29 de dez de 2008

Assista antes que retirem daqui também.....

Este talvez seja um dos vídeos mais retirados nos últimos dias na internet, um som fantástico do "Gnarls Barckley" intitulado "Going on".
Na famosa caça às bruxas vai de tudo e inclusive privando as pessoas de verem e terem contato com trabalhos novos e culturas diferentes; sei que eles já são cultuados o suficiente mas ao meu ver nessa nova safra do séc.21 estes poderiam ter seu nome citado em qualquer blog de qualquer estilo.
E quem puder que vejo o show, porque os caras mandam muito bem.




Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

"Ditadura e Censura até na internet?"


CARO DREAD...

Gostaria que DIVULGASSE este texto que escrevi para que as pessoas fossem alertadas ou divulgassem nossa luta contra a censura do BLOGGER e GRAVADORAS, DMCA!!!


"DITADURA E CENSURA ATÉ NA INTERNET???

A INTERNET É DOS USUÁRIOS E VOCÊS NÃO TÊM DIREITO DE VETAR NOSSO ENTRETENIMENTO, NOSSA CULTURA, TANTO DE NOSSO PAÍS COMO DO MUNDO!!!

A INFORMAÇÃO E AS MATÉRIAS A NOSSA DISPOSIÇÃO É DE DIREITO PÚBLICO DE DEMOCRACIA E DE DIVULGAÇÃO PARA OS RESPECTIVOS ARTISTAS E AUTORES!!!!

ELES FAZEM OS DISCOS PARA QUEM ESTIVER A FIM DE CONHECER E DIVULGAR SEUS TRABALHOS, E NÃO OS TÊM MAIS COMO FONTE DE RENDA!!!!

MÚSICO GANHA DINHEIRO HOJE EM DIA VENDENDO SHOWS!!!

MÚSICO NÃO É VAGABUNDO!!! É TRABALHADOR!!! PRECISA SER VALORIZADO COMO TAL!!!

ELES SÃO PATRIMÔNIO DA CULTURA E COMPORTAMENTO MUNDIAL, QUANDO EXTRAVASAM SUAS SENSIBILIDADES PELAS EMOÇÕES, PERCEPÇÕES E IDÉIAS PESSOAIS OU DE SEU PÚBLICO PARA O UNIVERSO!!!

A ERA DAS GRAVADORAS ACABOU HÁ ANOS!!! QUEM GANHA DINHEIRO ÀS CUSTAS DOS MÚSICOS COMO AS GRAVADORAS, PRECISA ARRUMAR OUTRAS FONTES DE RENDA, EMPREGOS...

OS ARTISTAS SÃO AQUELES QUEM MERECEM A RIQUEZA DA INDÚSTRIA DO SOM, E NÃO AS GRAVADORAS!!!

GRAVADORAS SÓ FERRAM OS ARTISTAS!!!!

O MUNDO OU OS PAÍSES PRECISAM APOIAR E DAR ESTRUTURA PARA OS ARTISTAS DIVULGAREM SEUS TRABALHOS, ESTUDAREM E DAR CONDIÇÕES PARA SOBREVIVEREM!!!!

AS PESSOAS NÃO QUEREM E NÃO PRECISAM MAIS DA IGNORÂNCIA (A FALTA DE CONHECIMENTO PROPRIAMENTE DITA) DA QUAL AS GRANDES GRAVADORAS NECESSITAM IMPOR AOS PÚBLICOS!

ISSO SIM É CRIME!!!! MANIPULAÇÃO DE CONHECIMENTO E DA CULTURA EM GERAL!!! ISSO NÃO É DITADURA??? VETAR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO E PENSAMENTO??? ONDE EXISTE DEMOCRACIA NISSO???

AS GRAVADORAS SÃO VERDADEIRAS INSTITUIÇÕES DE CONTRABANDO (LITERALMENTE ARRECADAM DINHEIRO DOS OUTROS, PARA FINS PRÓPRIOS E NÃO PARA BEM DE OUTROS OU DE DOMÍNIO PÚBLICO)!!!

OS MÚSICOS DE HOJE EM DIA SABEM DO VALOR QUE TEM E DE QUE NÃO PRECISAM MAIS VENDER O SOM QUE A GRAVADORA EXIGE!!!

OS MÚSICOS DE HOJE SÃO AUTÊNTICOS PORQUE VENDEM AQUILO QUE SEMPRE QUISERAM FAZER: O PRÓPRIO SOM!!!!

POR ISSO SÃO INTELIGENTES E BUSCAM O MERCADO INDEPENDENTE!!!

DESTA FORMA O RECONHECIMENTO É BEM MAIOR, E SENDO ASSIM, A INTERNET DESEMPENHA UM PAPEL FUNDAMENTAL NA DIVULGAÇÃO DOS MESMOS!!!

QUEM É CONTRA ESTE PRINCÍPIO TENTA TAPAR O SOL COM A PENEIRA... (IN)FELIZMENTE É A NOSSA REALIDADE!!!

GRATO!"

LOUIZ LHUY

ABRAÇOS

25 de dez de 2008

Eartha Kitt - R.I.P.


Eartha Kitt, a versátil cantora e atriz americana, cuja sensualidade e voz provocante fizeram dela uma estrela internacional com mais de meio século de carreira, faleceu nesta quinta-feira (25), aos 81 anos, informou seu amigo e agente Andrew Freedman.

Um de seus maiores hits é “Santa baby”, canção regravada por Madonna em 1987. Seu estilo influenciou outras cantoras, como Diana Ross e Janet Jackson. Mais tarde, Kitt disse ser "a material girl original", em referência não apenas à sua performance no palco mas também aos seus romances com homens ricos e famosos, como Orson Welles.

Nascida Eartha Mae Keith no dia 17 de janeiro de 1927 na Carolina do Sul, a artista morreu às 14h15 (17h15 de Brasília), vítima de câncer de cólon, disse Freedman. Ela morava no estado de Connecticut e fazia tratamento em um hospital de Nova York.
Eartha Kitt durante performance na peça 'Timbuktu', na Broadway, em 1977.
Kitt - que foi indicada a dois prêmios Tony e a um Grammy - começou a carreira artística como dançarina em Nova York na década de 1940. Ela alcançou o sucesso atuando na Broadway, em gravações, filmes e na televisão, antes mesmo do surgimento de estrelas como Julie Andrews, Barbra Streisand e Bette Midler.

Aos 20 anos, ela se apresentava em cabarés de Paris, onde ficou conhecida por cantar músicas como “C’est ci bon” e “Love for sale.” De volta a Nova York, ela recebeu de Orson Welles seu primeiro papel principal como Helena de Troia em "Dr. Fastus".
Alguns anos depois, lançou um disco pela revista "New Faces" com muito sucesso. Foi considerada por Welles como "a mulher mais excitante do mundo" e em 1958 fez o filme "The mark of the hawk", com Sidney Poitier.
Nos anos 60, Kitt viveu a Mulher-Gato na série de TV “Batman”, aparecendo em alguns episódios.

A artista foi casada com Bill McDonald, com quem teve uma filha, Kitt Shapiro. Ela deixa dois netos.

http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL935452-7085,00.html

19 de dez de 2008

Celso"Blues"Boy e o Pirata do Rock

Já dizia um cantor maravilhoso "É doce morrer no mar, nas águas verdes do mar" (Dorival Caymmi).

Como minha internet tem um sério problema de personalidade, ela não gosta de correr, de ser veloz e as vezes nem de andar e vc tem até vontade de morrer, de tanta raiva que dá pagar por um serviço que não funciona direito e ainda ouvir que estão solucionando o caso; então sem o que fazer fui ver o mar, e fiquei à divagar.....quem não tem internet de verdade anda divagar;ops me desculpem "divaguei" mesmo......e olhando aquela beleza de paisagem eis que surge à minha frente um navio, não muito grande mas um belo navio daqueles antigos de filmes do cinema.
De repente já me vejo dentro dele e "singrando os sete mares", (esta frase também vou te contar é de doer!!!); e qual não é minha surpresa ao avistar ao longe um outro navio que se aproximava à toda velocidade e reparando bem, notei uma bandeira das mais temíveis.......sim era um navio pirata!!!!!!!!!!!!

