30 de jun de 2012

Dércio Marques "Cantigas de Abraçar" (rare rip)

Aqui está uma das obras mais raras de ser encontrada pela net e nas lojas, espero entendam o porque digo tão importante e com um trabalho quase desconhecido de muitos.

É um verdadeiro gênio e um puta de um ser humano que nos deixa, que tal espalharmos sua obra por aí?

Será que nos tornamos aquilo que mais tememos?
Será que nos tornamos preconceituosos e discriminadores?
Lembro-me de Rolando Boldrin meu professor amado, do Renato Teixeira um ser humano maravilhoso e eu já emendo que ao estar junto com o Almir Sater, o Renato se completa; eles se tornam UM e aquilo vira uma sinfonia brasileira.

Nessas também me lembrei de um camarada que tenho respeito e admiração, talentosíssimo e pouco lembrado qdo se fala de Minas, porque sempre são lembrados os mesmos, Milton, Beto Guedes, Lô e etc....que são maravilhosos sim, mas tantos outros ensinaram estes a construírem seu "Clube da Esquina" e o Dércio com certeza foi um deles.

Não tô aqui querendo ser dono de nenhuma verdade, quem sou eu pra isso, estou fazendo uma homenagem simples e singela à um dos mais talentosos compositores da musica brasileira e um dos melhores vocalistas de suas "modas" como o Chico Buarque é das dele.

Realmente ele anda sumido do cenário, teve lá seus problemas na vida como todos nós, mas o Boldrin o levou e um de seus programas o "SR Brasil" na Tv Cultura as terças 22 hs (agora as quintas como me chamou a atenção dona Lucy; é que repostei como tal foi feito, mas tá certo inclusive de lembrar que reprisa no domingo as 10 da manhã), e ele conseguiu tirar lágrimas de jovens e coroas, e ser aplaudido de pé como merece.Esse trabalho eu ganhei dele através de uma amiga comum que mandou me entregar com o seguinte recado : "já que gostou, é seu"!

Poucas palavras pra uma obra que considero uma sinfonia e ele a chama de "Cantigas de abraçar"; acho isso de uma delicadeza tremenda e de uma humildade que poucos seres humanos possuem.

O disco é em papel cartão e nessa cor que vc vê acima mesmo, sem capa de acrílico, que o danifica mais rápido mas lembra mais os vinys do que os cds, até nisso ele é um mestre.

Mestre Dércio, sua irmã Doroty, e outros aqui como o gênio Luis Perequê de Parati e a belíssima voz e pessoa de Daniela Lasálvia

Prometi que iria trazer pra ouvirmos juntos aqui no SM, então tá aí um brasileiro que muito orgulha esse país e que espero consiga levar o amor que ele tanto canta aos corações dos que quiserem.

"Esta obra é uma prenunciação da cantoria de São Gabriel"Músicas e Músicos
Parte 1

1 Por que não me vês (Fausto)
Participação: Stephen Ephendy
2 Cantada (Elomar)
Participação: João Omar / Kaleidoscópio
3 Barbyton (Luiz Perequê)
Participação: Luiz Perequê
4 Ou... me ensine (Gildes Bezerra - Luiz Celso de Carvalho)
Participação: Luiz Celso de Carvalho
5 Esperança passarim (Sergio Ramos)
Participação: Sergio Ramos / Gê
6 Cânticos (Gildes Bezerra - Dércio Marques)
Participação: Confraria da Bazófia / Andréa Daltro / Mônica Albuquerque / Tito Baiense / Ton-Ton Flores / Ricardo Bordini
7 Recolher (Arthur Andrade)
Participação: Confraria da Bazófia / Andréa Daltro / Mônica Albuquerque / Tito Baiense / Ton-Ton Flores / Ricardo Bordini
8 Madre Luna (Folclore equatoriano)
Participação: Grupo Terramérica
9 Ciranda lunar (Amauri Fallabela)
Participação: Daniela Lasalvia / Amauri Fallabela
10 Minas da lua (Gildes Bezerra)
Participação: Saulo Laranjeira
11 As manhãs (Folclore mexicano)
Participação: Benjamim Gonçalves / Fernando Guimarães / Paulo Pio / Zezé
12 Como o pão nasce do trigo (Fernando Guimarães)
Participação: Fernando Guimarães

Musicas e Músicos:

Parte 2

1 Pequenina (Renato Teixeira)
Participação: Renato Teixeira / Zé Gomes
2 História do Cavaleiro Sertanejo e a Princesa do Clarear (Carlos Pita)
Participação: Roze
3 Anjos da terra (Dércio Marques - Paulinho Pedra Azul)
Participação: Paulinho Pedra Azul
4 Retinas (Virginio Siqueira - Maciel Melo)
Participação: Maciel Melo
5 Além de Olinda (José Eduardo Gramani)
Participação: Daniela Lasalvia
6 Peleja do sizal (Fábio Paes)
Participação: Carlinhos Brown / Fábio Paes
7 Canção da vida (Fábio Paes)
Participação: Fábio Paes / Roze
8 Santo Reis (Elomar)
Participação: Elomar / Xangai / Kátia Teixeira / João Omar / Ocello
9 Folia de Baependi (Folclore de Minas Gerais)
Participação: Rubinho do Vale / Titane / Clóvis Maciel / Déo Lopes
10 Arreuni (Chico Maranhão)
Participação: Doroty Marques / Geraldo Biason
11 Aboio (Elomar)
Participação: Carlinhos Brown / Elomar / Fábio Paes
12 Irmãos da lua (Renato Teixeira)
Participação: Ione Papas / João Bá / Dani Lasalvia / Guru Martins / Hilton Acyoli / Sabá Moraes / Daniel Sanches / Amauri Fallabela / Chico Teixeira / Ney Couteiro / Ronaldo José Pereira / Bia Ramsthaler / Dan NakagawaObs:Postado originalmente em 03/02/09 e feitas algumas correções e adaptações para o momento.

Outra obs: Prq sera que nunca consigo deixar esse disco maravilhoso no ar? É a 4ª ou 5ª vez que reposto, e vou insistir.


Enjoy!!!!!!!

27 de jun de 2012

Dércio Marques nos deixou.......

PQP!!!!
Já postei o Cantigas de Abraçar 04 vezes e foi detonado todas, hoje não tem jeito de postar nem subir mais nada, hoje só quero chorar a morte de mais um amigo e irmão.

Mais um porque perdi ontem um amigo e irmão, o advogado Dr Paulo Antonio Porto Seixas Pinto que sobreviveu a cirurgia de dois aneurismas mas morreu de pneumonia dentro do CTI de um dos maiores centros de referência do estado em Ribeirão Preto, irmão de jornada, amigo de fé, de tomar cerveja juntos e brigar contra o seu timão.

Perdi mais uma referência da minha vida de várias que venho perdendo, ou sendo tiradas sabe-se lá Deus porque, mas até minha Mel nunca mais vi por ingratidão de quem sempre estendi a mão e ingratidão orquestrada a várias mãos que um dia prestarão contas de suas artes.

E agora esta, meu cantador preferido de quem ganhei discos e histórias, que chorou a separação do seu primeiro casamento prq foi proibido de ver suas amadas filhas estampadas na capa do Cantigas de Abraçar em fotos lindas.

Entendi sua dor qdo me foi proibido tb ver minha Mel, sentia sua dor, mas me tornei parceiro dela, e ele com isso foi se escondendo e se escondendo e se calando.

Ele as amava tanto que o baque quase acaba com sua carreira, e depois de um pedido ao grande mestre Boldrin, ele foi convidado pra um programa especial no Sr Brasil da tv Cultura, e só com suas obras e causos o vi como uma fênix renascer no lugar que amava, junto ao público e aos amigos.O Boldrin é mágico, um anjo na terra, um gênio artistico inestimável, um coração de criança ou de passarinho; o amo como ele ama esse país e suas músicas e o amo pelo respeito que tem por quem merece.

Escreveram sobre Dércio Marques, eu não tinha porque como disse chorava a partida de um irmão tb e um pouco atrasado posto aqui minha dor, meu amor e minha gratidão pelo grande violeiro e cantador Dércio Marques, compositor, amigo, gente, gente de verdade e não essas porcarias por aí que só sabem causar dor e sofrimento em quem dizem amar e fazer os outros sofrer.

Dércio Marques, se encaixa no que diz Luiz Vieira "um menino passarinho com vontade de voar (e de cantar)"; Dércio, Paulo, meus amigos, estou triste mas feliz tb prq os conheci e tive oportunidade de desfrutar da convivência com vcs apesar de distante nos últimos tempos por caminhos que nossas vidas tomam.

Choro, choro como criança que sabe o mundo mais triste agora....uma pena, uma grande pena e tb uma grande perda.....choro......O Brasil e o mundo perderam hoje, às 8h, vítima de infecção generalizada, após cirurgia, o grande artista DÉRCIO MARQUES. Violeiro, cantor, intérprete e compositor – muito pouco para descrever a riqueza deste mestre mineiro de Uberlândia, cidadão do mundo, baluarte da cultura popular, da natureza bruta destas terras. O corpo será cremado em Salvador
Marques ficou conhecido em Vitória da Conquista, principalmente, por dividir palco com Elomar Figueira em várias apresentações.


“Ah, Já Fiz Versos De Tributo, Hoje Só Somente Escuto,

Não Tributo Mais Ninguém; Cada Rosa Seu Perfume,

Ninguém Lava as Mesmas Mãos,

Ninguém Canta Com a Mesma Voz!

