29 de abr de 2014

Post da Loba Alive - Em homenagem ao DOA (14 BIS & Boca Livre)



Caros amigos do Som Mutante... Fui contactado pela herdeira natural do blog Som Mutante, a Loba Alive que solicitou que continuássemos com as postagens, no estilo do Dead. Que tentássemos manter vivo este blog, e que embora, não tenha sido dito ou escrito, este deve ser o desejo do Dead. No email, a Loba escreveu:

"tudo bem querido.
Caso queira postar, faça. Invente uma história como ele inventava... mesmo assim obrigada!
de coração."

E atendendo ao chamado, assumo este compromisso de fazer posts aqui no Som Mutante e, se me permitem, convido a todos que tinham sido convidados, a postarem também. A administração do blog ainda pertence ao Dead, porém ainda temos o Status de Colaboradores...

E para dar início aos posts póstumos, segue o post solicitado pela Loba:


Esta é a música do Lobo e da Loba...



Loba, espero que goste do Post...

17 de abr de 2014

LUTO


Dead or Alive, criador do blog Som Mutante, radialista, e um grande amante da música. Nestes 6 anos que manteve o blog ativo, partilhou músicas, escreveu resenhas, polemizou e contribuiu muito pra este Universo Cibernético. Criou grupos de discussão, uniu pessoas e se tornou um personagem virtual muito querido e respeitado entre os blogs. Sempre partilhou pedaços de sua vida privada e acompanhamos muita coisa, sofrendo e torcendo por ele. Vai deixar um espaço vazio enorme. Todos sentiremos falta de suas resenhas, comentários e de sua presença virtual, sempre muito forte.
Vai com os deuses, meu amigo e que sua criação (Som Mutante) dure ainda por muito tempo, como um culto a sua memória.... 




ROCK IN PEACE!

15 de abr de 2014

DoA


Caros,

Recebi emails de alguns amigos virtuais e reais, me fazendo uma pergunta, para a qual eu não tenho a resposta. Quero dizer que o Dead or Alive é um dos grandes amigos que fiz aqui na web e que recebi um email dele, no último dia 11-ABR. Além disso, ontem (14-ABR) foi o aniversário dele.

Comentários são bem vindos, e se me pedirem, retiro este post daqui da página.

--zm








11 de abr de 2014

David "The Hit Man" Foster and Friends

O mais interessante pra mim nessa história é que o cara é "O CARA"!

Você pode não gostar do que ele produz, não ouvir os artistas que ele levanta e descobre, mas o cara tem até o nome na calçada da fama além de outras coisas e dentre elas a gratidão de amigos que as entrelinhas que li deixaram isso muito claro.

Imaginem um E,W,and Fire bater em sua porta de madrugada e falar: Hey man, precisamos de um hit, os discos não vendem como antes, o público nos segue prq é fiel mas precisamos de algo novo!!!!

David, sempre sorrindo manda entrar, e vão pra um de seus estúdios e lá se enfronham em músicas e mais músicas e mais uma vez o mago faz seu trabalho e os caras confiam sem pensar, ele mesmo ou a gravadora deles prensa e solta e o disco estoura!!!!!!

David Foster é o cara, David Foster é sim The Hitmam.

Ponto, aqui não cabe gostar aqui cabe talento, capacidade, trabalho, muito trabalho desde os 05 anos qdo ouviu sua mãe limpando o piano e achou aquilo lindo, ela sai e ele senta ao piano e começa a tirar notas que ela já treinada ainda não havia ouvido e percebeu que ele seria sim diferente; muito diferente.

Aqui postei só o áudio e já vale o show, depois pretendo subir o vídeo que é lindo mas tá até fácil de achar pra quem gosta, eu gostei sim, e muito principalmente uma garota de 08 anos acho cantando clássico em uma escala vocal de deixar qqr madona de queixo caído.

Duvída?

Taí....quem puder faça melhor The Hitmam sabe muito bem o que faz e todos, mas todos que pegou ele os catapultou de novo a fama, é o cara mesmo sendo repetitivo, mas isso é talento, o resto é pocotó. (desculpem não resisti, mas é o lixo contra o luxo e sei que gosto é gosto, mas gostar de merda é pra muitos hoje).



David Walter Foster, (Victoria, Canadá, 1 de novembro de 1949) é um músico, produtor musical, compositor e arranjador canadense.

Foi, ao longo de sua próspera carreira, produtor de inúmeros astros consagrados na música mundial, tais como: Bryan Adams, Céline Dion, Andrea Bocelli, Mariah Carey, Whitney Houston, Beyoncé, Madonna, Bee Gees, Rod Stewart e Michael Bublé entre tantos.