Bom, à primeira vista já pensei que seria meu fim, afinal de contas, sem internet, "sem eira nem beira" (essa tb é de doer!!!) e ainda num navio desconhecido e pronto pra ser abordado por um "bucaneiro dos mares" (ai,ai,ai); mas qual não foi minha surpresa qdo vejo no convés o capitão de tão temido navio.......ninguém mais que o maninho "Pirata do Rock" com uma garrafa de rum numa mão e uma luneta na outra se equilibrando e gritando aos seus tripulantes: - Preparar abordagem!!!! Atenção barco à deriva, vamos pra bordo!!!!!! e eu que nem sabia estar à deriva, mas tudo bem, o pirata era ele.
Qdo o maninho Pirata vêm a bordo, foi uma surpresa e ai virou festa mesmo: - Porra Dead é vc???? O que vc está fazendo nessas águas infestadas de piratas????Esse mar é perigoso e não é pra qualquer um mano doido ficar zanzando não.
Ai lhe disse sobre o barco e tal e que acabei ali sem saber bem o porque, onde o maninho já fez uma presença de um rum de qualidade duvidosa, mas... festa é festa e junto à tripulação ouvimos muita música de rock à bossa nova, porque agora no som do Pirata rola de tudo um pouco e aí me lembrei estar devendo um post do magnífico Celso "Blues" Boy (só não me lembro pra quem foi, deve ser o efeito do rum) e perguntei ao Pirata se por um acaso ele não havia trazido no HD porque pirata de verdade agora usa HD!!!!!!

E qual não foi minha surpresa (acho que o rum já fazia mais efeito ainda, porque nunca vi um cara se surpreender tanto que nem eu) qdo ele me apresenta um post recente e muito bom do cara, e meio que trançando as pernas me diz: - Pode pegar, foi presença de um mano e é nosso!!!!

AO VIVO EM RIO DAS OSTRAS - 1996



Material enviado pelo Cícero do blog Motor Rock Bar

E aí como diz o mano Sara_Evil do alto de sua experiência fiquei mais feliz do que "pinto no lixo" e agradeci muito ao meu querido maninho Pirata do Rock pela presença de primeira, porque o tal do rum já me fazia era ver estrelas isso sim; mas nesse meio-tempo tanto a tripulação do bucaneiro e o capitão já estavam soltando os ganchos que prendiam os barcos e se despedindo todo feliz, ligou um som muito louco que ainda tentei saber o que era, mas ele só achava que me despedia e dando adeus içou todas as velas se foi como veio, só dando tempo de ouvir ele ainda gritar: - Tem mais um do "Big Boy" pra vc, passa lá e pega...............!!!!!!!!

Bem, esse Pirata é assim mesmo, vem e vai, mas sempre está por perto como devem ser os bons amigos, e aí já ouvindo esse som de alta qualidade gravado num festival onde tenho alguns amigos também, e estendendo a rede no convés resolvi relaxar e esperar a internet voltar pra poder postar e dividir com os lacrimejantes essa viagem e claro como disse o mano Jimi, aproveitando a postagem do Pirata de "cabo à rabo" pra não congestionar os hospedeiros.

Bem essa ainda é outra conversa e pra uma outra hora.......Espero que apreciem prq o cara manda bem mesmo e no Brasil é aquela velha história "santo de casa não faz milagres"; mas esse que de santo não tem nada, faz sim, milagres em sua obra.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Download

15 de dez de 2008

Pior que isso só isso mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Passeando pela net em busca de novidades e lazer passei pra uma viagem no belíssimo http://voo7177.blogspot.com/ onde sempre faço um pit-stop e qual não foi minha surpresa fuçando por lá qdo me deparo com essas declarações e debates sobre postagens.
Ninguém de lá me pediu pra eu me meter e eu tb não pedi autorização pra tal, mas achei que deveria dividir com meus irmãos e cada um que tire suas próprias conclusões.

NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS FÃS DE PROGRESSIVOS:
O tecladista do Tempus Fugit, André Mello, entrou em contato com o blog através dos comentários das postagens da banda e pediu para retirarmos os discos. Segue os comentários:
"Já que como foi comentado esse CD é um amontoado de clichês..dá pra retirar ele do blog?POR FAVOR?OS cd´s da TEMPUS FUGIT estão todos em catálogo ainda. È uma sacanagem fazer isso conosco. Faça com o YES, Dream T., etc...que não precisam disso. Mal conseguimos lançar um cd e vc. já dá ele de graça. NÃO...não precisamos desta divulgação. Não se engane pensando que está ajudando a banda. Só ajuda a si mesmo e a outros espertos que baixam e mesmo que gostem ficam no MP3 mesmo.Por favor... retire".
****************
"De qualquer forma..obrigado pelas críticas.Bom saber que temos evoluído.Pena que com blogs como esse espalhados por aí talvez não haja outro cd da TEMPUS FUGIT.Quer ouvir nosso som? VISITE:http://www.myspace.com/tempusfugitofficial"
****************
"POR FAVOR [sic] ESTE CD DO SEU BLOG!Não precisamos deste tipo de "divulgação". Isso só prejudica que possamos no futuro lançar um outro cd.
Isso só serve para "espertos" economizarem uns 20,00 reais pra gastar com cerveja ou outra coisa pior.ASS:André Mello (TEMPUS FUGIT -tecladista)"
Em respeito à banda, e por sermos fãs, retiramos as postagens.
*********************************************************************************
O guitarrista do INDEX também fez um apelo para retiramos os cds da banda, o que fizemos.
Segue os seus comentários válidos para os 3 discos:
"Boa noite, pessoal. Aqui quem lhes escreve é o Jones Junior, guitarrista do Index.
Primeiramente agradeço as palavras do Sr do Vale, obrigado pelo comentário elogioso.
Muito nos honra a lembrança do nosso trabalho, mas gostaria pedir-lhes encarecidamente que retirasse nossa discografia do blog de vocês. Como vocês bem sabem, para produzir um próximo album dependemos das vendas do anterior, ou seja, desses albuns postados no blog. Estamos às vésperas de encomendar uma nova prensagem dos 2 primeiros albums, e a boa intenção de vocês em divulgar nossos trabalhos infelizmente afetará drásticamente as vendas. Portanto, conto com a ajuda de vocês para que possamos continuar produzindo rock progressivo no Brasil. Um grande abraço. Jones Jr / INDEX"
********************************
Em breve entraremos em contato com as bandas e faremos um posicionamento e, tão logo isso aconteça, postaremos aqui a missiva que iremos escrever-lhes.
Em atenção à todos vocês...
Blog Vôo7177.
Obs: segue link da postagem e dos comentários e garanto que vale uma lida.......

Outra obs: "O pior animal para se lidar é o ser humano, ele não tem gratidão, amor, e nem respeito e ainda se acha acima do bem e do mal"
Mactatus e galera do Vôo 7177 essa foi a forma que achei de reverenciar o trabalho de vcs e a descência que vcs tem no lidar com as situações; estou aprendendo muito nestes tempos com seres humanos de verdade como vcs.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

13 de dez de 2008

Vocalistas fantásticos e suas bandas maravilhosas!!!!!