Ontem a Lua Foi Airosa, Toda Rosa Perfumosa,

Mas o Tempo Deu-me Tempo Prá Pensar

Ah, E Eu Seguisse a Cada Passo, Cada Traço Do Pincel,

Cedo ou Tarde Eu Ia Ver, Escorregar Na Tinta Fresca,

Me Mesclar Com a Cor Vermelha, Eu Iria Me Perder.”

(Dércio Marques)O violeiro, cantor e compositor mineiro Dércio Marques morreu na noite de terça-feira (26), em Salvador, por insuficiência renal, devido a complicações de um câncer no pâncreas. O cantor estava internado há três semanas no Hospital Ana Nery, onde se recuperava da operação de retirada do pâncreas, vesícula e baço.

Segundo Sônia Machado, secretária do músico, Dércio Marques começou a dar sinais da doença em dezembro do ano passado, mas só no início do ano foi diagnosticado com câncer. O corpo do compositor está sendo velado no cemitério Jardim da Saudade e será cremado na quinta-feira (28). A família ainda vai decidir se suas cinzas serão jogadas em um rio ou no mar, duas paixões do músico.

Dércio Marques alternava sua residência entre sua cidade natal, Uberaba, no Triângulo Mineiro, e Salvador. Ele deixa uma companheira e quatro filhos.

Durante a carreira, o artista buscou retratar a música raiz brasileira. Pesquisador das tradições da terra, Dércio Marques percorreu o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, para buscar cantigas que retratassem a cultura popular. Dessas andanças pelo vale, ele lançou o CD Fulejo.


Terra, Vento e Caminho

Enjoy!!!!!!!!!!!!!

26 de jun de 2012

Leonard Cohen "live in London" concert at the O² Arena, july 17th, 2008

Não precisaria falar o que vou falar mas vou e pronto!

Leiam o que a Lucy escreveu sobre Mr L.C. pra entender um pouco da história desse cara que compôs simplesmente uma das músicas mais gravadas de toda a história e o porquê disso.

Segundo ele próprio a versão do Jeff Buckley que muitos criticaram qdo postei é a mais perfeita interpretação de sua obra, e além do que não fosse sua seria pra ele o mais lindo hino cantado por um apenas garoto de 20 e poucos anos.

Leonard Cohen, esse nome é mítico na indústria fonográfica, é mítico no cenário internacional e desconhecido a granel por aqui em terras brazucas; claro que não generalizo e muitos odeiam seu estilo ou tão se lixando pra suas músicas, mas pra quem tem um pouco de sensibilidade um grau acima de um lobo por exemplo vai sacar o que digo.

Este show foi meu reencontro com ele e com sua divina música que considero sim muito acima de qqr dessas porcarias que dizem fazer por deus pra caça niqueis, acho que Deus se agrada mais de pecadores sinceros do que castos falsos e ladrões.

Não sou santo, e nem ele é, mas aqui ele atinge um ápice que poucos, raríssimos músicos chegarão e nesse momento que ouço Mark Knopfler live vejo que são raríssimos mesmo e precisam ser preservados (já disse que tenho mania de escrever em silêncio ou ouvindo outra coisa do que posto, mania de lobo).

Bom, é isso.No dia 14 de abril de 2009, fiz uma postagem, no meu então ativo blog: Leonard Cohen, Live at the Beacon Theater.

O show era de apenas dois meses antes, a primeira vez que o Cohen se apresentava em 15 anos diante de uma plateia americana, foi seu retorno triunfal aos palcos do país que ele adotou como segunda casa.

Quem baixou, parabéns; quem não baixou, não baixa mais, porque o hospedeiro comeu.

Se alguma boa alma tiver, favor nos informar -- eu agradeço.

Em todo caso, trago o Live in London.

Aos fãs do bardo canadense, aproveito pra dizer que, em outubro do ano passado, foi lançada toda a discografia dele, live e de estúdio, num box set com 17 CDs.

Pra vender, não tem mais -- não na Amazon americana, na canadense nem olhei.

Mas deve ter tudo por aí pra baixar.

De minha parte, continuo decepcionada por ele estar em turnê mundial desde 2008 e não ter vindo ao Brasil.

Já começo a ficar sentida.Mas o que vale dizer sobre o Cohen, e talvez o que mais me cativa, é que ele é um escritor antes de ser músico.

O material dele sempre foi as palavras, antes mesmo dos acordes.

Ele começou a carreira na música já depois dos 30, cantando em festivais folk nos EUA, desapontado que não dava pra viver de escrever livros no Canadá daqueles anos 60.
O resto é história.

No meio do caminho de uma bem sucedida carreira, Cohen perdeu tudo.Em 1994, quando foi morar num monastério budista, e lá ficou por cinco anos, quem deveria ter cuidado dos seus interesses supostamente lhe roubou.

Como 5 milhões de dólares não evaporam, o caso foi parar na Justiça.

Ele processou a então empresária em 2005, logo depois de tê-la demitido.

Ela foi considerada culpada e condenada a pagar 9,5 milhões de dólares pra ele.

Mas a moça, que fora empresária dele por 17 anos, e com quem ele admitiu ter tido nada além de um breve relacionamento íntimo, sumiu no mundo.

Cohen jamais viu a cor do dinheiro.

Foi por isso que voltou a fazer turnê em 2008, pra recuperar o que havia guardado durante toda uma carreira, se refazer do zero, basicamente, com mais de 70 anos.

Depois da condenação, começou uma campanha de ódio.A ex-empresária, embora sumida, começou a ameaçá-lo em dezenas de mensagens de voz e emails intermináveis -- o que se chama de "harassment" por lá.

Novo processo e, em abril último, ele ganhou.

Desta vez, ela foi condenada a 18 meses de prisão e mais cinco sob condicional.

Tá em cana na Califórnia.

Vai ter que fazer terapia, ter aulas de "anger management" e foi destituída de seu direito constitucional de portar armas de fogo.

Lá, a coisa funciona, cadeia não é escola de bandido.

Cohen também foi processado por ex-sócios, mas todos os processos foram "dismissed", não vingaram.

http://www.guardian.co.uk/music/2012/apr/19/leonard-cohen-former-manager-jailed Ele, por outro lado, não precisa mais daquele dinheiro que a Justiça americana considerou justa indenização.

Cohen, diz a Billboard, já ganhou mais de 9 milhões de dólares com a turnê mundial e este "Live in London", que é um registro no palco gravado às vésperas dos seus 75 anos, em plena forma.

O bardo já engatou nova turnê, continua na estrada com o novo álbum Old Ideas.

No fim de toda a estressante batalha judicial, Cohen, como cavalheiro quase irretocável que é, além de monge budista ordenado e judeu praticante, agradeceu a ex-empresária e ex-breve-amante, porque, de outro modo, ele não teria voltado aos palcos e não teria deixado o que ele mesmo chamou de uma vida meio ermitã, embora nunca tenha deixado de escrever ou compor.Digo "quase irretocável" porque ainda falta vir ao Brasil.

E pra não dizer que não falei de flores, a tal fama de mulherengo é pura fama.

Em todas as oportunidades, Cohen sempre a desmentiu e riu dela.

Quem já teve a oportunidade de ler o que ele escreve acredita solenemente no desmentido sobre esse fama de mulherengo.

E não que isso realmente importe...A faixa 5 do segundo CD de Live in London é um pouquinho do Cohen recitando um de seus poemas.

O original é do livro Book of Longing, de 2006, mas ele tem recitado versões levemente modificadas no palco.

Eis aqui o que vão ouvi-lo recitar.

A thousand kisses deep

You came to me this morning
And you handled me like meat.
You'd have to be a man to know
How good that feels, how sweet.
My mirror twin, my next of kin,
I'd know you in my sleep.
And who but you would take me in
A thousand kisses deep?

I loved you when you opened
Like a lily to the heat.
You see, I'm just another snowman
Standing in the rain and sleet,
Who loved you with his frozen love
His second-hand physique
With all he is, and all he was
A thousand kisses deep.

I know you had to lie to me,
I know you had to cheat.
To pose all hot and high
Behind the veils of sheer deceit
Our perfect porn aristocrat
So elegant and cheap.
I'm old, but I'm still into that
A Thousand Kisses Deep.

I'm Good at Love
I'm Good at Hate
It's in between I freeze
Been working out but it's too late
It's been too late for years
But you look good,
You really do,
They love you on the street.
If you were here I'd kneel for you
A Thousand Kisses Deep.

The autumn moved across your skin
Got something in my eye
The light that doesn't need to live
And doesn't need to die
A riddle in the book of love
Obscure and obsolete
Till witnessed here in time and blood
A Thousand Kisses Deep.

And I'm still working with the wine,
Still dancing cheek to cheek.
The band is playing "Auld Lang Syne"
But the heart will not retreat.
I ran with Diz, I sang with Ray,
I never had their sweet
But once or twice they let me play
A Thousand Kisses Deep.

I loved you when you opened
Like a lily to the heat.
You see, I'm just another snowman
Standing in the rain and sleet,
Who loved you with his frozen love
His second-hand physique
With all he is, and all he was
A thousand kisses deep.

But you don't need to hear me now
And every word I speak
It counts against me anyhow
A Thousand Kisses Deep.

Quem quiser saber e ouvir mais, recomendo o documentário Ladies and Gentlemen... Mr. Leonard Cohen. Tem 44 minutos e dá pra assistir online.

http://www.nfb.ca/film/ladies_and_gentlemen_mr_leonard_cohen/ Cohen recebeu dezenas de prêmios e honrarias, da década de 60 até hoje, entre elas o Rock and Roll Hall of Fame, o Lifetime Achievement Award do Grammy e o prêmio Príncipe das Astúrias de literatura.

