

20 de abr de 2012

"os caras" , Rod Stewart "Atlantic Crossing" e nós....

Bem, já começo por aqui me explicando e não resolve pra muitos eu sei, mas depois que o fbi resolveu agir ficou um saco de se postar.

Fácil de explicar:
Num host eu tinha mais de 100 arquivos sendo que só um tinha mais de 4000 downs desde que subi, fora os outros e na média eram acessados diariamente.

Em outro o Poucosiso hospedou vários shows pesados já convertidos em avi, raros e o caralho e voaram pra o espaço sideral.

Em alguns menores prq espalhei, derrubaram antes e agora pedem que as pessoas façam login pra poderem baixar o arquivo, o que não vejo problemas; mas no fundo no fundo, torrou a porra do saco sabe?
Tirou o tesão de se fazer as coisas, porque fiquei com uma cacetada de posts sem links que nem imagino quais são, prq revisar um por um no meu caso não to afim, qdo me avisam vou lá e reavivo o link com prazer mas muita coisa perdi em back ups e paus de pc e o escambau. Tem raridades que poucos tem e se quiser tenho que subir de novo e aí vem outra enxeção de saco " A porra do UPLOAD", prq não tem serviço nenhum nesse pais de merda que forneça um upload descente a não ser em faculdades e e instituições publicas ou privadas que trabalham em intranet e nao tem limite pra nada.

Fora isso vc paga por um sorvete e recebe um palito, e vai reclamar com o bispo prq o papa não tá!!!!!

Por isso, parei pra repensar a minha vida lupina e cheguei a seguinte conclusão: "Não tem solução".

Baseado nisso vou postar um arquivo novo (pra mim aqui na alcatéia) e repostar o link de um velho alternadamente até ver no que vai dar essa zona isso tb se não tirarem a gente do ar.

Agradeço muito a amizade e compreensão, apesar que nas estatísticas do blogger o nº de visitas caiu 90%  no próprio blogger subiu e já estamos passando a casa dos 1 milhão e 200 mil page views o que me deixa feliz e com senso de ter conseguido meu objetivo, que é distribuir música de qualidade (até duvidosa eu sei,rs) de graça e sem ter que cobrar nada nem me vender pra anunciante nenhum e olha que tb sou de mídia, e seria fácil fazê-lo.
Para o fim de semana uma polêmica.
Dizem que o IORR do Stones marca o início de muita coisa na música e como discordo completamente
Posto aqui o disco que tenho como marco pra uma mudança radical em tudo, onde o Rod saído do Faces, mostra tocando r'r, reggae, ska, balada e variadas dá um show de qualidade técnica, vocal e de abrir e fechar um lp, é um mestre em tudo, e prova do começo ao fim.
Isso sem precisar de grandes ídolos como os Stones, Rod Stewart é um gênio desde o início de sua carreira e continua encantando gerações, se vc não gosta problema seu, prq aqui a questão é ser bom ou não e esse é sim um dos melhores discos de todos os tempos.
Ele é tão debochado e displicente, mas centrado e sabedor do que faz que aparece desenhado na capa, estilo glitter, mostrando o universo ao fundo e indo contra qqr coisa que faria vc comprar um disco dele; e no entanto pra quem entende realmente de música e ouviu do começo ao fim, é uma ópera, alegre, as vezes um pouco sonolenta pra nos levantar em várias árias e nos pegarmos acompanhando ou na voz ou nos pés mas seguindo o embalo criado por ele.
Obs: Ainda tô aprendendo mexer com essa nova interface interna do blogger e é um saco pra lobos como eu, quem manja de net ok, é bico, mas assim começou e ainda estou por aqui, sem conhecer nada além da musica que tanto amo, assim sigo meu caminho lambendo minhas feridas..... Enjoy!!!!!!!!!!!!!

13 de abr de 2012

The New York Rock And Soul Revue "Live At The Beacon"

Primeiro a gentileza, segundo sou fã de carteirinha do Fagen e do MMDonald e além do quê um puta som, valeu o presente "PRB".

Deixei pro momento certo qdo comemoro mais um centenário na vida destrambelhada de um lobo, nada melhor do que compartilhar como aprendi com o mano Sara que apesar de me ensinar sumiu e parou de fazê-lo, eu ainda não.