Gente....que loucura!!!!
Se der perca um pouco do seu tempo e acompanhe o que acontece as vezes no universo louco da psicodelia; nos porões do Lágrima Psicodélica.
Estava eu sossegado da minha vidinha, era domingo um belo dia de visitas em nosso hospício e todos estavam felizes recebendo suas visitas; aliás o que mais um interno quer a não ser receber visitas e claro "guloseimas"? Mas de repente tudo fica escuro e além de não ver, não senti mais nada.
Algum tempo depois, que não tinha a mínima idéia de qto foi, desperto em um local totalmente desconhecido e olho em minha frente e qual não foi minha surpresa ao ver a "Véia Doida de Tudo"dançando e cantando ao redor de um enorme caldeirão que fervia sobre uma fogueira e lançando coisas e mais coisas dentro e olhava pra mim e sorria, aquele sorriso que só rockeiro loki tem e que dá calafrios em alma penada (nossa essa foi de doer!!!mas vamos ao que interessa).
Ela vinha até a mim e com sua colher de pau me dava goles e goles de sopa e a cada momento o gosto mudava e ao som do "Bolero de Ravel" que ela recitava, me disse: - Bem, como vc pisou na bola comigo na postagem do "Raul" e não disponibilizou os sons que combinamos, resolvi te usar de cobaia pra umas poções novas que criei; fique a vontade prq daqui vc não sairá tão cedo, e saiu gargalhando e dando piruetas daquele calabouço que eu nunca havia visto e nem imaginava onde estava.
Delirei, sonhei, tive visões e o tempo não existia e de vez em qdo ela ainda vinha ver o resultado de suas poções e gargalhava feliz da vida e já montava em uma vassoura e saia cavalgando pelo horizonte de minha mente.
Bom, em alguns momentos de lucidez(ré,ré,ré) pensava comigo qual seria meu destino e de repente (histórias sempre tem que ter o "de repente") vejo um vulto que foi tomando forma em minha frente e ao reparar bem reconheci......"Cornélius", sim ele mesmo, a "Voz" do "Made in Brazil"!!!
Ele me olhava e dizia: - Quer dizer que vocalista pra você só Glenn Hughes? Se esqueceu das noites de rock em Sampa? Já esqueceu o que me dizia e falava pra todos sobre o que achava de meu vocal? Esqueceu rápido do Made heim?
Eu fiquei paralisado e não sabia o que responder à aquela aparição qdo uma segunda voz se faz ouvir e ai fico tentando identificá-la, afinal calabouço que se preze tem de ser escuro né? E essa voz saquei logo qdo disse: - É, eu só quero é tomar um sorvete, mas parece que vc não tem mais essa ligação conosco não é? Vc perdeu suas origens, não liga mais pra Chuck Berry e nada; mas me lembro que vc me dizia que nunca havia ouvido rock em Sampa assim.......
-"Percy"???? É vc mesmo?
-Quem mais seria? Mas vc nem se recorda direito? Apesar das sopas da Véia né?
- Aí eu já comecei a cantar e rir "Se eu soubesse voar.......eu queria sair daqui...e já sorria aquele riso dos insanos qdo a coisa piorou, porque dando toda pinta do mundo me chega o alucinado do "Simbas" e aí a tríade se formou e começou uma discussão em minha cabeça que só fui entender qdo acordei embaixo de uma árvore lá pros lados da ala norte do hospício; mas ainda ouvia o maluco cantando ao som marcante da batera do Netinho sucessos e mais sucessos que embalaram minha vida e aí entendi, sei lá se isso é entendimento, que as vezes até daqueles que consideramos o tempo pode ser um cruel catalisador pra o esquecimento e apesar de saber o qto são reverenciados pelos blogs afora e mesmo aqui no L.P. eu precisava resgatar uma coisa de minha vida, de minha essência e de meu crescimento, que é o carinho pelos amigos, o respeito por aqueles que significam algo pra nós mas também por aqueles que significaram e marcaram nossas vidas a nesse instante ouço a danada da "Véia" sorrindo baixinho em um canto qqr do hospício e feliz por ter conseguido seu objetivo mais uma vez.
Fazer com que mais um de seus pupilos despertassem pra verdadeira "essência do som"; que não são postagens maravilhosas somente que tem valor e que as mais simples postagens eram a vida de nosso hospício e que não importava se já haviam sido feitas, sempre haveria uma história diferente pra ser contada enquanto restassem aqueles "que amam o que fazem" e o "fazem por amor" e não por disputa ou por aparência e nem por Ego.
Ela ainda disse sussurrando pelos corredores enquanto flutuava - Aqui é nossa casa! Cuidem bem dela e façam dela um lugar de prazer na terra, essa é a missão de vcs!!!!!!!!!!!
Foi difícil ficar essa semana sem poder ter contato com meus amigos e amigas e senti o quanto é importante ter amigos e sermos amigos, amar e sermos amados; sentirmos que fazemos diferença pra uma pessoa que seja é maravilhoso e por isso resolvi contar essa história, longa eu sei, mas necessária pra mim e me desculpem se era nada daquilo que esperavam, mas foi a forma que achei de dizer:
"CORNÉLIUS, PERCY, SIMBAS" eu nunca esqueci e nem esquecerei do que representaram pro rock e do qto os amo e respeito ainda à cada vez que os ouço; parece que volto naqueles bons tempos de "Aquarela do Brasil" e tudo o mais que rolou a volta. Isto é apenas uma forma de reverência à aqueles que mesmo embaixo de chuva e tomando choque subiram ao palco de Saquarema pra um show memorável e que em pequenos clubes de várias cidades se exibiam não deixando o som parar.
É uma homenagem aos meus irmãozinhos lacrimejantes que me fizeram muita falta esses dias e uma homenagem à música e aos amigos de verdade, que podem até envelhecer, mas não deixam de ser o que são!!!!





Download




Download


Download


Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

6 de dez de 2008

No "Terreno Baldio" você pode gritar!!!!!!!!!!!!!!!!


O Terreno Baldio é uma banda cultuada até hoje, mas acredito pouco conhecida de muitos da nova geração. O Brasil já produziu bandas fantásticas e esta é uma delas; seguindo aqui uma pequena homenagem a todos que participaram e fizeram a história do rock progressivo brasileiro, que existiu sim e foi muito bom.
Costumo contar minhas próprias histórias relacionadas aos álbuns que posto, mas neste caso achei que este texto diz tudo e mais um pouco do tanto que eles merecem.

"Já se passaram 32 anos desde o lançamento do álbum de estréia do Terreno Baldio, formado em 1974.

O lendário grupo paulista era integrado por:
João Kurk, voz e percussão, Roberto Lazzarini, tecladista, Joaquim Corrêa na bateria, João
Ascenção, ex-baixista do Fush, que deixou a banda dando lugar ao Rodolfo Ayres, também baixista. Completando a formação, Mozart Mello como segundo vocal e guitarras.

Para os ouvintes familiares ao rock progressivo, o impacto do primeiro disco se dá pela excelência vocal de João Kurk, rara de se ouvir entre os progressistas brasileiros. Kurk utiliza uma entonação característica: valendo-se de agudos surpreendentes, associados a uma estrutura musical muitas vezes densa, nunca antes experimentada no Brasil, fez do álbum um grande sucesso ao vivo.
Receberam o mérito de crítica em pesquisas realizadas pela Folha de São Paulo como os melhores do ano de 76, após terem se apresentado no famoso festival Banana Progressiva.

Faziam uma música conceitual, enfatizando a liberdade e a natureza. Na faixa título do álbum pode-se ouvir com total angústia e deleite o seguinte trecho:
“A solidão a todos vem; Pode ser, você se sinta esmagar; É mais difícil que morrer; Você vê que o terreno lá está; Guardando o que sobrou de paz; No terreno baldio você pode gritar”. Uma analogia à ditadura, à sociedade ultra-individualizada e à cidade de São Paulo, que já se mostrava sufocante e poluída na época.

A saída de João Ascenção se deu por motivos pessoais. O músico veio a participar em seguida do retorno dos Secos e Molhados em 78. Rodolfo Braga do Joelho de Porco o substituiu brilhantemente. Talvez a sonoridade soasse sofisticada ou política demais para as emissoras de rádio, que começavam a apostar em uma nova onda de música eletrônica.

O mercado estava se fechando para o grupo, que chegou a gravar um álbum envolvendo o folclore nacional, chamado “Além das lendas brasileiras”, registrando ainda em 77 uma versão em inglês do primeiro vinil.

A banda encerrou suas atividades em meados de 94.

Hoje Lazzarini trabalha como produtor, tendo gravado o disco Hips of Tradition de Tom Zé e arranjado músicas para nomes como Sá & Guarabira, Moreira da Silva e Tim Maia.

Mozart Mello (tocou com João Bosco, Marco Pereira, Zimbo Trio, Kiko Loureiro, Trio D'Alma com André Geraissati e Ulisses Rocha, etc) é um dos mais consagrados auto-didatas brasileiros e sem dúvida um dos maiores guitarristas de nossa história.

Rodolfo Ayres tocou com Joelho de Porco, The Jet Black's,Tony Dodd & Southbound e com Rex-Rox to name a few.

Joquim Corrêa dividiu estúdios e palcos com nomes consagrados tais como: Made in Brazil, Ronnie Von e Pete Dunaway.

João Kurk participou do Egydio Conde (ex-Moto Perpétuo e Som Nosso). Atualmente ele atua em projetos como "Rockover" e "DuoByrd" em Sampa.

Estes homens sem dúvida, fazem parte da "nata" do progressivo brasileiro. Estão entre os melhores do mundo, não há dúvidas sobre isto. Basta ouvir qualquer uma de suas melodias."