Mesmo durante seus anos turbulentos ou de inatividade, outros artistas nunca deixaram de resgatar a música do bardo canadense, não raro despertando o interesse de novas gerações de fãs, como foi o caso das músicas que apareceram em filmes como Exotica e Natural Born Killers, além do saudoso Jeff Buckley, com Hallelujah.

Faltou dizer sobre o que ele escreve, sobre o que fala nas canções e nos poemas.

De tudo.

Vai da guerra ao sexo, passando pela mortalidade e pela depressão, fala de política, de amor, de música, de suicídio.

Principalmente, Cohen canta e escreve sobre gente, sobre os relacionamentos interpessoais e a condição de ser humano.

Em tudo existe uma fissura.

É assim que a luz entra.I tried to leave you, I won't deny.
I closed the book on us at least a hundred times.
But I wake up, each and every morning, right there, by your side.
The years go by, you lose your pride.
Your little baby is crying, so you do not go outside.
And your work is right here, right before your eyes.
Good night, my darling, I hope you're satisfied.
The bed is kind of narrow, but my arms are open wide.
Yes, and here's a man, he's still working for your smile.


Suffering by nature or chance never seems so painful as suffering inflicted on us by the arbitrary will of another. (Schopenhauer)

Part 01
Part 02
Part 03

Enjoy!!!!!!!!!!!!

23 de jun de 2012

John Kay and Steppenwolf "Live at 25: Silver Anniversary"

Se tem uma coisa na vida que gosto de fazer além de ouvir música e conhecê-las é poder postar por aqui alguma coisa que valha o trabalho de alguns poucos.

O Som Mutante nasceu da minha intensa vontade de sair com meus discos por aí de casa em casa e colocar na vitrola pra gente ouvir e curtir muito e com isso foi tomando uma proporção maior que eu próprio imaginava.

Não que faça as coisas pensando em que elas não darão certo, mas em meio a tantos blogs e espaços anos luz melhores, imaginava que a alcatéia seria realmente um clubinho como já foi taxado uma vez, mas percebi que realmente não existe fronteiras pra internet.

Meus passeios foram pra Uganda e fiquei felicíssimo qdo o primeiro visitante de lá baixou um som e imaginei (porque vcs sabem o qto nós lobos somos criativos né?) que algum sobrevivente daquilo que um dia pode ser um belo país estaria distraindo sua dor ao som de algo que saiu daqui.

Qdo da Mongólia saiu o primeiro down também pensava o que pensaria quem baixou e o que fez baixar prq normalmente não posto aqui feijão com arroz apesar de gostar muito mas já tem demais por aí.

Nossos irmãos lusitanos são presença constante também, como italianos, franceses e até da Rússia esses dias vieram novos visitantes e não adianta especialistas me falarem de proxys prq eles alteram os ips pra os eua e não pra estes confins do planeta apesar de existirem os que podem fazer.

Com isso realmente me dói qdo não consigo realizar um post como me propus no início, que seria um por dia para pelo menos qdo morrer tivesse terminando de postar só o que tenho.Mas depois que amigos começaram a colaborar dividindo seus acervos e idéias aí a "viola ficou em caco".

Depois com o passar do tempo o Lobo tb foi cansando dessa merda de internet que não funciona a rádio, speedy, 3g ou o raio que os parta enquanto nos eua 01 tb já vem com o pacote de tv que vc assina e na europa, a anos isso é brincadeira de criança; prq amigos que tenho qdo começou a febre do DC++ por aqui já o usavam e na parte fechada (exclusiva pra grandes arquivos pra quem não conhece) prq só aceitavam em seus grupos acervos acima de 5 tb pra troca e não adiantava encher de traqueiras pra fazer espaço que eles cortavam.

Além de cansar tem épocas que praticamente não funciona ou porque não tem sinal, não tem banda, não tem slots ou não tem vergonha na cara de um país desses onde minha filha se contentou com a net popular que apesar do que o nome diz nada mais é do que retornar ao povo o que nossos impostos pagam.

Mas com essa pop não consigo nem chegar na alcatéia qto mais sair daqui pra o mundo e assim "La Nave Va" como diria Fellini, e com isso o ritmo diminuiu, fiquei sim chateado mas não desisto e mesmo demorando aí minhas duas horas pra subir uma foto ou imagem, mais tantas pra um arquivo e vendo o número de posts caírem mês a mês o que mais me honra é ver que o número de visitas além de estável como antes aumenta exponencialmente dependendo do post.

Por isso achei a ocasião ótima pra esse mítico e mágico som que me lembro bem ensaiar que nem um louco prq pegar a mão nas notas iniciais e soltar o peito pra poder acompanhar o refrão.

Meu parente mais próximo e também ícone de toda uma geração, tema de filme e comerciais mundo afora, talvez com uma das músicas mais manjadas de todas mas que ainda embala e muito toda a floresta qdo ecoa pelos vales e montanhas a pleno volume.

Born To Be Wild "Steppenwolf"....forever....."Get your motor running
Head out on the highway
Looking for adventure
In whatever comes our way

Yeah, darling, gonna make it happen
Take the world in a love embrace
Fire all of your guns at once and
Explode into space

I like smoke and lightning
Heavy metal thunder
Racing with the wind
And the feeling that I'm under

Yeah, darling, gonna make it happen
Take the world in a love embrace
Fire all of your guns at once and
Explode into space

Like a true nature's child
We were born, born to be wild
We can climb so high
I never want to die

Born to be wild
Born to be wild

Get your motor running
Head out on the highway
Lookin' for adventure
In whatever comes our way

Yeah, darling, gonna make it happen
Take the world in a love embrace
Fire all of your guns at once and
Explode into space

Like a true nature's child
We were born, born to be wild
We can climb so high
I never want to die

Born to be wild
Born to be wild"The 2003 Rainman Records remastered edition of LIVE AT 25 comes in a textured and embossed digipak with a 24 page booklet. The recording of Live at 25 took place over multiple dates during the band's 1992 tour. It was the first live album the band had released since 1981's Live in London, and the first live recordings released since 1991's Born to Be Wild - A Retrospective compilation album.While Steppenwolf can take some credit for spawning the heavy metal genre (the term came from the "heavy metal thunder" phrase in "Born to Be Wild"), they remained, at heart, a hard rocking bar band, and this reissue of their 1995 double-disc live set bears witness to that. Now billed as John Kay & Steppenwolf, the band's lineup for the late '90s included original vocalist Kay, Michael Wilk on bass and keyboards, lead guitarist Rocket Ritchotte, and Ron Hurst on drums. Live At 25: Silver Anniversary is a well-paced run-through of their classic hits, which are stretched out a bit, but remain close to their original structure, and Kay's throaty vocals are almost as good as they were in the late '60s. While it undoubtedly would have been fun to see a show on this tour, John Kay's occasional bombastic tendencies, which began to emerge way band back in 1969 on Monster, make this set feel, at times, like a Broadway production of a big, bad, rock band concert. Other than that, it rocks.

(1995) 2 CD 2003 Remastered Edition

Review by Steve Leggett, Allmusic.com
Tracklist:

CD1:
01. Move Over (03:59)
02. Who Needs Ya (03:26)
03. Rocket Ship (04:02)
04. Rock Me (03:27)
05. I'm Movin' On (03:27)
06. Sookie Sookie (03:35)
07. Sign On The Line (05:17)
08. Hootchie Kootchie Man (05:22)
09. Let's Do It All (04:04)
10. Hey Lawdy Mama (04:38)
11. Do Or Die (04:29)
12. Desperation (05:41)
13. Hold On (06:13)
14. Best Of What You Got (05:25)

CD2:
01. Ride With Me (04:36)
02. Rock 'N Roll War (07:47)
03. Snowblind Friend (04:26)
04. Monster (10:03)
05. Rise & Shine (04:47)
06. Magic Carpet Ride (05:55)
07. Born To Be Wild (07:19)
08. The Pusher (06:18)
09. Rock & Roll Rebels (04:46)

Enjoy!!!!!!!!!!!!

20 de jun de 2012

Exit... Stage Right "The String Quartet" Tribute to Rush

Acho eu (aliás eu acho demais, preciso mudar um pouco meus textos isso sim!) que o Rush vai estar sempre na moda, e de qualquer forma.

Me lembro qdo comprei o "Fly by Night" e nunca mais deixei de acompanhar a carreira desses caras e amar cada fase, muito ou pouco mas amar.

Qdo o ZM me fez o convite e ainda enfatizou que era só pra ouvir, não poderia deixar de compartilhar com quem quiser porque vale realmente a pena ouvir e de forma artística algo tão bombástico e já marcado na história da música que ao mexer pode dar zebra na hora, ao meu ver não foi o caso.

Sei, sei já foi feito com outros como Metallica, mas este tem um "quê" diferente e precisa ser esmiuçado ao extremo, por isso o post.

Falando em post tô numa puta dificuldade de fazer qqr postagem por causa da minha internet que mal funciona pra subir uma imagem como gosto de ilustrar os posts.

Poderia só colocar um texto pequeno e um link, mas aí fecho o boteco e pronto, tô tentando e peço a todos um pouco de paciência.Dead,

Boa noite.

Apenas para colocarmos mais um tempero no assunto Rush, subi um CD de que gosto muito.

É um Rush por Quarteto de Cordas...!