Vencedor de 16 Grammys e detentor de 47 indicações ao prêmio, Foster é também o atual presidente da Verve Music Group; e um dos maiores nomes da indústria musical.
Ele é o responsável por sucessos Whitney Houston, Barbara Streisand, Michael Bublé, Josh Groban, Earth Wind & Fire, Natalie Cole, Kenny Loggins, Madonna, Michael Jackson, Lara Fabian, Diana Ross, Sonny & Cher, Rod Stewart, Seal, Michael Bolton, só pra ilustrar um pouco mais.

Gratos pelos sucessos garantidos pela mão de Foster, alguns destes artistas reuniram-se, em 2010, numa nova homenagem ao músico/produtor canadiano.

O cenário do espetáculo foi a mítica sala Mandalay Bay, em Las Vegas, onde foi registado em CD e DVD este concerto histórico.
Hey everyone – I thought now would be a good time to check in and let you know what I’m up to.

It’s the end of February and I’m working hard on Diana Krall’s new album [gonna be a little different but incredible!].

I’m almost finished with new music from Bryan Adams, still hanging with Stevie Wonder and hoping to get that album finished this year.

Now I’m starting to make tentative plans with Lionel Richie and JLO…exciting!

On the Verve side, we have some incredible releases coming up including but not limited to, the 3 incredible swedes called Dirty Loops, the great Sarah McLachlan, and my homie Ruben Studdard bringing you to your knees with his love songs.

We have more young talent like newcomers Brenna Whitaker and Charles Perry, so stay tuned!
This is Verve’s year to bust out!

I am first and foremost a music lover just like all of you.

Let’s keep the music we love alive.

Music is what gets me up every morning and I’m sure most of you share that same passion.

To all the RHOBH fans I think my wife, Yolanda, continues to keep it classy and elevates the show while sharing her personal battle with Lyme Disease.

Our big blended family is doing well, with our children finding their own way on this planet.

Wishing you Health, Happiness and Great Music,

DF
Tracklist:
-------------
01. Andre Agassi - Intro 1:12
02. David Foster Feat. Kenny G - St. Elmo's Love Theme 3:31
03. David Foster - Can't Help Falling In Love 1:59
04. Michael Johns - She's A Beauty 1:34
05. Michael Johns - Man In Motion 4:02
06. Brian McKnight - Mornin' 2:22
07. Brian McKnight - After The Love Has Gone 3:27
08. Barbara Streisand - Video 0:50
09. Katharine McPhee - Somewhere 4:03
10. Renee Olstead - Through The Fire 2:58
11. Cheryl Lynn - Got To Be Real 3:54
12. Blake Shelton - Wildflower 4:00
13. Urban Cowboy - Video 1:20
14. Boz Scaggs - Love Look What You've Done 4:45
15. Boz Scaggs - Jo Jo 3:29
16. Eric Benet - Chocolate Legs 2:32
17. Peter Cetera - Hard To Say I'm Sorry 2:41
18. Peter Cetera - You're The Inspiration 1:35
19. Peter Cetera - Glory Of Love 3:55
20. Andrea Bocelli - Amapola 4:16
21. Andrea Bocelli - Because We Believe 5:14
22. Andrea Bocelli & Katharine McPhee - The Prayer 5:04
23. William Joseph - Asturias 2:07
24. Celine Dion & David Foster - Video/Because You Love Me 5:47
25. Babyface & Kevon Edmonds - I Swear 4:49
26. Michael Buble - Feeling Good 5:45
27. Michael Buble With Blake Shelton - Home 5:16
28. Michael Buble - Save The Last Dance 4:24
29. Kevin Costner - Bodyguard Video 2:38
30. Charice - I Have Nothing 2:34
31. Charice - I Will Always Love You 3:42
32. Josh Groban - Alla Luce Del Sole 4:49
33. Josh Groban With Brian McKnight - Bridge Over Troubled Water 5:04
34. Josh Groban - You Raise Me Up 4:01
35. David Foster & Friends - Got To Be Real (Credits) 2:07

Enjoy!!!!!!!!!

7 de abr de 2014

Book of Hours – King Crimson and Van Der Graaf Generator according to Book of Hours

A 2-track Ep, where the band honour two of their major inspiration sources. Two great cover version of KING CRIMSON & VAN DER GRAAF GENERATOR.