Maiores informações:

Portal do Rock Progressivo:
http://www.rockprogressivo.com.br/canais/bio/terreno.htm

Enciclopédia Colaborativa:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Terreno_baldio

Selo/Gravadora:
http://www.rocksymphony.com

Site do Rodolfo:
http://www.myspace.com/captaguirre

Site do Mozart:
http://www.mozartmello.com/

Site do Kurk:
http://www.kurk.com.br/

Texto retirado do: http://www.overmundo.com.br/

Obs: Como eu ando meio preguiçoso e de saco cheio de minha internet eu fiz esta postagem à 4 mãos, porque o de 76 eu tinha e o de 77 eu gentilmente retirei da Luciana Aun do seu blog http://www.progrockvintage.blogspot.com/; apesar que ela só tomará conhecimento ao ler esta observação dessa parceria.
Quem sempre me chamou a atenção para esta e outras bandas foi nosso querido Sr.doVale e também o mano Edson do Berlotas....à eles tb esta postagem.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Aqui: "Terreno Baldio - 76"
Aqui: "Terreno Baldio - 77"

4 de dez de 2008

Algo para se pensar.....


Dedicado à minha querida Luciana Aum e a todos que lutam por liberdade!

- Acabei de receber 3 notificações da DMCA, excluindo 3 bootlegs do Pink Floyd. Agora até meus discos não-oficiais estão tirando do ar. Daqui a pouco meu blog vai pro espaço também..infelizmente.

-Também recebemos outra notificação hoje a noite... dessa vez foi para mim...
Blogger has been notified, according to the terms of the Digital Millennium Copyright Act (DMCA), that certain content in your blog infringes upon the copyrights of others. The URL(s) of the allegedly infringing post(s) may be found at the end of this message.
http://lagrimapsicodelica.blogspot.com/2006/11/van-halen.html


Redemption Song (Canção da Redenção)

Velhos piratas, é, eles me roubaram
Me venderam para os navios mercantes
Minutos depois ele me jogaram no porão
Mas minha mão foi feita forte
pela mão do Todo-Poderoso
Seguimos nessa geração
Triunfantemente.

Você nao vai ajudar a cantar
Essas canções de liberdade?
Porque é tudo que já tive:
Canções de redenção
Canções de redenção

Emancipem-se da escravidão mental;
Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossa mente.
Uú! Não tenha medo da energia atômica,
Porque nenhum deles pode parar o tempo
Por quanto tempo vão matar nossos profetas,
enquanto ficamos parados olhando?
É, alguns dizem que é só uma parte disso:
Temos que completar o livro.

Você nao vai ajudar a cantar
Essas canções de liberdade?
Porque é tudo que já tive:
Canções de redenção:
Essas canções de liberdade,
Canções de liberdade.

1 de dez de 2008

Trix Force - Japan Fusion

Você já ouviu falar da banda "Cassiopéia"?

E da T-Square?

E que tal a "Dimension"?

Bom, estes carinhas aqui são a união de integrantes destas bandas formando uma outra banda do chamado "J-Fusion"; aliás designação ridícula ao meu ver e bem discriminatória , mas que fiz questão de manter no título da postagem porque se você quiser mais será mais fácil encontrar através dessa denominação.

Pelo amor de qqr um......uma banda de "fusion" ou "Jazz fusion" japonesa, deve ser uma Japan Band Fusion...óbvio; mas nossas queridas e inteligentes matrizes do poder e suas servis revistas de entendidos ditam a moda né?

Mas o que importa é que o som destes caras é impressionante.....e apesar de conhecê-los de algum tempo vou sempre deixando pra depois e tal; aí hj eu falei comigo mesmo: - Eu vou postar um som de japa, não encontrei os RX-Chemical Elements (só um bootleg que virá pra cá com certeza)mas caraca, eu tenho a "Trix Force".....e aí me surge do nada aquela Véia Doida gritando no meu ouvido "Banzaiiiiiiiii!!!!!!!!"; bom se este não for um sinal pra postar essa banda hj é pelo menos a garantia de me safar de tomar uns petelecos da Véia e tentar agradá-la.

Vc vai lembrar com certeza de "Return to Forever", "Carlos Santana","Spyro Gira", "Chick Corea", etc e etc e tal; mas Mitsuru Sutoh (bass); Noriaki Kumagai (bateria); Takeshi Hirai (guitarra) e Kubota Hiroshi (teclados) fazem uma belíssima união e aí sim pode ser usado o termo "fusion" de fusão entre artistas competentes e profissionais ao extremo, tanto que seus trabalhos são sempre citados hoje por grandes mestres da música mundial e eles já participaram de várias audições no Japão como "coadjuvantes" vejam só.

Competência e prazer, é uma mistura difícil de se fazer,mas a "Trix Force" consegue dar um banho de sonoridade.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!

Download

29 de nov de 2008

"Os Lobos Internos...."

Uma noite, um velho índio Cherokee falava com o neto sobre a "batalha" que é travada em todos nós.

Dizia ele: - "Filho, a batalha cá dentro é entre dois "lobos".

-Um é o mal.

É raiva, inveja, tristeza, ganância, arrogância, auto-compaixão, culpa, ressentimento, inferioridade, mentira, falso orgulho, superioridade e ego".

-"O outro é o bem." - continuou ....

- "É alegria, paz, amor, esperança, serenidade, humildade, bondade, benevolência, simpatia, generosidade, verdade, compaixão e fé."

O neto ficou uns minutos calado a pensar e depois perguntou:

- "Avô! Qual é o lobo que vai ganhar?"

E o velho índio respondeu: - "Aquele que alimentares!"

Domínio Público

26 de nov de 2008

Uma Temporada no Inferno...


Stones passaram por exílio, diz autor


Robert Greenfield, escreveu "Uma Temporada no Inferno com os Rolling Stones".

Livro, que chega agora ao Brasil, "é sobre um momento em que os Stones viviam de uma maneira que ninguém mais vivia", diz escritor


Quando do lançamento nos EUA, em 2006, "Uma Temporada no Inferno com os Rolling Stones" foi encarado como um livro sobre o clássico álbum "Exile on Main St.", lançado pelos Stones em 1972. Muita gente ficou decepcionada com o pouco de música que havia na obra e com o muito de drogas e "causos".


Para o lançamento no Brasil, o autor, Robert Greenfield, corrige a expectativa: "O livro não é exatamente sobre o disco, é sobre um momento na história em que os Stones viviam de uma maneira que ninguém mais vivia".
Primeiro álbum duplo dos Stones, "Exile on Main St." é tido hoje como um ponto alto -se não o maior- na carreira de mais de 40 anos da banda.


O impressionante -e o que Greenfield se propõe a contar no livro- é como tal obra-prima pôde ter sido criada a partir de um ambiente caótico como o daquele início de anos 1970 que havia ao redor da banda.
"Exile on Main St." foi gravado em grande parte num porão da Villa Nellcote, uma mansão encravada na Riviera Francesa, sul do país, que havia sido alugada por Keith Richards -e que, segundo rumores, teria pertencido a nazistas durante a Segunda Guerra.

Foi um dos períodos mais pesados na pesada trajetória de Keith Richards com drogas -foi na Villa Nellcote que o consumo de heroína chegou a ingestões praticamente diárias.
Convidados iam e vinham com carregamentos de bebidas e de drogas variadas.
No final de 1971, a banda rumaria para os EUA, onde finalizaria a gravação do disco e, depois, realizaria uma turnê pelo país, iniciando uma nova fase.

Extraído de "Uma Temporada no Inferno com os Rolling Stones", de Robert Greenfield

THIAGO NEY
Folha de SP 07/11/2008


Como o livro é histórico acredito ser interessante apesar de restrições com biografias, e por isso preferi postar o som que voltou "à baila" devido ao lançamento editorial. A qualidade do som é original em 128 kb/s pra aqueles que acham isso ou aquilo não perderem tempo, mas para os que gostam de som de verdade é muito bom sentir a essência do trabalho em sua plenitude.

Obs: Este som foi relançado em edição especial em 2006,mas segue aqui a versão da época ou seja 72, ficou claro?

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Download

15 de nov de 2008

Christopher Cross - Um dos melhores de todos os tempos


Ao meu amigo e irmão Michel Rhapsody

Pode parecer estranho numa primeira olhada ao meu maninho Michel, uma postagem de um som dele para ele, mas foi a forma que encontrei de participar da discussão que ele levantou em sua postagem http://lagrimapsicodelica.blogspot.com/2008/11/indstria-fonogrfica-brasileira.html em 13/11 e claro, explico.