Não se sinta obrigado a postar no SM, mas faço questão que você baixe para ouvir nas tuas madrugadas insônes e noites de pesquisa e navegação na web.

Para mim, é música de enlevar o espírito, e que traz boas sensações e recordações...

Abraços e ENJOYE este CD, que eu - particularmente - gosto muito.

Depois me diga o que achou.

A versão de "THE TREES" é nota 10, é irrepreensível!I would like to personally thank everyone who worked with me on this project for their patience and commitment to excellence. Neil Peart, Geddy Lee & Alex Lifeson for a lifetime of musical genius and the gift of great songs with brilliant performances that will be an inspiration to musicians of all genres for generations to come.

This was a huge undertaking for everyone involved. I initiated the project by sequencing all the parts of all of the songs in an Ensoniq TS-10 sequencer/keyboard. This gave me a good idea of where the arrangements would go musically and it made it a little bit easier to chart the music. I then hyperscribed each of my tracks into Finale via MIDI. This hyperscribed version of the part was then taken by a copyist who applied the appropriate time signatures, key signatures and layout for string players to perform by.

Because we did not use any drums, the arrangements were more percussively written than ordinary orchestral chamber approaches. Guitar parts were primarily covered by 2nd Violins and Violas and performed with this percussive approach. Bass parts were covered by Cellos and in some cases Double Bass. Each arrangement primarily included the following instruments:

4 Violas -- Patricia Tobias, Paul Tobias
4 2nd Violins -- Patricia Tobias, Paul Tobias
2 Cellos -- Todd Mark Rubenstein, Andre Janovich
2 1st Violins -- Paul Tobias
Double Bass was used on all of the tracks except for "Closer To The Heart", "Beneath, Between, Behind" and "Broon's Bane". Double Bass took more of a percussive approach in the arrangements and all were performed by Todd Mark Rubenstein except for Xanadu, which was performed by Thomas Saunders.

Some additional elements were added to "Xanadu" and "The Trees" on Violin by Barry Sines and Dan Furmanik, respectively to sweeten the mixes.

Thank you to the copyists who worked on my charts for this project:

Penn Pennington
Paul Tobias
Mitch Wallace
Criss Cheatham

I am totally grateful to Vitamin Records for their continuing patience concerning the completion of this record. It is long overdue and they have stuck by me all the way. A special thanks to Patricia & Paul Tobias. They are the hands and the spirit that brought this project to life. I would like to dedicate this CD to my beautiful little niece, Stephanie Dunnington, who is 10 years old and following in her uncles' musical footsteps: "May this recording be an inspiration to your continuing pursuit of music through your already brilliant ability to play the violin and may it be an inspiration to others as 'Rush' has been to me."

All songs Arranged, Produced, Mixed and Mastered by Todd Mark Rubenstein
Todd Rubenstein - cello, bass
Paul Tobias - violin, viola
Patricia Tobias - violin, viola
Andre Janovich - cello
Barry Sines - violin
Dan Furmanik - violin
Thomas Saunders - bass
Track Listing

1. The Spirit of Radio (5:01)
2. Red Barchetta (6:11)
3. YYZ (4:31)
4. A Passage To Bangkok (3:31)
5. Closer To The Heart (3:05)
6. Beneath, Between, Behind (3:09)
7. Jacob's Ladder (6:16)
8. Broon's Bane (1:46)
9. The Trees (4:37)
10. Xanadu (8:37)
11. Freewill (3:18)
12. Tom Sawyer (4:34)

Segue o link para download
Abraço,
--zm

Enjoy!!!!!!!!!!

15 de jun de 2012

The Allman Brothers Band "40th anniversary Beacon Theatre in New York City March 2009" By ZM

Alguns amigos de boa vontade costumam dizer que gostam do que escrevo e imagino que são realmente bons amigos prq nem escritor sou.

Gosto de dedilhar algumas linhas sobre o que posto não para aparecer mas para postar por postar vc vai em qualquer lugar e vê o que vc quer e aqui procuro colocar minha opinião que desde que me conheço sempre causa problemas.

Não é que vim para contrariar como dizia o Raul, mas não sou obrigado a concordar com ninguém em nada, só que as pessoas acham que se vc não for o que elas querem que elas sejam ou imaginam que vc deveria ser simplesmente vc é do contra, chato, velho, retrô sei lá o que mais e a única coisa que dou a chance a qualquer um sempre é que me desminta.

O blog foi criado para que eu pudesse colocar pra fora um monte de coisas que aprendi na vida, lembrar de outras que já esqueci e aprender muitas que não sei.

Muitos entenderam e hoje pelas estatísticas sei bem a média de visitas, qdo cai por causa de um estilo musical que posto (desculpem me lixo qdo cai de 5 mil/dia para 1000 por causa de um disco, acho ignorância mas....) e tb sei que bastaria postar os conhecidos e manjados ou completamente estranhos de nomes complicados para estabilizar o número de visitantes.

Mas vcs acham que é isso que quero?

O que quero é isso como foi o ?????????????, o que quero é postar um Neil Zaza ao invés de um Vai, um TM Stevens ao invés de um outro conhecido, adoro BBKing amo de paixão mas tem tanta gente boa por aí como Storm Warning que o Omar me deu e assim vai.

Hoje posso dizer que é um manjado, mas poucas bandas chegam ao nível de um ABB, e poucas continuam, raríssimas perdem os principais integrantes em décadas diferentes e se mantém num nível tão acima que me perdoem, quem saiu é que perdeu ou no caso de um "morreu".

Graças ao ZM vamos comemorar juntos os 40 anos desses caras e desculpem os maus escritos e desabafos, mas assim é esse lobo doido e sua alcatéia, onde são sempre bem vindos e me dão uma alegria imensa vê-los por aqui a beira da fogueira ou em cima da montanha admirando o vale e ecoando o som por todas as partes.

O que falta o ZM já retratou abaixo, bem vindo mestre Johnny Winter, bem vindos ABB e claro Warren Haynes e sua técnica e estilo impecáveis que o transformam ao meu ver no melhor e mais completo bluesman da atualidade.To commemorate their 40th anniversary, The Allman Brothers Band has released a Beacon Box 2009 live CD package, capturing all 15 sold-out shows from the group’s March 2009 stand at the venerable Beacon Theatre in New York City.

This is the first time the band has made CDs available from their annual visits to New York, which date back to 1989 and includes 188 consecutive sold-out shows at the Beacon.

Individual shows are available as well

This run was dedicated to the memory of Duane Allman, seminal guitarist and founder of the band, and to help celebrate Duane’s legacy, 62 special guests shared the stage with the Allman Brothers Band.

The list includes a “Who’s Who” of rock, jazz and jams greats, including Levon Helm, Taj Mahal, Buddy Guy, Boz Scaggs, Johnny Winter, Sheryl Crow, Widespread Panic’s Jimmy Herring and John Bell, Kid Rock, Billy Gibbons, Los Lobos’ David Hidalgo and Cesar Rosas, Bob Margolin, Phish’s Trey Anastasio and Page McConnell, Chuck Leavell, Jimmy Hall, Susan Tedeschi, Bob Weir, Phil Lesh and many others.

Also appearing for two nights with the band was the inimitable Eric Clapton, who teamed with Duane Allman to record Layla and Other Assorted Love Songs in 1970, considered by many critics to be the finest guitar album of all time.

This marked the first occasion that Clapton had played with the Allman Brothers Band in a public setting.

The fact that the band performed at its considerable best in its 40th year is a remarkable testament to the talents of this Rock and Roll Hall of Fame group.

All the magic of their timeless classics, newer tunes and spectacular cover songs shines through on the Beacon Box live CD package.

The 15 historical shows, containing 100 different songs, are packaged in a custom-made, hand-crafted, serial numbered box that has the Beacon Theatre’s marquee silkscreened across the front.

In addition to the Beacon concerts, this box set include a special bonus performance of the Allman Brothers Band at Warren Haynes’ 20th Annual Christmas Jam, which occurred in December of 2008.

Also included in the box set edition is a CD booklet with liner notes, set list and exclusive photos taken during the run by ABB Tour Mystic, Kirk West.

Shows are available on an individual basis as well, so take advantage of this once in a lifetime offer to savor a once in a lifetime event!Another outstanding show packed with great guest performances and killer jams!

Blues legend Johnny Winter joined the band for three songs, including his signature bluesy version of Dylan’s “Highway 61 Revisited” and a ripping rendition of Hendrix’s “Red House.”

Cesar Rojas and David Hidalgo from East LA’s own Los Lobos brought some West Coast flair to tunes like “Don’t Keep Me Wonderin’” and “Good Morning Little Schoolgirl.”

Check out the cleverly-named "Losbros Jam" with the Los Lobos guys, featuring a sly reference to “Walk Don’t Run” by The Ventures!

Of course, many of the night’s best moments came without guests.

Derek was absolutely hittin’ the note on “Stand Back” and “Revival” in the first set, and the whole band created a brilliant tapestry of sound on “Les Brers In A Minor.” Check out Oteil’s funky bass work on “Wasted Words,” and marvel at the youthful power in Gregg’s voice on “Come and Go Blues.”