 (EP) (2003) [MP3]

Book Of Hours biography

Hailing from Sweden, the embryo of 'Book Of Hours' was formulated back in 1994, when multi-instrumentalist Mattias Reinholdsson and Henrik Johansson (bass, vocals) met at Stockholm University, where they compiled an Iron Maiden tribute album, 'Food For Thought'.

At the time of writing, the completed band line-up includes Anni Thulin (vocals) and Jonas Hansson (guitar), who compliment the two founding members.

This belies the fact that in common with many young bands of such longevity, the band have suffered from a revolving door syndrome of personnel, which have included Per Broddesson (guitars), Mikael Zell (guitars) and Stephan Zell (bass, vocals) who eventually formed Wolverine together.
The consequence has been the band's output during the past decade had been restricted to only three releases.

The first, 1998's Anekdoten & Landberk influenced four track demo entitled 'We Find Your Lack Of Faith

Disturbing', an overt dig at the band's beliefs in how commercialism is poisoning the music industry, was quickly followed by their only full studio release, 'Art To The Blind'.

The release however was not without its problems.

The permanent departure of their vocalist, Stephan Zell, preceded record label difficulties regarding promotional releases, and eventually Per's departure to form Wolverine.

With original cover artwork by the band however, 'Art To The Blind' certainly demonstrates technical accomplishment as they forged a heavy progressive sound with frequently changing time signatures and a distorted bass rhythms which would please King Crimson fans.
'Transmissions', 2003's eventual follow-up, was once more a 4 track, 22 minute EP, fronted by the tonally mellower female vocals of Anni Thulin. 

Without a record deal, the self-released EP nevertheless contains four eclectic tracks, which continue in the same vein from their previous work. 

Work had started on a full studio release follow up in the autumn of 2003, with the rather apt working title of 'About Time', for which three tracks had been completed, one of which 'Submergency', found its way onto the band's web site.

Frustratingly scant and fractured, Book Of Hour's discography is nevertheless a welcome addition to the Heavy Prog genre, as the album reviews will attest, and beside the above, obvious influences, their music will also be of interest for fans of heavy prog which has a slightly dark, eclectic, artistic feel.
Line-up / Musicians

- Per Broddesson / guitars
- Henrik Johansson / drums,keyboards,recorder
- Andreas Runeson / vocals
- Ulf Nygers / keyboars
- Mattias Reinholdsson / bass

Tracklist:

Singles/EPs/Fan Club/Promo

1. One more red nightmare
2. Scorched earth

Enjoy!!!!!!!!

3 de abr de 2014

Curtis Mayfield "Live In Europe"

Curtis Lee Mayfield (Chicago, 3 de Junho de 1942 - Roswell, 26 de Dezembro de 1999) foi um músico estadunidense.

Foi considerado o 34º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone.

Ele se tornou famoso no começo da década de 1960 como compositor e vocalista do grupo The Impressions.

Na década de 1970, seguiu uma bem sucedida carreira solo e se consagraria como um dos músicos mais influentes de sua época. Seu álbum mais importante é "Superfly", de 1972, trilha sonora do filme homônimo.

Multi-instrumentalista, ele tocava guitarra elétrica, baixo, piano, saxofone e bateria.

Além de ter sido um dos grandes mestres da soul e do funk dos Estados Unidos (ao lado de nomes como Al Green, Isaac Hayes, Marvin Gaye e Stevie Wonder), Mayfield é também lembrado como um dos pioneiros das músicas de consciência sócio-políticas do movimento negro em seu país.
Curtis começou a cantar aos sete anos de idade, e a carreira profissional se iniciaria em 1957, quando formou o grupo vocal de rhythm and blues "Alpha Tones".

Um ano depois, ele integraria a banda The Impressions - junto aos músicos Jerry Butler, Arthur Brooks, Richard Brooks e Sam Gooden.

Os Impressions ajudaram a definir o que seria conhecido como Soul de Chicago - já que a banda era dessa cidade, que rivaliza com os grupos do selo Motown, de Detroit.

Entre alguns sucessos nas paradas dos Estados Unidos, estão "For Your Precious Love" e "He Will Break Your Heart" (1958), "Gypsy Woman" (1961), "It's All Right" (1963), "I’m So Proud", "Keep on Pushing" e "Amen" (1964) e "People Get Ready" (1965) - que seria regravada na década de 1980 por Jeff Beck e Rod Stewart) - "This is My Country" (1966), "We’re a Winner" (1968) e "Mighty Mighty Spade & Whitey" (1969).
Em 1970, Curtis partiu para carreira solo em projetos musicais.