Eu sempre fui um apaixonado por este trabalho de Christopher Cross,mas por vários motivos não o tive; qdo lançado eram tantas coisas lançadas juntas que não dava pra pegar tudo e prum moleque rockeiro é claro que o pop romãntico ia ficando pra "segundo plano". Depois a vida vai mudando e outras necessidades teriam de ser supridas, como família, filhos, contas, etc e etc e tal; e claro que o supérfluo vai ficando pra "segundo plano" de novo.

Aí vem aquela onda de estabilização e a net mais accesível e eu ía fuçando nas lojas on-line e procurando discos que sempre quis ou troquei ou perdi ou dei, sei lá.......resolvi refazer meu acervo musical, inclusive importando muitas coisas boas e raras com tudo (encartes,fotos,promoções e quetais), e por mais uma vez o meu pop romãntico foi ficando pra depois porque eu tinha tanta coisa pra comprar que ia deixando pra trás. Mas nesse ponto ou eu pagava um fortuna pelo importado ou uma fortuna pelo nacional, e aí eu esperava aquelas promoções que sempre apareciam nas grandes redes.......Mas que nada,justamente este disco estava sempre com o preço cheio e não caía nunca e eu fazendo meus "catas" pra poder dar pra comprar o que pudesse e juntar meu "super acervo" ré,ré,ré.

Mas depois de um baita de um tempo surge o Lágrima em minha vida e os amigos e amigas ligados à ele, e o Michel divide sua paixão conosco e com o resto do mundo; e qual não foi minha surpresa ao ver meu objeto de desejo ali exposto e a minha disposição totalmente "FREE". Claro, baixei de imediato e outros do http://baudoholzbach.blogspot.com/ um blog delicioso de se frequentar e com muita coisa de qualidade à disposição, e vc pode perguntar mas o que essa história tem à ver com uma discussão tão ampla e complexa como os preços de cds pelo mundo; o gosto por encartes e produtos originais?

Se não fosse por isso e por pessoas como o Michel, muitos pelo mundo afora não teriam, não têm e não terão acesso à nada e agora que as "Majors" perceberam que não têm mais o controle e mesmo depois de todas as investidas contra nós como se fossemos "os bandidos e responsáveis por crimes dignos de morte"; elas se apresentam em "pele de cordeiro" com suas releituras de trabalhos de sucesso e coletãneas disso ou daquilo pra nos reconquistar e nos mostrar:" Olha!!!Agora você pode ter acesso a tudo que guardei trancado à sete chaves; compre!!!! Seja feliz!!!Consuma o meu produto, senão eu vou falir porque os impérios que construímos em cima desse mercado corrupto e corrompido não suportam e não toleram o "compartilhamento" e o "amor" em dividir, precisamos de lucro em cima dos artistas e de vocês e blá-blá-blá....

Me desculpem minha humilde opinião, mas vou continuar baixando e postando, mesmo que não venha com os encartes que adoro "fuçar" ou que eu não pegue na mão o disquinho e tudo o mais, simplesmente porque agora "eu posso e nós podemos" e eu quero que "eles se explodam" e enfiem bem enfiado em seus "rabos gordos" às nossas custas até aqui, tudo que "amealharam" e qdo eu melhorar de situação e conseguir aumentar a capacidade de meu hardware, postarei encartes, capas, histórias e fotos e será um grande prazer dividir com todos.

É isto e por isto faço "uma reverência ao meu querido Michel", repostando agora o "meu disco" que tenho graças à ele e à todos que fazem parte dessa "família psicodélica e Mutante" e qtas vezes derrubarem, qtas eu repostarei e quem quiser que leve porque é nosso.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Download

9 de nov de 2008

"Wanted Dead or Alive"

Bom dia, boa tarde e boa noite à todos!!!
É o seguinte, simples e claro, hoje descobri que uma das contas que usava foi deletada.....é isso ai simplesmente digitei os dados e a resposta foi"Esta conta foi deletada por violar as regras impostas pelo provedor"; leia-se o tal do "Megaupload".
Eu odeio este provedor mas ele hospedava arquivos maiores sem problemas e agora terei de repostar os arquivos que lá estavam e claro verificar outros, mas tudo bem!!!!!!!!!!!!!!!!
Só peço paciência aos amigos e amigas, alucinados e afins porque primeiro vou tomar um ar........
Depois vou repostá-los sim em outro local e colocarei nos posts uma mensagem de "new link".
Me desculpem o mau jeito e obrigado pela atenção e por isso é que pedimos pra deixarem comentários,pois graças à eles percebi o problema e vou solucioná-lo.
Fiquem na Paz.

Obs: É por estas e outras que vc fica sacudo as vezes e se pergunta se vale a pena? O Dione tem um puta de um trabalho pra achar o que eu queria postar; eu tive tb um trampo pra fazer o post e de repente, depois do Greg Lake (meu ídolo) acontece uma dessa????????????????????
É Véia é f...............mesmo né?

Obs: A arte acima é do maninho Zara, que achei a mais conveniente pro momento!!!

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

7 de nov de 2008

Carl Black - Morre aos 70 anos baterista do Zappa


Jimmy Carl Black, baterista e vocalista do grupo de Frank Zappa, The Mothers of Invention, morreu no sábado aos 70 anos. Black, originário de El Paso, no Texas (EUA) morreu de câncer na cidade de Siegsdorf, na Alemanha. A informação é do músico britânico Roddie Gilliard, que já tocou com Black.
James Inkanish Jr. — nome verdadeiro do baterista — nasceu no dia 1° de fevereiro de 1938 e trocou de nome em 1958, adotando o nome e sobrenome do seu padrasto, Carl Black.
Em 1964, Black tocava com os Soul Giants, em Los Angeles, quando o grupo decidiu chamar o guitarrista Frank Zappa.
— Zappa se integrou ao grupo e três dias mais tarde tomou as rédeas da banda — disse Black em uma entrevista.
Zappa trocou o nome do grupo e, de acordo com Black, teria dito que se "aprenderem minha música, os farei ricos e famosos".
— Cumpriu a metade dessa promessa, porque hoje estou seguro de que não me fez rico — afirmou Black.
Black creditou a Zappa, que morreu em 1993, sua iniciação na música clássica moderna e seu aprendizado em ritmos complexos. O baterista trabalhou em discos do Mothers of Invention como Freak Out, Cruising with Ruben and the Jets e Burnt Weenie Sandwich. Tocou trompete além da bateria no disco de 1968, We're Only In It for the Money. O grupo foi dissolvido em 1969.

Fonte:A.P.

Bom, falar o quê se nascemos pra morrer mesmo?
Como dizem os mais antigos (ainda vivos,ré,ré) "ninguém fica pra semente"; mas é sempre um pouco triste qdo nos confrontamos com nossa finitude não?
Como um dos "poucos"pelo mundo que gostava e reverenciava o talento desse cara; segue uma singela homenagem.
Eu sei que tudo já foi feito e falado, mas essa é a forma de mostrar o qto eles foram importantes em minha vida.

Segue ai então o disco que deu origem à esse mito e aos que junto com ele fizeram a história que hoje ouvimos e vivemos (1966).
E vamos aproveitar enquanto vivos.....ré,ré,ré .......ou nem tanto????

Frank Zappa - guitar, keyboards, percussion, vocals
Roy Estrada - bass, vocals
Jimmy Carl Black - drums, vocals
Ray Collins - vocals, harmonica, percussion
Elliot Ingber - guitar

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Dead or Alive!!!!!!!!!!!!!!!!!

Download

26 de out de 2008

Hoje tô com pregui............rs!!!


Isto mesmo hj eu tô afim de não fazer nada; só deixar rolar..... e ai tive a brilhante idéia(rs) de compartilhar com meus parceiros de jornada mais um momento, ou dois (até de conta tô ruim hoje!!). Aqui em cima uma versão fantástica de uma das mais conhecidas músicas da era moderna "Summertime" nas vozes de Jill Scott e George Benson; a composição é do gênio da Broadway George Gershwin.



E aqui mais embaixo outro que pra mim significa muito em talento e criatividade (pra mim e pro resto do mundo,ré,ré,ré) "Leonard Cohen"; e cabe aqui mais uma vez agradecer a lembrança ao parceiro G&B pela lembrança; porque Jeff Buckley fez talvez a melhor versão pra esta canção e como estávamos conversando sobre as postagens e a história deles se cruzarem lembrei que "Cohen" é um nome mítico no cenário artístico, mas muitos até nem se lembram ou ainda não o conheceram. Então segue o original com a original e se me permitirem colocarei uma versão da letra pra quem quiser se ligar na história e no estilo do cara.