Another great show in a legendary run!
Disc One

1. Ain't Wastin' Time No More (6:49)
2. Done Somebody Wrong (3:45)
3. Hot 'Lanta (5:15)
4. And It Stoned Me (5:25)
5. Stand Back (6:11)
6. Revival (12:08)
7. Announcements (1:05)
8. Red House (6:54) %
9. You Don't Love Me (6:31) %
10. Highway 61 Revisited (8:33) %

Disc Two

1. Les Brers in A Minor (12:21)
2. Stage Banter (0:49)
3. Come And Go Blues (6:30)
4. Melissa (5:37)
5. Announcements (0:25)
6. Don’t Keep Me Wonderin’ (4:47) &
7. Good Morning Little School Girl (13:57) &

Disc Three

1. Wasted Words (10:06)
2. No One To Run With (9:24)
3. Crowd Noise (4:43)

Encore: 4. One Way Out Jam --"LosBros" version (6:04) & 5.

One Way Out (6:31) & Johnny Winter, guitar and vocals & Cesar Rojas, guitar; David Hidalgo, guitar

Part 01
Part 02

Enjoy!!!!!!!!!

12 de jun de 2012

Double Mutante "Blindstone Manifesto" and "Mark Knopfler Get Lucky World Tour" by Dê

Minha internet tá uma merda, pra subir uma capa de disco leva uma eternidade qdo não quebra e um disco então até pra baixar é outra novela, voltei as madrugadas, alguém aí é do tempo do icq,kazaa e etc que tinha de deixar baixando e qdo voltava tinha dado pau na bagaça?

Pois é e por isso diminuí o ritmo dos posts prq acho que se fosse pro inferno não funcionaria prq é invenção do fdp mesmo e aí me torraria o saco só pra ver eu rosnar e no céu deveriam vir com aquele papinho de "aqui não precisa" vá contemplar a sua vida e aí f..... né?

Dito isto (o lula fala um monte de m....a anos e todos aplaudem e agora com aquela voz de gralha então tá uma graça, deveria se tocar e calar a boca mas não!!!!) prq digo mesmo um monte de besteiras e algumas sandices no meio do sério, o velho lobo não tão velho assim e nem tão lobo tb (tô mais pra lobisomem, a net vai conseguir minha transformação), trago pra vcs logo uma postagem dupla que é pra ng me cobrar e chamar de vagaba.

O ZM já tem disco na fila, tem mais gente que me mandou material bem legal, mas tá um cacete mesmo, mas eu insisto e a gente chega lá(será que eles tão achando que fiquei preguiçoso? ré,ré,ré)

Quem acompanha de perto a minha história sabe que houve muitas mudanças em minha vida e até de lugar físico a alcatéia se deslocou e a cabeça tresloucada desse que aqui dedilha ao som do vento, não consegue assimilar traição, maldade e falsidade tudo junto num mesmo coquetel, tem gente que gosta e por isso serve aos outros, enfim cada um dá o que tem.

O que tenho é isso, compartilhar o melhor que tenho, conheço ou recebo pra que o dia de cada um fique melhor e o Dê vai começando a pegar o vício e isso é bom.

Nessa primeira oferenda estão dois trabalhos de peso, um não conheço o outro admiro de paixão, e é ainda a salvação da música em muitos momentos de ostracismo mental que rolam por ai.

Quem quiser conhecer Mark é só saber como reverencia seu guru, Chet Atkins e o respeito que tem pelo ser humano, isso sim dá gosto pra raça humana, já o Blindstone ouviremos juntos.BLINDSTONE
Martin J. Andersen on guitar & vocals,
Jesper Bunk on bass
Benjamin Hove on drums

Power trio da Dinamarca, este disco foi lançado originalmente em 2002.
Esta versão é uma re-edição de 2008, com 3 bonus:
Jimi Hendrix, Are You Experienced;
Frank Zappa, Dirty Love; e
Robin Trower, Gonna Be More Suspicious.

Influências bluesy/funk, soul, poderosos riffs e solos de guitarra, o destaque
fica principalmente para Martin J.Andersen, que participaria juntamente com Hove,
no album de George Clinton "How Late Do U Have 2BB4UR Absent?", em 2005.

Este trabalho, em especial, nos remete diretamente a Eddie Hazel (Funkadelic).

Mark Knopfler, Show em Wroclaw, Polônia em 02/07/2010, Turnê do Álbum
"Get Lucky".

Mesmo sendo um Bootleg a qualidade aqui é fantástica, todo talento deste que
está entre maiores músicos e compositores de todos os tempos, dono de um estilo
único.

Apesar de canhoto, ele toca como destro, e de uma forma totalmente inovadora: toca com a combinação principalmente do polegar, do indicador e do dedo médio, sem o uso de palhetas.

Part 01
Part 02

Dead, salve, dois arquivos que acho legais...se vc gostar claro.
Abs,


Enjoy!!!!!!!!!

9 de jun de 2012

Cassandra Clare "Clockwork Angel"



E agora?

Disseram que o amigo do Neil Peart iria escrever um livro baseado no disco que será lançado mês que vem do Rush e como já havia antecipado no preview que ninguém viu (rs, seguem que nem vaquinhas de presépio, copiando e colando o que acham!!!!) o livro já existe e a autora já é reconhecida.

Será outro livro? ( já dizem que o nome verdadeiro do livro da Cassandra é Clockwork Prince, porque será)

Outra história?

Sei lá o quê?

Aguardem que esse lobo doido adora calar a boca de uns e outros "entendidos", ré,ré,ré!!!!!!!!!

Having read all of the Mortal Instruments series, I decided to pick up Clockwork Angel. Though some feel that Clare writes like a drunken monkey, with the exception of the last book City of Angels, I thought that she had an interesting world and story. Yes, yes, I know that Clary is irritating, but is she really any worse than Bella Swan, Rose Hathaway, Elena Gilbert, Sookie Stackhouse or Merit? I have come to expect the desire to see a house fall on female protagonists in this genre.

From the very beginning I did not like Tessa Grey. How is it that you can know someone for five minutes and then decide that they should tell you why they are an orphan and their personal painful life history?

In this book for the first time, Clare decided to introduce a disabled character. The disableism throughout the story was disgusting. Jem was actively told that no one blamed him for his disability. Really? No, I mean Really? Basically, he was forced into the role of super crip and still was not accepted by his community. Outside of Will, the paternalism with which he is treated is ignored, and the reader is expected to pity him as a tragic hero.This of course proves my theory that unless you have an ism, or are intimately connected with someone who does, research is vital. I think that Clare was so committed to printing quotes from Dickens and the like that she could not be bothered to read anything else.

Speaking of Victorian England, I know that we are talking about a different time, but how is it that the strict enforcement of gender roles was so absolutely necessary. Shadowhunters are not only not human, they are not beholden to human morality and therefore the I don’t understand the character of Jessamine Lovelace. Also, that name sounds like a porn name; however, as I will discuss later, as this was not the only lack of originality in the book. Her character bored me so much that there were times I felt that I was reading Jane Austin. I can understand Tessa’s shock about women wearing supposedly male clothing but femininity, seemed like nothing but a performance for Jessamine. I have no doubt that just as now, there were women who were content to be wife and mother; however, even then women were striving to push the boundaries of womanhood, which Jessamine so tightly held onto. Her weapon was a parasol for crying out loud. One need not rewrite history to have a strong female character.

I suppose I could have lived with all of the fails in the book if Clare had attempted to add anything new to the story. Will was Jace with a different name and Tessa was Clary. If you cannot even be bothered to create new characters when you write a story in the same world you are robbing the reader. It felt like entire passages were lifted out of her Mortal Instruments series. Considering that Clare has a history of plagiarizing within fanfic, you would think that would make her more dedicated to originality in her work, but apparently not. When you promise readers something new, that is exactly what you should deliver. This book felt like a money grab and it offered nothing to the cannon of the story itself. So yes, Cassandra Clare, you owe me hours of my life that I spent reading the drek you dared to call a new series, as well as payment for my time. You also owe the earth for the trees that died so that your book could be printed.


Leia aqui ou baixe aquiEnjoy!!!!!!!!!!!!!!

8 de jun de 2012

Comentários a respeito do post ??????????????

O que posso dizer a todos?

Muito obrigado e vejam só o que é uma conversa entre pessoas de vários cantos do país, de culturas variadas e gosto ídem.
De minha parte, desde 2008 nunca imaginei esse blog significar tanto para alguém qto significa pra mim, afinal só entrei nessa prq procurava discos que havia perdido com o tempo e queria resgatar minhas velhas audições e ensaios míticos em garagens e porões da vida.

Tive muito mais do que isso, consegui conhecer pessoas fantásticas, músicos também e até conviver com ídolos que nem imaginava chegar perto; qto mais tocar ou gravar com eles.

Esse resgate me trouxe ao Som Mutante e ao Lobo Dead or Alive, prq nunca sei qdo estaremos no ar com essa toca de lobos desvairados ou qdo alguém vai apertar o delete e "Bummmmmmmm!!!!!!!!" lá se foi a alcatéia,rs

Tenho um endereço alternativo que creio será fácil de encontrar bastando procurar pelas palavras chave e nos comunicarmos, mas amo o que faço e não brigo pessoalmente e sim apaixonadamente pelo meu ponto de vista, que foi ilustrado aqui com tanto carinho que nem sei.

Obrigado a todos que seguem esse louco, e faço questão de deixar todos expostos na galeria de seguidores e nunca escondidos; obrigado a todos que acompanham essa história desde o início e desde agora, grato Ronaldo, por sua causa mais uma vez acontece uma hecatombe na floresta, os pássaros reclamam um pouco mas os lobos dançam a luz do fogo.

Enjoy!!!!!!!!!!!!