Nesses dias quase meti um delete em tudo, tá muito ruim continuar mantendo alguma qualidade, os downs estão lentíssimos, os torrents infestados de vírus, tive de restaurar o pc umas 03 vz....mas...eis me aqui, ainda,rs

Espero curtam como eu...."Hi Dead!

tudo certinho meu velho?

dá uma olhada no link abaixo e veja se interessa

pelo pessoal envolvido, vale uma checada!

abraços ao velho lobo e beijos nas crias."Ain't no crime in having a good time and everybody partied at the New York Rock & Soul Revue held live at New York's Beacon Theater; the lineup of Phoebe Snow, Donald Fagan, Charles Brown, Michael McDonald, and Eddie and David Brigati (the Rascals) saw to that.

While some performances come off as perfunctory and there's nothing you could label outstanding, the soul is real and heartfelt.

Top performances come from Brown (the oldest person in the show), Snow and McDonald, Boz Scaggs ("Drowning in the Sea of Love"), and Fagen (a jazzy "Madison Time," which he performs accompanied by Jeff & the Youngsters in a full-blown reprise that closes the concert).

~ Andrew HamiltonRecorded live at the Beacon Theatre, New York on March 1 & 2, 1991. Includes liner notes by Donald Fagen.

Live Recording

Personnel:
Donald Fagen (vocals, melodica, alto saxophone, alto horn, piano, Fender Rhodes piano); John Hagen (vocals, tenor saxophone); Bob Gurland (vocals, trumpet); Jeff Young (vocals, alto horn, keyboards); Michael McDonald , Charles Brown (vocals, piano); Jeff Young (vocals, organ, keyboards); David Brigati, Eddie Brigati (vocals, percussion); Phoebe Snow, Boz Scaggs (vocals); Larry Debari, Jimmy Vivino (guitar, alto horn); Danny Caron, Drew Zingg (guitar); Mindy Jostyn (harmonica, acoustic bass, background vocals); Cornelius Bumpus (tenor saxophone); Chris Anderson (trumpet); Alan Golub (alto horn); Lincoln Schleifer (acoustic bass, electric bass); Dennis McDermott (drums); Philip Hamilton (percussion, background vocals); Dian Sorel, Ula Hedwig (background vocals).

Audio Mixer: Elliot Scheiner.

Recording information: Beacon Theatre, NY (03/01/1991-03/02/1991).

Photographers: Pete Fogel; Cesar Vera.

Unknown Contributor Roles: Bob Gurland; Michael McDonald ; Roger Nichols .Personnel:
Danny Caron, Jimmy Vivino, Larry DeBari (guitar); Cornelius Bumpus (saxophone); Chris Anderson, Bob Gurland (trumpet); Eddie Brigati, David Brigati (percussion, vocals); Mindy Jostyn (background vocals, harmonica); Philip Hamilton (background vocals, percussion); Dian Sorel, Ula Hedwig (background vocals); Jeff Young & The Youngsters, Drew Zing.

1. Intro
2. Madison Time
3. Knock On Wood
4. Green Flower Street
5. Shakey Ground
6. At Last
7. Lonely Teardrops
8. Drowning In The Sea Of ...
9. Driftin' Blues
10. Chain Lightning
11. Groovin'
12. Minute By Minute
13. People Got To Be Free
14. Pretzel Logic (Encore)...
15. Madison Reprise

Enjoy!!!!!!!!!

10 de abr de 2012

Roy Hargrove "The RH Factor Hard Groove"

Não vou falar nada sobre este álbum, apenas escutem...é simplesmente....ops eu não iria falar nada...rs!!!!

:) link re re re re atualizado, esses duram pouco mesmo...graças à um lobo anônino, show!!!

Enjoy!!!!!!!!!

9 de abr de 2012

6 de abr de 2012

Adele "Amsterdam 2011 Live at Paradiso"

Mais um post da série de reedições que resolvi fazer e explico melhor; como tive várias alterações em minha vida e até de local físico tive de me deslocar, junto a caça as bruxas aos links e hosts e um certo cansaço decorrente disso tudo, fiquei e estou a espera pra ver onde postar o quê, prq perder trabalho num tô mais afim.

Dito, isso me lembro bem que ao postar esse disco até um dos ombudsman da alcatéia me desceu o "reio" (já ouviram essa frase né?) dizendo que mais parecia um comício da cut de tanto barulho e falta de qualidade e etc.

Bem, a moça aí ganhou todos os prêmios possíveis e só não ganhou mais prq ficaria chato não ter nada pra gente tão talentosa que tb disputava, mas que ela é sim uma das vozes mais lindas e perfeitas que já surgiram nos últimos anos isso não tem dúvida, só falando que é bem "inglesa" mesmo.

Mas aí está que atiçar um lobo é mexer com fogo, e posso dizer com segurança "Eu avisei, nossa alcatéia sabe o que faz", ré,ré...