Hallelujah

Eu soube que havia um acorde secreto
Que David tocava, e que agradava o Senhor
Mas você não liga para música, não é?
É assim..., a quarta, a quinta,
O menor cai, e o maior sobe,
O rei frustrado compõe Aleluia

Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia

Sua fé era forte mas você precisava de provas
Você a viu tomando banho do telhado
A beleza dela e o luar arruinaram você
Ela amarrou você à cadeira da cozinha
Ela destruiu seu trono, e cortou seu cabelo
E dos seus lábios ela tirou um Aleluia

Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia

Talvez eu já estivesse aqui antes
Eu vi este quarto, eu andei neste chão
Eu vivia sozinho antes de conhecer você
E eu vi sua bandeira no arco de mármore
Um amor não é uma marcha da vitória
É um frio e sofrido Aleluia

Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia

Mas houve um tempo em que você me disse
O que realmente acontecia lá embaixo
Mas agora você nunca me mostra, não é?
Mas você se lembra quando eu entrei em você
E a pomba sagrada também entrou
E todo o suspiro que dávamos era um Aleluia

Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia

Talvez haja um Deus lá em cima
E tudo que eu já aprendi sobre o amor
Era como atirar em alguém que tirou você
Não é um choro que você pode ouvir de noite
Não é alguém que viu a luz
É um frio e sofrido Aleluia

Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia
Aleluia, Aleluia

Obs: Espero que desta vez o maninho Delta 9 não pegue no meu pé por causa da tradução; é duro agradar esse povo de Marte e planetas distantes; ô gente exigente sô..........

Até e fiquem na Paz.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

14 de out de 2008

14 de Outubro de 1964 - Uma data pra não ser esquecida!!!!

Em 14 de outubro de 1964, um ser humano como eu e vc recebeu o Prêmio Nobel da Paz por causa de sua obra.

Em 04 de Abril de 1968 este mesmo homem foi assassinado com um tiro por causa de sua obra.



"Um dos momentos mais marcantes da vida de Luther King aconteceu em Agosto de 1963, quando reuniu 250 mil pessoas em frente ao monumento a Abraham Lincoln, em Washington, e proferiu o célebre discurso «I have a dream» (Eu tenho um sonho).

No ano seguinte, com apenas 35 anos, a sua luta pacífica pelos igualdade de direitos, valeu-lhe o Prémio Nobel da Paz.

A 4 de Abril de 1968, Luther King foi atingido a tiro, quando saiu à varanda de um motel em Memphis, onde se encontrava para se associar a um protesto de um grupo de trabalhadores do lixo da cidade em greve."


Por favor, pare um pouco pra pensar sobre isso que nos tornamos..........

Free At Last - Blind Boys Of Alabama



E se possível......Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

10 de out de 2008

Kiss - Jigoku-Retsuden (New Re-recordings -2008 - Jap only)

Segue na sequência a postagem de um amigo, que nos presenteou a todos com este lançamento e o post é auto-explicável; mas vou colocar na sequência uma tradução meio xumbrega, só pra galera num perder tempo (aqueles que não sabem mesmo que nem eu, falam que num tem tempo,rs!!!)

Here's a present for you to repost guys. My way of saying thanks to you for your great blog. It's the new KISS album, enjoy!
KISS - Jigoku-Retsuden (New Re-Recordings) (2008) Jap Only
DefSTAR Records/Sony Music DFCP 58
mp3 : 320 kbps
[img]http://img76.imageshack.us/img76/8440/kisscoverjapanpy3.jpg[/img]
Release Date: 27 Aug 2008 (Japan Only)
01. Deuce
02. Detroit Rock City
03. Shout It Out Loud
04. Hotter Than Hell
05. Calling Dr. Love
06. Love Gun
07. I Was Made For Lovin’ You
08. Heaven’s On Fire
09. Lick It Up
10. I Love It Loud
11. Forever
12. Christine Sixteen
13. Do You Love Me?
14. Black Diamond (Lead Vocals : Eric Singer)
15. Rock And Roll All Nite

Gene Simmons : Bass/Vocals
Paul Stanley : Guitar/Vocals
Tommy Thayer : Guitar/Vocals
Eric Singer : Drums/Vocals

A Japanese only release, this 2008 collection of re-recorded classics by the Rock icons marks the recording debut of this line up of the band.
On this collection, hear the new line up breathe fresh life into old cuts like 'Detroit Rock City', 'Rock And Roll All Nite', 'I Was Made For Lovin' You' and many more.
The original idea behind the re-recordings wasn't to put the CD out for sale, but to allow the band to license their music to TV and movies without record company involvement.
The songs actually sound like they were recorded in the 70's with modern technology.
The album is not overproduced, like their last original record 'Psycho Circus'.
The vocals are top notch but you can hear the difference.
The drumming especially is an upgrade from the original recordings and the guitarwork and tones are ace.
All the hits on this album fit together well and all have the same production.
If you listen to these new recordings some tracks are very different to the originals, like 'Forever' or 'I Was Made For Lovin' You' (with more guitar and power) or 'I Love It Loud' (the drums are more in the background than on the original).
Some tracks are very close to the originals, apart from some minor diffrences, like in the backing vocals.
Some tracks like 'Lick It Up' are a bit slower.
You've got to compare these new recordings with the originals to hear the differences and see which versions you prefer.
If you can get your hands on this album, it's a nice collectors piece for all those fans that need to get every KISS release.

art & txt included
[code]http://rapidshare.com/files/151244300/KISS_-_Jigoku-Retsuden__USA-2008_.rar[/code]
no pw

Hope ya like it,
Bigfoot Kit.

9.10.08

Aqui está um presente para você repostar cara. A minha forma de agradecer a você por seu ótimo blog. É o novo álbum KISS, divirta-se!
KISS - Jigoku-Retsuden (New Re-Recordings) (2008) Apenas Jap
DefSTAR Records / Sony Music DFCP 58
mp3: 320 kbps
[img] http://img76.imageshack.us/img76/8440/kisscoverjapanpy3.jpg [/ img]
Data de lançamento: 27 de Agosto 2008 (Japão Somente)

01. Deuce
02. Detroit Rock City
03. Shout It Out Loud
04. Mais quente do que diabos
05. Calling Dr. Love
06. Love Gun
07. Eu fui feito para Lovin 'You
08. Heaven's on Fire
09. Lambe-o para cima
10. Eu adoro ele Vivos
11. Para semper
12. Christine Sixteen
13. Amas-me?
14. Diamante Negro (Lead Vocals: Eric Singer)
15. Rock and Roll All Nite

Gene Simmons: Baixo / Voz
Paul Stanley: Violão / Voz
Tommy Thayer: Violão / Voz
Eric Singer: Tambores / Vocals

A liberação só japonêsa, desta colecção de 2008 re-gravada por ícones e seus clássicos do Rock marca a estréia da gravação desta linha para cima da banda.
Sobre esta coleção, ouvir o novo line up respirar nova vida em músicas antigas como "Detroit Rock City", "Rock and Roll All Nite", "I Was Made Para Lovin 'You' e muitos mais.
A idéia inicial por trás das re-gravações não era para colocar o CD à venda, mas para permitir que a banda pudesse licenciar suas músicas para filmes e programas de TV sem envolvimento com a empresa discográfica.
As músicas realmente soam como elas foram registrados na década de 70 com tecnologia moderna.
O álbum não é de regravações, como seu último registro original 'Psycho Circus'.
O vocalista não está em seu auge, mas você pode ouvir a diferença.
A batera é sobretudo uma actualização das gravações originais e os tons são o trabalho de guitarra feitos como Ace.
Todos os hits deste álbum, se adaptam bem e têm todos a mesma produção.
Se você escutar estas novas gravações algumas faixas são muito diferentes das originais, como "Forever» ou «I Was Made Para Lovin 'You' (com mais potência e violão) ou« I Love It Loud "(as batidas estão mais pra cima do que no original).
Algumas faixas estão muito próximas dos originais, para além de algumas pequenas diffrences, como o apoio no canto.
Algumas faixas como "Lick It Up" são um pouco mais lentas.
Você tem que comparar estas novas gravações com os originais para conhecer as diferenças e ver quais as versões que você prefere.
Você pode começar a passar suas mãos sobre este álbum, é uma bela peça de colecionadores para todos aqueles fãs que necessitam obter todos os KISS liberados.