MAS BAH TCHÊ...(EXPRESSÃO GAÚCHA AMENIZANDO OUTRA EXPRESSÃO QUE É: PU-TA QUE PA-RIU...), DEPOIS DE LER TODOS OS COMENTÁRIOS, RESTA APENAS EU PEDIR, HUMILDEMENTE, CARINHOSAMENTE, HUMANAMENTE, AO RONALDO: "PEÇA DESCULPAS", SERIA A COISA MAIS HONROSA QUE UMA PESSOA PODE FAZER (ISSO SE CHAMA "REDENÇÃO", A PALAVRA MAIS LINDA QUE CONHEÇO). TUDO QUE FOI DITO ACIMA FOI A MAIS PURA VERDADE, E DITO POR PESSOAS TODAS DA FAIXA DA DÉCADA DE 60 (SÉCULO PASSADO - SOU DE 62), PORTANTO, RONALDO QDO FIZERES UM COMENTS... COLOQUE JUNTO SUA DATA DE NASCIMENTO COM O ANO, TALVEZ AS PESSOAS TE RESPEITARIAM (POUPARIAM)UM POUCO MAIS, NOS COMENTS... POR: RUI C. SPERLING - SANTO ÂNGELO - RS (TERRA DE GRANDES NOMES DA MÚSICA GAÚCHA E NATIVISTA), QUE DÃO SEUS DISCOS NOS SHOWS PARA QUE DIVULGUEM SUA MÚSICA)(ruisperling@yahoo.com.br) em ?????????????????????
Publicar | Excluir | Spam RUI FAT & SLEAZY às 13:25

Olá Dead, Faz um tempo que não comento aqui, mas tenho visitado regularmente o blog e eis que me deparo com uma verdadeira sessão da assembléia do Rock! Motivo dessa? Um comentário infeliz e em péssima hora do Sr Ronaldo. Como já disse em outra ocasião aqui no blog, sou colecionador de discos de rock (8500 vinis e 15000 cds ORIGINAIS!). O que há de mal em baixar pela internet um disco que quero conhecer antes de comprá-lo para fazer parte do meu acervo? Como escreveu a Lucy no comentário acima, em uma semana o disco do Rush virou febre nos blogs. Eu mesmo, antes de adquirir o disco do Yes "Fly From Here", fui um dos primeiros a encontrá-lo na net e passei o link pro Gustavo do "Nas Ondas da Net" e daí o disco disseminou-se pelos blogs brasileiros.Fiz mal em compartilhar algo que me fascina com outros amigos? Voce, caro Lobo, é um dos líderes da imensa legião de benfeitores dos nossos ouvidos com suas postagens e seus comentários sempre pontuais e inteligentes! Portanto, o tiro do Sr em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Anônimo às 11:10

ZM, você é um privilegiado com esse poder de compra. rs Assino embaixo sobre essa diferença entre nós e a galera mais jovem. Assim como você, também não abro mão da experiência tátil e visual da música. Já demorei muito pra aderir ao CD, odiei o fim do vinil, gostava demais daquilo. E esse come back não é a mesma coisa, porque deixou de ser acessível, virou produto de grife, troço caro. Esse Phillip Long, por exemplo, a gente tem, é de graça, mas já pedi pro moço os CDs de todos os três. Mas, pra geração iPod, o Phillip fez a escolha mais acertada. Ele pode agradar a ambos, e as duas gerações, X e Y, vão prestigiar seus shows. Tenho iPod e não uso. rs Se eu vou sair, preciso ouvir buzina de carro e ficar ligada se não tem um ônibus prestes a subir na calçada. rs Fora aquela coisa desagradável de chamar atenção de bandido. Aqui em Sampa é iPhone e iPod roubado o tempo todo. Neguinho paga caro e mal termina as prestações, já levaram. Agora é a vez dos tablets... Também acho em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Lucy às 05:22

O Ronaldo com seu comentário trouxe uma discussão bem bacana, que gostaria de ter mais abertamente, mas por precaução, não a promovi... O blog Valvulado sofreu um arrastão e vários posts foram deletados (principlamente dos Pink Floyd, entre outros). As perguntas são: 1 - É proibido dar Upload de CDs sem fins lucrativos, apenas para compartilhar com amigos? Se é proibido, porque não nos tiram do ar, deletando nossos blogs? 2 - Por que apenas alguns álbuns são malditos (proibidos, enquanto outros parecem estar completamente liberados (Exemplo: Scorpions é proibido, e o Raul é liberado).E por que o Ronaldo classificou este do rush como proibido, sendo até denominado ??????, por precaução? Então, os velhos estão liberados? Quais as regras, se existem, ou melhor qual o bom senso que devemos utilizar para nos proteger? 3 - Qual o melhor UPLOADER (mediafire, 4shared, hotfile)? 4 - Se não há regras, como podemos nos proteger de futuras regras? 5 - há um site,blog onde isto pode ser debatido, em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam V2 às 20:33

Lucy, vc poderia disponibilizar/indicar o que diz o novo Código Penal? Obrigado Valvulado em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam V2 às 19:39

Aproveitando o que disseram os amigos .... tenho mais de 1000 CDs, uns 100 DVDs de shows, 1.252 LPs (acredite), e sou um frequentador de shows há pelo menos 35 anos, desde meu primeirissimo show em SP que tive o privilégio de assistir... Genesis com o Peter Gabriel nos vocais... Uhh como tô véio... he he he. Um abraço. em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam André-RJ às 17:52

??????????? OBA. !!!!!!!!!!! Bom demais. Todos (inclusive o Ronaldo), Não será o post aqui nem em centenas de outros blogs que irá fazer com que eu (e milhões de fãs) não comprem o CD original quando aqui no Brasil chegar. E a molecada que cresceu na geração iTunes, Kazaa, MP3, P2P, ..., não vai mesmo comprar o CD, pois baixa, ouve uma vez e depois já tá noutras. Quanto à legalidade, eu não vou discutir. Tem gente mais capacitada para discutir e argumentar sobre isso, e gente muito menos capacitada para legislar depois. Agradeço o post, vou baixar para ouvir e conhecer, e já está na minha wish-list para o mês (compro cerca de 10 a 12 CDs por mês). O Dead sabe disso. E vou continuar uppando algumas coisas que penso que podem agradar aos amigos desta alcatéia, para o Dead resenhar como poucos sabem, e compartilhar com todos. Só para deixar no radar, pretendo subir um triplo ao-vivo do ABB nos próximos dias e o Dead posta quando e se quiser. Já tive blog, parei, mas continuo na web em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam ZM-JazzRock às 14:44

http://sommutante.blogspot.com.br/2012/04/clockwork-angels-rush-preview.html em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Dead or Alive às 12:36

Valeu Dead! Só assim mesmo pra eu poder ouvir. E foi mesmo como vc falou, q bom. Tenho alguns originais do Rush, o que me autoriza a conferir este mp3, se for do meu agrado pode ser uma próxima aquisição. E como estive no Rush in Rio posso fazê-lo sem culpa então :) Uai sô! Eles tão no lucro ainda? Quibão! Abração e saudação! em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Poucosiso às 06:28

Existem um montão de amantes da musica, como eu, que não somos blogueiros, mas , ávidos por novidades musicais e visitamos constantemente Blogs como o Sommutante (sem demagogia, meu preferido). Essas pessoas que escrevem ou pensam igual ao nosso amigo ai, que começou toda esse debate, não passou o que passamos há 20, 30 até 40 anos atrás para conseguir conhecer pelo menos o que tinha disponível para países como o nosso. A nossa cultura musical era extremamente restrita e hoje podemos compartilhar nossos conhecimentos e melhorar nossa intelectualidade musical, graças a Blogs como esse. Valeu a todos vocês, por tudo que já li e conheci através desse "trabalhão"que vocês tem para nos ajudar nessa busca. Um abraço - André-RJ em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam André-RJ em 07/06/12

Dê, ninguém me conhece! Nessa era digital de panóptico consentido, isso dá uma liberdade feeeeeeeeeeeee-no-me-nal, da qual não abro mão. Enquanto puder, vou desfrutar dela. Mas muito prazer! rs Anônimo, não por isso. :) Celso, eu também li isso sobre o novo Código Penal. Como ex-futura estudante universitária, fiquei felicíssima, a primeira coisa que pensei nem foi música, foi a dificuldade insana com livros esgotados e a proibição de copiá-los. >_> Como o Legislativo brazuca é essa maravilha, tô numas de esperar pra ver, seeing is believing. rs em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Lucy em 07/06/12

Esse Ronaldo não sabe o que fala,não sabe o que é o "Som Mutante",quem é Dead,o que ele faz pelos amantes da boa música. Continue firme Dead,apoio você tem,e muito. ????????? é "RUSH" véio. em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam mauri em 07/06/12

Lobo, frequento o Som Mutante h[a três anos, e ele me serviu de inspiração para montar im blog também junto com vários amigos. Sou Fã do Som Mutante e gostaria de comentar os comments acima... Lucy, vc foi demais e suas declarações tem alguns trechos que me identifiquei, obrigado... Ronaldo, quando vi o CD do Rush, pensei a mesma coisa... Mas depois pensei, que este site [e de um velho Lobo que tem as manhas e contatos, que nós nem imaginamos... Ronaldo, vôcê foi sincero em seu comment, mas não muito feliz. O Som Mutante pode ser considerado um patrimonio cultural e deve ser respeitado como tal. Conheci muitos sons aqui e comprei CDs de bandas que conheci aqui (Cafeine, Gran Magnus são alguns exemplos. Se é a melhor ferramente de MKT, isto é outra história... Mas funcionou comigo. O Som Mutante merece respeito e minha gratidão por todos estes anos de boa música... Banzai em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Anônimo em 07/06/12