É daquela época que Mayfield compôs suas famosas letras em que expunham alguns dos problemas vivenciados pelos negros dos guetos estadunidenses, como o crime e as drogas.

Estes são alguns dos temas de "Superfly", filme do gênero blaxploitation, e que Curtis Mayfield faria sua trilha sonora dois anos depois.

Este era o auge da carreira do cantor.

O álbum "Superfly" vendeu mais de um milhão de cópias e recebeu quatro indicações ao Grammy à época.

Dentre os sucessos deste álbum estão as clássicas "Superfly" e "Freddie's Dead" - da qual o grupo de rap brasileiro Racionais MCs retirou alguns samples.

"(Don't Worry) If There's A Hell Below We're All Going To Go'", "Move On Up"', "Do Do Wap Is Strong In Her", "Future Shock" e "Homeless" foram outros exemplos de canções engajadas do cantor.

Além de compositor respeitado, Mayfield foi também produtor de álbuns, como da cantora Aretha Franklin, e de outras trilhas de sucessos, como "Claudine" (1974), do grupo Gladys Knight & the Pips, e "Let's Do It Again" (1975), do grupo gospel Staple Singers.

No final da década, Curtis se aproximou da disco music, que marcaria o início do declínio de sucesso e prestígio.
Em 14 de agosto de 1990, Mayfield sofreu um grave acidente durante uma apresentação no Brooklyn (Nova York).
Um poste de luz caiu sobre ele, deixando-o tetraplégico.

Em 1994, o cantor foi homenageado com um tributo, do qual participaram artistas como Aretha Franklin, Bruce Springsteen, Elton John, Eric Clapton, Gladys Knight, Isley Brothers e Whitney Houston.

No ano seguinte, receberia um Grammy pelo conjunto da obra.

Mesmo tetraplégico, Curtis gravaria em 1996 seu último álbum, "New World Order" - que incluía uma regravação de "We People Who Are Darker Than Blue", lançada originalmente no primeiro disco solo de cantor.

"New World Order" recebeu três indicações para o Grammy.

Ainda naquele ano, por seu trabalho solo, Mayfield seria admitido pela segunda vez no Rock and Roll Hall of Fame - a primeira tinha sido em 1991, mas como membro dos Impressions.

Em fevereiro de 1998, em virtude de sua diabetes, o cantor teve sua perna direita amputada.

Curtis Mayfiled morreu em 26 de dezembro de 1999, de complicações decorrentes de diabetes

Review by Alex Henderson

Although Curtis Mayfield's album sales had decreased significantly by the late '70s, the smooth Chicago soul veteran remained a popular live attraction well into the '80s.

Audiences still longed to hear gems from both his years with the influential Impressions and his early solo hits, and he gives them exactly what they want on this album (released as both a single CD and a two-CD set).

Mayfield reminds us just how great the Impressions were on heartfelt versions of such '60s classics as "Gypsy Woman" (which greatly influenced the Isley Brothers), "It's Alright" and the inspirational "People Get Ready," and is equally captivating on incisive, early-'70s sociopolitical hits like "Pusherman," "Freddie's Dead," and "If There's a Hell Below."

Live in Europe's main flaw isn't Mayfield's performances, but a band that, although decent, just doesn't go that extra mile or do this superb material justice.

Horns, a main ingredient of many of his hits, are sorely missed -- especially on "Move on Up" -- and Buzz Amato's keyboards simply can't take their place.
Personnel

Curtis Mayfield – vocals, guitar
Joseph Scott – bass
Buzz Amato – keyboards
Master Henry Gibson – percussion
Credits
Artist Credit
Buzz Amato Composer, Keyboards
Master Henry Gibson Guest Artist, Percussion
Carlos Glover Engineer
Curtis Mayfield Coloring, Composer, Guitar, Mixing, Performer, Primary Artist, Producer, Vocals
Percy Mayfield Performer
Roger Nichols Composer
Johnny Pate Composer
Lebron Scott Bass
Paul Williams Composer
All tracks composed by Curtis Mayfield; except where indicated
Introduction
“Ice 9”
“Back to the World”
“It's Alright”/”Amen”
“Gypsy Woman”
“Freddie's Dead”
“Pusherman”
“We've Gotta Have Peace”
“We've Only Just Begun” (Paul Williams, Roger Nichols)
“People Get Ready”
“Move On Up”
"(Don't Worry) If There's a Hell Below, We're All Going to Go"
“When Seasons Change”
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!