Bem, sabemos que prêmios não significam nada as vz devido ao jogo de bastidores mas neste caso o bastidor teve de se render e o lobo detectou bem antes; mais uma vez peço desculpas aos amigos e parceiros, vou me acertando e se tudo correr bem em breve postando como gosto, apesar que gosto assim tb.

Poderia um lobo ser um rato também?

A pergunta que não quer calar é devido ao ditado "rato de livraria" porque adoro ler e pesquisar coisas e assim fuçando vou vendo e descobrindo o mundo com olhos de outrem.

Numa dessas incursões a trilha sonora tocou a música de trabalho dessa garota (gente ela parece mais velha, acho que deram informação errada mas...) e aí me apaixonei mesmo; canta pra caraco, tem ginga, voz e além de tudo impacta mesmo, pelo menos a mim sim!!

"Rolling in the Deep" toca em rádios já há um tempo mas não me ligo muito em programação desde que parei de militar na área, e sigo a Rock Fly e algumas de Blues que amo de paixão e noticia que acaba sendo um vicio antigo, escrever enquanto não ouço nada ou ouço alguém falando.

Ela canta muito, é linda e apaixonante e essa música não dá a dimensão do talento que ela possui e até surgiu em alguns blogs comparações com a tal famosa que morreu a pouco (não falo o nome prq tem uns nerds aí que brigam, se descabelam e enchem o saco se falar mal da deusa bêbada, devem ser os mesmos que adoraram o tal evento de música que rolou) mas nada a ver mesmo em tudo, mas tudo mesmo.

Agora é com cada um, já fiz minha parte.Adele Laurie Blue Adkins(Enfield, 5 de maio de 1988), conhecida pelo nome artístico Adele é uma cantora e compositora britânica.

Ela foi a primeira a receber o prêmio Critics' Choice do BRIT Awards e foi nomeada "artista revelação" em 2008 pelos críticos da BBC.

Em 2009, Adele ganhou dois Grammy Awards de "Artista Revelação" e "Melhor Vocal Pop Feminino". Teve seu reconhecimento mundial ao lançar o álbum 21 e dominar as paradas de sucesso nos Estados Unidos e Reino Unido com o single "Rolling In The Deep.

Adele Laurie Blue Adkins atraiu a atenção da XL Recordings com suas três demos no seu perfil no MySpace e acabou por assinar com a gravadora.
Desde a sua estreia, o álbum 19 de Adele foi aclamado pela crítica e foi um sucesso em vendas.

O álbum estreou em número um e recebeu três certificações de platina no Reino Unido.
Sua carreira de sucesso nos Estados Unidos começou após uma apresentação sua no programa Saturday Night Live em 2008.

Adele lançou seu segundo álbum 21 em 24 de janeiro de 2011 na Inglaterra e em 22 de fevereiro nos Estados Unidos.
O álbum foi um sucesso comercial e com a crítica, vendendo 208 mil cópias na primeira semana de vendas no Reino Unido estreando em primeiro lugar na UK Albums Chart e também liderou as paradas de vendas em vários países.

O CD também estreou muito bem nos Estados Unidos alcançando a primeira posição na Billboard 200 vendendo 352 mil cópias na primeira semana.

Depois de uma aclamada performance ao vivo no BRIT Awards de 2011, a canção "Someone Like You" chegou ao primeiro lugar das paradas de sucesso no Reino Unido, enquanto o álbum também permaneceu como número um no país.

A Official Charts Company anunciou que Adele é a primeira artista a alcançar, ainda viva, uma canção e um álbum como número um ao mesmo tempo na Inglaterra desde Os Beatles em 1964.
Musicas :

01:: Hometown Glory

02:: I’ll Be Waiting

03:: Don’t You Remember

04:: Turning Tables

05:: Set Fire to the Rain

06:: If It Hadn’t Been for Love

07:: My Same

08:: Take It All

09:: Rumour Has It

10:: Right as Rain

11:: One and Only

12:: Love Song

13:: Chasing Pavements

14:: Make You Feel My Love

15:: Someone Like You

16:: Rolling in the Deep

Enjoy!!!!!!!!!

3 de abr de 2012

Cafeine "La Citadelle"

Nos próximos posts vão aparecer vários progressivos que chegaram até a alcatéia e como sei que nosso ombundsman é um pé no saco com relação a isto deixo bem claro o motivo.

Tô com o saco cheio de ver em blogs por aí bandas obscuras, de sons obscuros sendo intituladas progressivo só prq são obscuros.