Dead, Vc é um cara formidável. Gosto da maneira como vc escreve e exprime suas idéias. Com certeza, conforme já disse antes neste blog, não deixarei de comprar meus CDs por encontra-los na NET. Muito pelo contrário: ouvi-los em MP3 me incentiva a comprá-los. Não é atoa que não tenho mais lugar para colocar CDs e os meus (ainda os tenho) LPs. "Há braços" Opssss.... Obrigado pelo post. Rs... em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Márcio R. de Carvalho em 07/06/12

Hehe, O novo código penal virá dizendo que fazer uma cópia de seu cd como backup ou que seus amigos tenham a cópia da cópia - desde que vc não tenha vendido - não é crime. Então, estão querendo tipificar uma ação entre amigos? Se essa espécie de moratória para postar funcionasse, eles não encheriam o saco com posts dos discos da época que eu ainda os ouvia, comprando LPs (isso até o permanent waves). Também não encheriam o saco com obras que já deveriam ser de domínio público http://www.tecmundo.com.br/direito/18220-suprema-corte-dos-eua-autoriza-reprotecao-de-obras-em-dominio-publico.htm E isso sem falar que querem cobrar de ingresso para uma só noite mais do que toda a grana que já gastei com a sua discografia. E por fim, fico triste em saber que G Lee e Cia ficarão mais pobres por culpa de 200 ou 300 downs. Acho que vou fazer uma caridade e não vou empacotar este..... Valeu Lobo Doido em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Celso Loos em 07/06/12

Lucy nota 10,não a conheço, mas parabéns. Não pela crítica ao Ronaldo, afinal cada um fala o que pensa, respeitamos. Mas pela melhor definição do "Som Mutante", um blog de música e de amigos. A ideia de compartilhar músicas boas com pessoas queridas é o que move este espaço. A música me deu alguns dos meu melhores amigos, o Dead entre eles, e não há nessa relação nenhum interesse que não seja partilhar o que gostamos. Adoro fazer download, conheço muita coisa boa através deles, e nem por isso deixo de comprar o que gosto e te-los em minha coleção. Além disso, baixar da net é fácil. Baixar com opinião só no "Som Mutante". Abs. Dê. em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam aldenir2706 em 07/06/12

Lucy desde 2008 vivos a cada dia por aqui,rs Enjoy!!!!!!!!! em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Dead or Alive em 07/06/12

Este comentário foi removido pelo autor. em ?????????????????????
Excluir | Spam L.O.L. em 07/06/12

Tchô aproveitar e postar pela primeira vez, com total exclusividade inédita, este fabuloso e singelo vídeo, nunca dantes visto. Como pude me esquecer? rs http://youtu.be/2w81covONdc E como diria um jovem moço (redundância proposital), músico de Araras, é quando o trovão vem certeiro bem no bico do seu sapato que você sabe quem realmente são seus amigos. E, no muito das vezes, são pessoas que "aparecem do nada", desconhecidos que surgem onde e quando você mais precisa de alguém, mas olha em volta e nada. Por um lado, anônimos pra multidão. Por outro, jamais esquecidos. Não por nada esse vídeo é como é -- rústico, tipo estágio 1 das artes youtubelísticas. Mas manda o recado de Raul. As palavras estão lá, que é o que importa. Incrível como em quase 40 anos, desde que ele as escreveu, continuam absolutamente atuais. Nada incomum na pena do cara, mas eu sempre me surpreendo. Deve ser uma das coisas que o faz eterno. em "Toca Rauuuuuuuul"!!!!!!!!!!!!!!!
Remover conteúdo | Excluir | Spam Lucy em 07/06/12

PARTE 2! rs Enfim, caro Ronaldo, seu desabafo, espero, seja não mais que um desabafo. Se o blog acabar, todo mundo aqui se conhece há pelo menos 3 anos (isso, só eu, os outros há mais tempo). A gente não vai deixar de festejar um disco raro, que não se encontra mais pra vender, nem um que vai chegar às lojas em poucos dias, nem um desconhecido, nem todos os outros no meio do caminho. Não somos crianças que precisamos ser repreendidas, somos um pequeno grupo de amigos. Aqui ou em qualquer lugar, é o que a gente sempre vai ser. Mas obrigada, porque fica a dica pra quem não conhece o Som Mutante saber o que é a alcatéia, quem faz e por quê. E quem tiver o mesmo espírito de amizade em torno da música, pode chegar. Aproveito pra fazer meu desabafo também. rs Eu, de minha parte, já cansei minha beleza rara tentando inserir o Dead de volta ao seu habitat natural, tentando convencer o homem. E vai até uma confissão que periga deixar o cara muito sem jeito, e pode ser até que ele apague em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Lucy em 07/06/12

PARTE 1! rs Que stress! Cadê a festa? Ai... Tudo errado. rs Vamos por partes. Ronaldo, tudo bem com você? Entendo suas dores e seu desabafo. Vou te dar um pouco de informação relevante. Desde que prenderam o cara do Megaupload, ficou patente -- saiu em toda a imprensa online especializada -- uma coisa que todo mundo já sabia, mas não tinha em números: as gravadoras ficam com quase todo o lucro da vendagem de discos. As bandas ganham mesmo é através de outras fontes, como shows. Fã vai lá e paga os tufos. A banda leva uma parte. Mas o custo de trazê-las pro Brasil faz nossos ingressos custarem horrores, entre os mais caros do mundo. Mesmo assim, nego vai, paga, vai por amor à banda. Show do Coldplay no Rock in Rio, foi outro dia, lembra? Agora me diz, qual disco do Coldplay você não acha de baciada na net? E os caras vendem e lotam show do mesmo jeito. E um Rush, como será que é pra eles, hein? É, deve ser difícil... Só pra contrabalançar essa sua preocupação, vamos a outro dado: em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Lucy em 07/06/12

O Ronaldo pode achar que não aceito criticas e que só gosto de meus amigos. O Beto sabe o qto cobro pra ele aparecer, gosto dele e é um amigo sim como tantos, mas isso não o impede de me criticar e eu vou postar mesmo, nós já discutimos aqui. O PH a mesma coisa, ele entra dá a opinião e se eu gostei bem se não amém, Ronaldo, não nos leve a mal, fale o que quiser mas arrume um argumento melhor prq eu não ganho porra nenhuma divulgando o Rush prq nem coloco banners como outros, aqui é só pra música e pronto, não ganho um tostão pra divulgar o Phillip Long, vc já baixou e ouviu o garoto? Vou postar o unico tributo autorizado no pais ao Led Zep com autorização do cara que fez e não pedi nem o cd que ganhei do Dê. Porra dá uma olhada pelo blog e veja o que já postei de gente começando ou recomeçando que até agradece, não precisa concordar mas que tal ajudar ao invés de destruir? Ah e pra corroborar o Peter, só eu tenho mais de 2000 cds originais comprados com meu dinheiro e aqui posto em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Dead or Alive em 06/06/12

Concordo com vc Dead or alive!! Como foi que este disco vazou hoje em diferentes Blogs do mundo? Mágica? Bruxaria? Resposta = Puro Marketing!!!!Obrigado pela postagem. Forte abraço. Beto de Niteroi. em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Anônimo em 06/06/12

Meu amigo.......DEAD....... O mundo está repleto de "falsos profetas"!! Que comportamento estranho e tendencioso deste amigo....se alguém não quer desfrutar da "degustação" fornecida pelos blogs, simplesmente deixe de frequentá-los!!! Eu mesmo, tenho a coleção completa de ANTHONY PHILLIPS e PETER HAMMILL, em cd's reais....e centenas de outros cd's de meu agrado, fato que é desnecessário listar. Nunca um blog me induziu a não comprar um cd disponível...pelo contrário!!..e imaginem quantos fãs desconheciam o lançamento deste disco, já anunciado aqui mesmo, em posts anteriores.... O resto é demagogia e politicagem barata. O blog Som Mutante ainda é um dos poucos blogs que se importam profundamente com o MOVIMENTO MUSICAL NACIONAL....por favor, mais respeito e consideração. Vá tratar de policiar políticos que caem em CACHOEIRAS, estes sim não merecem misericórdia, e estão soltinhos por aí! Peter Hammill -SP em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Peter Hammill em 06/06/12

Ah, e se preocupar com o Raul quem se preocupou?...... em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Dead or Alive em 06/06/12

A sua atitude é que me estranha. Não gostou, pena mas eu que vou derrubar o 20º lp da banda que tem mais de 30 anos de estrada? Ah para com isso por favor. Imagina 3 ginasios só no Brasil lotados todos os dias, multiplique por 10 c0ntos e veja qto eles ganham pr turnê? Quem vc acha que vazou pra net? Eles mesmo e as gravadoras ou vc acha que entrei e hackeei os arquivos da gravadora? Todo lançamento como o do Warren Haynes só pra citar um, recebi diretamente dele sabia? Um mês antes de ir pras lojas, prq vc não escreve pra ele e reclama do que ele tá fazendo com o disco dele? O Portnoy disponibilizou um trabalho novo dele só pra blogs, prq será? E vc me vem com essa agora? Vc nunca comprou um disco e deixou seus amigos gravarem em k7s? Que pena não viveu. Sabe a gravação perdida do Renato Russo? Tava debaixo de outra gravação num cassete do estúdio do Flávio co autor e como eu sei? Ele me contou. Cara eu postei pela primeira vez a gravação em estúdio do Ray Gillen, prq a matriz tava em ?????????????????????
Remover conteúdo | Excluir | Spam Dead or Alive em 06/06/12

São por atitudes como a sua que o Google está deletando os melhores blogs da net. O disco mal foi lançado e você já disponibliza o download! Cara, não quero brigar e nem causar polêmica, mas um blog de respeito como o seu não deveria tomar esse tipo de atitude. Respeite as banda que estão na ativa hoje em dia e deixem os caras vender seus discos. Daqui uns anos quando a "febre" passar voce posta. Desculpa aí o desabafo mas não vamos deixar que esses caras nos derrubem de novo! em ?????????????????????