Arte & txt incluído
[code] http://rapidshare.com/files/151244300/KISS_-_Jigoku-Retsuden__USA-2008_.rar [/ code]

Não pw

Hope ya like it,
Kit Pé-grande.
9.10.08


Obs: Devido à problemas de hospedagem, onde uso hoje não tenho problemas, mas tenho que dividir sempre que for maior que 100 mb o arquivo, então seguem as duas partes de um único álbum; o qual se vc quiser inteiro terá sim que fazer os dois
downloads.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


7 de out de 2008

Como diria Cazuza.....




Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou o cara
Cansado de correr
Na direção contrária
Sem pódio de chegada ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara

Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando agulha no palheiro

Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

© Warner Chappell / Editora GPA
63540878

1 de out de 2008

Johnny Winter - Uma história de vida


Johnny "The White-Man" Winter é o Cara!!!!

Albinos, ruivos e negros além de indianos, mulçumanos e etc,etc e etc são sériamente discriminados nos EUA; isto é fato e quem tiver dúvida é só pegar uma entrevista de Mick Hucknall do Simply Red pra saber o qto ele diz ter sofrido por ser "ruivo" e ter "sardas".....engraçado.... que parece um pais que conheço......mas não me lembro bem no momento.

Bom,mas estou falando de um cara que independente de cor da pele ou o que quer que seja conquistou o respeito do mundo inteiro por seu talento, por sua simpatia e principalmente por sua garra!!!! Isso mesmo; GARRA ; ninguém, nem nada o iria deter e pronto; ele aos 15 anos já gravou seu primeiro álbum e pra dificultar um pouco mais sua trajetória agregou à sua banda um pouco mais tarde seu irmão mais novo Edgar; o qual também era albino e sob as asas do irmão mais velho pôde se fortalecer e também se transformar em um dos maiores expoentes da música mundial, sendo reverenciado por onde passa por músicas que á décadas estão rolando por aí; apesar que ele (Edgar) ficou realmente marcado pelo clássico "Frankstein".

John Dawson Winter III é de 23 de fevereiro de 44, texano legítimo, em 68 já tocava num trio com o baixista Tommy Shannom e o batera Uncle Joe Turner e este vídeo acima é da apresentação deles em Woodstock simplesmente tocando já um clássico seu chamado "Mean Town Blues"; claro em início de carreira e já no topo!!!

Mas não estou falando dele por causa de seu sucesso na carreira e nem por seus mais de 30 discos oficiais e mais uma infinidade de bootlegs; mas sim por causa de um amigo (Sandman), que colocou um comentário numa postagem anterior que fiz no Lágrima; o qual me chamava a atenção pra o atual estado de saúde de Johnny Winter e que não era justo um monstro sagrado da música chegar ao final de sua carreira esquecido ou descartado como um deserdado da sorte.

Falar mais o quê do cara; aqui mesmo no Lágrima JH II já fez uma postagem lindíssima ano passado (http://lagrimapsicodelica.blogspot.com/search?q=jonny+winter) e o maninho Fireball também tem outra brilhante em seu blog( http://fireballmusic.blogspot.com/search?q=johnny+winter).


O que posso dizer é que devemos nos respeitar mais como seres humanos e respeitarmos os outros também; só sentimos dor quando é conosco que acontece algo errado, mas até se é com alguém próximo acaba passando rápido e vamos levando nossa vidinha como se nada mais fosse importante. Até quando seremos insensíveis à tudo a nossa volta? O que fazer? Não sei....não tenho as respostas, mas sei que podemos começar a nos respeitar, respeitando o que os outros que vieram antes de nós fizeram de bom e evitando aquilo onde erraram.

Segue um vídeo que espero seja o do show que o mano Sandman falou, senão serve pra ver que o Cara tem garra mesmo e merece nossos aplausos e até nossas preces, caso você acredite nelas. Ele tem uma doença que alguns dizem ser cancer no estomago, outros um nome impronúnciável e eu não vou ficar aqui especulando......quero vê-lo vivo e respeitá-lo como Muddy Waters o respeitava chamando-o de "seu filho branco".

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Ozzy - Black Rain

Recentemente Ozzy comentou que a disputa pelo Iraque e a batalha de Sharon contra o câncer foram duas de suas principais inspirações em seu novo álbum:

-“Bombas estão caindo e lágrimas estão caindo”, é um dos versos da música “Countdown’s Begun”, música descrita pela revista norte-americana Rolling Stone como “bem metal e moderna”.

Entre as faixas gravadas para este novo álbum também estarão “Not Going Away”, que a Rolling Stone descreve como uma faixa “bem rock repleta de riffs do guitarrista Zakk Wylde”, e “Lay Your World On Me”, que é inspirada na recente batalha contra o câncer de sua esposa, Sharon Osbourne.

A História é triste mas o som !!!!!!!

download

Quenn and Paul Rogers - Kosmos Rocks


Com um novo álbum a caminho – o primeiro inédito desde as gravações com Freddie Mercury - O QUEEN está voltando à estrada para uma turnê de quatro meses, mais uma vez, na companhia do cantor Paul Rodgers, que se juntou à banda para a grande e bem sucedida turnê em 2005/2006. Juntos Brian May, Roger Taylor e Paul Rodgers gravaram seu primeiro álbum com material novo, conjuntamente escrito e produzido. Com o título ainda a ser divulgado, o trabalho está sendo preparado para lançamento em primeiro de setembro, duas semanas antes do início da turnê.QUEEN + PAUL RODGERS retorna para as 28 datas da turnê que contemplarão 14 países. Está previsto para 2008 também um regresso à América do Sul, numa reedição de algumas das suas mais históricas turnês no início dos anos 80.
APROVEITEMMMM!!!
1. Cosmos Rockin’
2. Time To Shine
3. Still Burnin’
4. Small
5. Warboys
6. We Believe
7. Call Me
8. Voodoo
9. Some Things That Glitter
10. C-lebrity
11. Through The Night
12. Say It’s Not True
13. Surf’s Up . . . School’s Out !
14. small reprise

20 de set de 2008

The Zimmers - Uma banda com muitos kms rodados

A banda "mais velha do mundo" lança seu primeiro disco em Berlim; integrantes do The Zimmers têm em média 90 anos de idade.
O album "Lust for life" pode incluir cover de "My Generation" do The Who; versão esta que já roda pelo youtube à fora e é muito boa.

(Foto: Caroline Pankert/AP)



Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




Obs: O vídeo original foi retirado pelo "autor"????? Bem existem vários vídeos dos bons velhinhos ok?

17 de set de 2008

Passei batido....................Meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!!!

Meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!!
Mr.Riley Ben King nasceu à exatos 83 anos e hoje um dia (17/09/08) quando escrevo esta pequena e singela dedicatória a um mestre do mundo musical.
Adorado; reverenciado; humilde e principalmente FELIZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Ele sempre diz: Eu sou muito feliz.
Vários filhos; várias mulheres; muitos netos e bisnetos; mas B.B.King tem filhos pelo mundo todo e todos tenho certeza cantam com ele e conosco aqui no Lágrima que tb comemora seu níver; apenas o terceiro de muitos que virão e com o mago Eric Johnson, tb aniversariando hoje......enfim; o planeta música está feliz.
Não choro a perda de ninguém porque todos nós iremos (me desculpem os que pensam ao contrário é apenas minha humilde opinião) e ninguém fica aqui pra semente como dizia minha mãe de criação.
Por isso vida longa ao Rei (16/8).
Vida longa à Rainha: A Véia Doida de tudo e um pouco mais(18/8)
Vida longa à música de verdade e de qualidade.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

11 de set de 2008

Alison Krauss & Union Station


Numa época em que fazia um programa musical numa rádio, chegou às minhas mãos este trabalho (genérico também como já comentei em post anterior; aqueles da época que a net ainda era à lenha e amigos traziam do exterior discos e faziam cópias grosseiras e nos repassavam; mas isso não diminuía o prazer!!!!); a princípio não tendo muito costume de ouvir Bluegrass olhei para o disco duplo ainda e pensei: " Que porra é essa?"
Tenho um puta de um trabalho pra escolher as músicas, garimpar histórias e levar ao ar o que consigo de melhor; e neguinho ainda desce o pau e me chega um gringo louco dizendo pra rodar o disquinho que era muito bom.
Bem.... mal não faria e como sempre gostei de correr riscos lá fui eu dar um toque à galera que havia acabado de sair do forno ( essa frase era normal na época, mas vejo hoje como é ridícula, disco num é pizza!!!!) um som vindo do interior dos EUA; cheirando à cocheira e pasto, pra relembrar os tempos de interior e blá,blá,blá.
Até ali era o que eu sabia( ô ignorãncia; isso mata viu?), mas a partir do momento que o som começou a rolar eu simplesmente me apaixonei pela voz angelical daquela "caipira"; meu Deus onde ela esteve durante toda minha vida?