Não é introduzindo instrumentos clássicos com outros tais como baixo, batera e guitarra que se faz um rock progressivo e nem voltando aos tempos medievais ou usando gaitas de fole e sei lá mais o quê; mas sim temperando uma mistura de qualidade, bom gosto e virtuosismo em cima de instrumentos clássicos ou não e utilizando notas e letras pra formar um conjunto harmônico ou dissonante mas que principalmente tenha qualidade.

Como no rock italiano, vários blogs tem postado bandas como progressivo só por causa dos nomes e nem se dão ao luxo de ouvir ou pelo menos pesquisar, o que identificaria o nicho em que tal banda atua ou atuava.

Como isso tb vem acontecendo com bandas francesas resolvi postar o Cafeine, que pouco vejo falar por aí e vou trazer mais um trabalho fantástico em breve (se deixarem) pra demonstrar a diferença até com a produção dos discos e a qualidade do material pra tanta coisa que consigo ver por aí levando o nome de progresssivo.

Ah e este post nasce de um email:

Olá Dead or Alive

Qual é a sua opinião sobre este disco ?

Cafeine La Citadelle - 1994

Capa em anexo.

Um abraço e

Que Deus te dê a paz.

Enio ( Juninho )

T
CAFEINE were a French band,found in 1990 by Patrick Jobard (guitar), Christophe Houssin (keyboards) and Laurent Houssin (bass guitar).

The first line-up included also Bertrand Peyrat on drums and Jean Chiriaux on vocals.

The band recorded two demos with great success and was offered a contract by MSI,however it was the departure of Houssin,Peyrat and Chiriaux which slowed things down.
CAFEINE continued playing live with Jean-Christophe Lamoureux on bass and Hervé Morel on drums,while new vocalist Philippe Ladousse joined a little later.

Finally the band's debut ''La citadelle'' was released in July 1994,STYLE: A fine release of melodic Progressive Rock with a modern sound (often flirting with neo progressive),yet the influences by 70's bands are obvious.

Keyboards have a strong classical flavor and when they doesn't it's the guitarist who takes over with plenty of mind- blowing melodic solos.

Lots of instrumental parts with enough complexity and a good amount of strong, poetic and lyrical performances.

From the powerful,filled with interplays compositions to the more relaxed,laid-back vocal-led themes,it's a certain aim for the band to keep the album's good balance.INFLUENCES/SOUNDS LIKE: Any guitar/keyboard-driven symphonic band that springs to your mind.

From GENESIS and CAMEL to ANGE and ANYONE'S DAUGHTER with an obvious neo reference.

Often I am reminded of EXPLORER'S CLUB ''Age of impact''.

PLUS: Keyboard work is simply beautiful with a mass of memorable symphonic outbursts.

Guitars are also very strong,both on rhythmic and solo parts.

Vocals come also as a plus,as Ladousse is a decent singer without an over the top moment.

The album in general is very melodic and maintains a great balance throughout.Some more complex parts will satisfy the more demanding progheads.MINUS: You won't find something you haven't heard in the past.

The production is flat,burring at moments the fantastic keybord and piano work,a common thing for most of late-90's/early-90's bands.

Drums and especially percussion sound very very plastic.

WILL APPEAL TO:...fans of Symphonic/Neo Prog,who propably consider it a must-have.

CONCLUSION/RATING: A carefully-arranged album by a very talented band in the vein of Classic Progressive Rock can be nothing more than a succesful purchase.

Fine melodies,an ethereal atmosphere and the superb balace guarantee a pleasant listening...3.5 stars.Studio Album, released in 1994

Songs / Tracks Listing
1. La Cour Des Miracles (11:25)
2. Insomnies (9:10) second extrait
3. Delenda Est (6:57)
4. April Thème (9:48)
5. La Citadelle (2:50)
6. Postérité Partie I & II (15:42) second extraitTotal Time: 55:52
Lyrics
Search CAFEINE La Citadelle lyrics
Music tabs (tablatures)
Search CAFEINE La Citadelle tabs
Line-up / Musicians
- Christophe Houssin / keyboards
- Patrick Jobard / guitars, lead (on 4) and backing vocals
- Philippe Ladousse / lead (except 4) & backing vocals
- Jean-Christophe Lamoreux / bass, sitar
- Herve Morel / drums & percussion Guests:
- Charly Guillon / oboe
- Nathalie Lefebre / flute
- Benoit Tremolieres / Uillean pipes
Confirmando, estou repostando posts que ficaram pouco tempo no ar ou na capa do blog e que acho merecem mais atenção.

Déguster!!!!!!!!