6 de jun de 2012

4 de jun de 2012

"Toca Rauuuuuuuul"!!!!!!!!!!!!!!!

Para os que aqui frequentam não é segredo o pequeno e intenso relacionamento que tive com a figura acima, aliás posso me dizer afortunado pelas pessoas que conheci e trabalhei na vida.

Citaria várias, mas uns iriam crer outros rir e pouco importa isso só que aconteceu e é minha vida me reservando o direito em ocasiões como essa de abrir minha alcatéia e tirar de dentro de alguma caverna mais uma história e agora resumida prq ela está escrita pelo blog afora e quem tiver preguiça fica sem saber e pronto.

Mas o fato foi mais um vindo pelas mãos do Dê, que conhecia o texto abaixo e me apresentou qdo conversávamos sobre o "cara".

O texto foi publicado pelo Nando Pires e está aqui praticamente como foi feito e postado e o interessante é que é interessante sim.

Bem escrito, brincando com as palavras como Raul gostava e não falando mal dele prq acho muito engraçado que até o fã clube ou fãs se calaram muito rápido, mas completamente diferente do que acontece com um Elvis na vida.

Mas Rauzito não era Elvis!!!!!

Porra, claro que não era Raul e pronto, um dos maiores gênios da poesia brasileira; não reconhecido pelos puristas mas o era sim e podem analisar suas letras e músicas (profissionais por favor para análise técnica ok?) e gostar ou não.

Mas tinha conteúdo, história, enredo, coisa que uma porrada de sons estrangeiros não chega nem perto e babacas ficam cantando e repetindo sem saber o que diz, mas é de tal ou daquela banda, enfim um bando de ignorantes que nunca dariam como não deram o real valor pra este artista brasileiro e verdadeiro.
Como conheci o Raul no início do fim mais ou menos posso dizer que conheci um lado bem escuro de sua alma, nada ligado a demônios ou afins, era cachaça mesmo com diabetes junto e falta de amor além de solidão.

O Nando como muitos cita o filme dele que não vi e não to afim de ver, quem sabe um dia, mas não vi ninguém, atenção a palavra ok?

NINGUÉM!!!!! ao seu lado qdo ele estava caído num boteco em SP, e uns vagabundos enchendo ele de porrada prq o dono da budega queria receber as canas que ele havia tomado.

Chegando do serviço 10 da noite, vejo aquela cena mas nem imaginava quem fosse e só me intrometi prq é da minha natureza, e depois de tirar os calhordas de cima e levantar o cara que percebi naquele lixo humano, sujo e machucado, um dos maiores artistas da música brasileira ao meu ver sendo tratado como são os seres humanos por seus pares.

O levei até em casa onde sua querida empregada, enfermeira, amiga e tudo mais esperava preocupada prq NINGUÉM viu? estava por lá pra nada e ele não tinha tomado insulina e ela sabia tomara canjibrina. Entrei e a ajudei a dar banho nele trocar roupa, medicá-lo e colocar na cama; ao que logo em seguida ela me agradeceu muito mas disse que ele não aguentaria assim todas as noites e por coincidência era nesse horário que ele desabava.

O fim da história?

Todo dia eu pegava ele no bar, pagava a conta e levava ele pra casa, enquanto os calhordas se recuperavam de algumas lesões leves e outras mais pesadas devido ao que fizeram e passaram a cuidar dele enquanto eu não chegava e ai de um deles se ele estivesse sequer caindo, era tudo maneirado com água na cana e menos beer, pra poder enrolar o máximo.

Isso foi quase um ano qdo aparece o Marcelo Nova e o adota, e aí é só procurarem por aí o que ele fez pelo cara, esse sim um amigo de verdade, um irmão, um filho, um pai; esse pode dizer algo sobre ele, eu me arrisco a uivar por aqui que tb posso, mas as pessoas envolvidas de verdade foram consultadas?

Quem sabia dessa história sem ter lido aqui?

O que quero, glória?

Não quero nada, vivi com ele o que pude e foi bom demais é que tô cansado de ouvir uns e outros dizendo que ele era um bêbado, doente, chapado e chato, mas não passam no teste do espelho que o grande José Angelo Gaiarsa ensina em seu livreto "Espelho Mágico" como funciona; aliás faria tão bem pra certas pessoas dar um passar d'ólhos nesta obra e ter coragem de sair na rua atirando nos outros como fazem diariamente.

Vestais de chifres, rs

Santos do pau oco, falsos moralistas que não passam num teste sobre seus passados ou até presentes mas que se outorgam no papel de neros e com seus polegares decidem quem deve viver ou morrer, vão todos pro inferno que garanto não encontrarão aquele artista com alma de menino, consumido por esse mundo doido que destrói todos que ficam abandonados como ele ficou ou o exploram como exploraram e deixavam o bagaço depois cada vez pior, e deixa ir parando prq do Raul escrevo o dia e a noite, já deu!!!!

Obs: Contrariando o Nando mais uma vez o que é falta de educação; até o Mestre Zé Geraldo em seus shows clama "Raul!!!Toca Raul!!!!!!", e como ele não vejo mal algum nisso, enfim.....dei umas mexidas no post dele mas não mudei a essência e acrescentei minha parte,espero ele não ligue, afinal o mais importante que era o Rau já nos deixou mesmo.

Só quem nunca saiu de casa que não conhece a famigerada frase berrada em praticamente todos os shows musicais: “Toca Raul!!!”

Contudo, essa já “expressão idiomática” veio se transformando ao longo das décadas e passou a deixar de ser um pedido ou uma sugestão para ganhar um tom pejorativo que nada faz jus à obra e ao artista que foi Raul Seixas.

Parece brincadeira que uma “brincadeira” possa vir afastando ouvintes da música de Raulzito e pior que isso, dado à conotação ruim da zombaria, há quem jamais tenha ouvido sequer uma música de Raul Seixas, mas já ostente um “pré-conceito” sobre ele e suas canções.

Nascido aos 28 dias do mês de junho do ano de 1945 na Bahia, foi Salvador que deu ao Brasil um dos artistas mais irreverentes de toda nossa história. Certamente um homem que queria viver da sua obra e morreu por ela! Cujo início, o fim e o meio se confundiam e ainda não se distinguem facilmente, visto que tudo sempre se metamorfoseava ambulantemente.

Eis Raul Seixas, àquele que importunava como uma mosca que cai na sopa. Que contestava a ditadura militar e sua censura debochando como se estivesse em uma inatingível e distante sociedade alternativa.

Ele que também perambulou pelo espaço sideral em lisérgicas viagens que só um maluco beleza poderia fazer a bordo de um Plunct Plact Zum. Ou talvez, ele tenha sido somente um cara que sonhava com a tranquilidade bucólica de um sítio no sertão de Piritiba... Mas o que podemos afirmar com toda a certeza, é que ele realmente não queria ser prefeito! E isso, nem a pau! (risos)

Em seus 26 anos de carreira, Raul Seixas lançou 21 discos, emplacou incontáveis sucessos dentre os mais tocados pelas emissoras de rádio e de TV, também esteve sempre dentre os álbuns mais vendidos em todo o Brasil e, saibam que isso definitivamente não é pra qualquer um.

Contudo, seus últimos passos aqui na Terra não foram dos mais bonitos de se presenciar. Um artista com toda essa envergadura, andava então “envergado” pela bebida que o consumira e o definhara. Lembro-me perfeitamente de ver Raul Seixas, que morreu aos 44 anos de idade, aparentar um senil senhor enfermo com mais de 100 anos. Triste…

Mas mesmo assim Raul nos deixou uma vasta obra e um legado tão amplo que ultrapassa a música e se estende até a lista dos livros mais vendidos do mundo, porque o escritor Paulo Coelho (seu pupilo e parceiro de composição) saiu praticamente debaixo de suas asas poéticas.

Para àqueles que são fãs de Raul Seixas, este artigo fica como uma singela homenagem e para os que ainda não experimentaram sua música e as fantásticas “sacadas” de suas letras, fica o convite para o que façam!

Por último, deixo também a dica do recente filme de Walter Carvalho, “Raul Seixas – O Início, o Fim e o Meio”, que reúne diversas entrevistas com artistas e familiares, bem como um amplo material inédito de arquivos sobre Raulzito. Uma verdadeira “aula” sobre esse ícone do rock e da música brasileira!

E lembrem-se: Se não der certo, “Tente outra Vez”! (risos)
Novamente findo por desejar um ótimo, revigorante e alegre final de semana para todos nós!

Assista agora o trailler do filme “Raul Seixas – O início, o Fim e o Meio!”

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=hzOWXRf1j9w

Nando Pires

Obs: Já publiquei mas como a Lucy chamou a atenção tá aqui de novo prq vale a pena.



Enjoy!!!!!!!!!!!!! (obs: aqui tem mais de 600 mbs do Xandão com a discografia completa do cara pra quem quiser e já com link aberto bastando clicar sem passar por paginas e paginas até achar algo.)