Alisson o quê? perguntei ao maluco do meu lado no estúdio que só sorria, vendo que havia atingido seu objetivo, me fazer parar e dizer: "Que puta som é esse?".

Este foi meu primeiro contato com estes músicos maravilhosos e esta vocalista fantástica que fazem um som sem fronteiras; sem essa de country, bluegrass ou o que quer que seja; eu chamo simplesmente de música de qualidade. Então seguem como recebi os dois discos com a capinha original e aí em cima um outro momento desse grupo que não tenho palavras pra descrever; fazem um puta som, tocam pra caramba e são a moldura pra pintura em forma de voz de Alisson.

obs: Ela já ganhou centenas de prêmios como melhor isso e aquilo; gravou um disco com nada menos Mr.Robert Plant e está se preparando pra um novo trabalho.
Não tenha preconceito, vc não sabe o que está perdendo.


Outra obs: o link atualizado não é meu e não consegui identificar pra dar os créditos, em breve atualizo again.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

9 de set de 2008

The Who "Live at The Royal Albert Hall" - Um Registro muito especial

The Who dispensa apresentações e comentários adicionais.
No últimos tempos apesar da qualidade sonora não ter se perdido, foram mais citados na mídia devido a problemas particulares de Pete Townshend; o que não o denigre como um dos maiores guitarristas vivos de todos os tempos e o que faz de sua vida particular não anula o que fez profissionalmente e continua a fazer.
A maioria das músicas deste show foram gravadas numa apresentação de caridade no famoso Albert Hall em 2000; onde também foi registrado o DVD, isso aconteceu em 27 de novembro.
As quatro faixas bonus, também vieram do Royal Albert Hall só que gravadas em 8 de fevereiro de 2002 e justamente nestes bonus é que temos os últimos registros em vida; de pra mim, um dos maiores baixistas da história do rock, Mr John Entwistle.
Ele simplesmente detona do começo ao fim e apesar de vários convidados como Eddie Vedder do Pearl Jam; Paul Weller; Noel Gallagher e outros e toda a super produção que acompanhou o Who nestes registros, John estava simplesmente o máximo!!!!!!
Não era algo normal,apesar de sempre ter tocado muito, sempre se mantia em segundo plano; aqui ele se destacou o tempo todo e em seus solos simplesmente faz a gente pensar: P.q.p como tocava este cara, como não percebi antes?
Parece que o cara sabia que iria partir e quis deixar um registro dizendo: Daltrey é o bonitinho que canta muito; Pete um gênio; Keith Moon um monstro; mas eu fiz parte desta banda porque só EU poderia!!!!!
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



download

Trey Gunn - The Joy of the Molybdenum

Quem gosta de progressivo com certeza já ouviu o figuraço aí!
Texano dos anos 60,fez sua escola musical com o maluco do Robert Fripp, participando de praticamente todas as suas principais viagens e produções e super-produções e o escambau à quatro(rs). Há de se tirar o chapéu(quem usa) porque o tal do Fripp não para nunca, e isso instigou muitos músicos e Trey Gunn não fugiu a linha e é também um incansável lançador de discos,projetos,trabalhos e participações em albuns dos outros.
Isso não o desmereçe ao meu ver; ao contrário numa dessas idas a lojas de importados encontrei este disco e achei interessante pela capa e por ser um trio; é muito difícil se fazer um bom som depois que os famosos power-trios passaram a existir e a cobrança é muito maior.
Trey Gunn convidou Bob Muller pra tudo que se refere a barulho (ok, drums), mas tem darbouka,dumbek, gamelan drun, bandir,etc e etc e um cara que já ouvi por aí mas não sinto tanto reconhecido que é Tony Geballe nas guitarras elétrica,12 cordas,leslie,saz,etc e etc também!
Bom o resultado é um puta som!
Não,não....eu sou exigente pra caramba,mas o cara é muito bom e tem uma técnica fantástica que muitas vezes se aproxima do mestre e em muitas outras supera.
O som vale a pena pra quem ainda não ouviu,nem que seja pra descartar depois; mas vai poder dizer que ouviu um dos maiores músicos de nossos tempos em um momento super inspirado.
obs: Descubra o jogo de cordas que eles fazem, principalmente que o Trey toca 8,10 e 12 cordas além do famoso mellotron e etc,etc e etc!!!!(rs); é uma transição fantástica entre ele e Geballe.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Download

6 de set de 2008

Derek Sherinian - Amor ou ódio? Faça sua escolha!!!


Derek Sherinian é um californiano,que começou sua carreira de verdade acompanhando Tia Alice;Kiss and vejam só Dream Theater gravando 03 albuns nesta banda.Depois destas experiências seu mais destacado trabalho foi no Planet X com 04 álbuns incluindo um "Live OZ" em 2002.Já neste trabalho solo de 2004, ele está acompanhado do batera Simon Philips, o baixo de Tony Franklin além de John Sykes,Steve Stevens e o The Best guitar-man Allan Holdworth completando o trio de cordas.(O cara sabe se cercar de feras heim?)Muito bem cotado entre seus apreciadores;eu particularmente ainda tenho dificuldade em entendê-lo,mas há de se dizer que o cara é um puta tecladista do chamado prog-metal.Enjoy!!!!!!!!!!!!

27 de ago de 2008

Um Tributo interessante.....eu acho!!!

Este trabalho lançado no ano de 2000 na realidade é um bootleg alemão e até onde se sabe não é reconhecido nem pela própria banda,apesar de ter sido lançado como mais uma das homenagens que o Scorpions recebeu durante sua carreira.

Alguns odeiam,outros dão de ombros(principalmente os puristas);eu acabei comprando o disco em uma loja de um amigo que estava deixando de vender importados e me ofereceu alguns albúns com este junto.
Não digo que ao ouvir pela primeira vez não pensei em torcer o nariz,mas como tenho sempre o costume de nunca analisar nada pela primeira vez,encarei e acabei gostando de algumas versões muito bem gravadas e produzidas como a do Helloween para " He's a woman,she's a man"; "Still loving you" com Sonata Artica e Agent Steel com "Dark lady".

Não dá pra dizer que vc vá gostar de tudo ou descartar de primeira,é uma experiência única e acredito valer a pena.
Minha versão original é com capa dupla em papel-cartão com encarte completo de fotos das bandas e suas formações além de um belíssimo cd impresso como na capa com os nomes de todas as bandas e músicas.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Obs: O maninho Michel Rhapsody conversava com o boss JohnnyF e disse que os caras do Scorpions aportariam lá por suas bandas,mas que talvez não sejam mais como foram e até concordo,mas pela dica resolvi por mais lenha na fogueira(mano Sara_Evil está vendo as chamas?)

Obs: download atualizado em 17/09/08
Download

20 de ago de 2008

Bom, este é o cara!!! Falar mais dele o quê?

Talvez um pouco de sua infãncia,quando perdeu sua mãe por volta de 09 anos e seu pai já havia vazado. Ele então fingia morar com alguém no barraco que servia de abrigo pra eles na fazenda de algodão que trabalhava em Itta Bena, que era perto de Indianola no Mississippi.
Nessa época ainda chamava-se Riley Ben King e mal conseguia fazer uma refeição por dia,mas mesmo assim ao final do dia pegava um pedaço de pau que havia lixado e nele esticado uma linha de ferro e nesse tosco momento tentava tirar daquilo algum som; o que era muito dificil além de machucar os dedos.

Numa dessas o dono da fazenda sacando o lance foi até ele e fez uma proposta; ele lhe daria um violão e King teria descontado de seu trabalho parcelado o instrumento,claro que a proposta foi aceita e assim nosso herói conseguiu seu primeiro instrumento de verdade,que apesar de verdadeiro era tb tosco e continuava a lhe machucar suas mãos. Mas mesmo assim nas noites de Itta Bena se conta que começavam a ouvir belos acordes e melodias vindas não se sabe de onde mas que a todos qtos conseguiam ouvir embalava.

Bem essa é apenas uma parte das milhares de histórias da vida de B.B.King "O Cara", e aqui vai um som que alguns dizem raro,por não ser encontrado em qqr lugar e nem muito vendido;mas muito bem gravado a mais de 40 anos(1964) num local mágico de Chicago chamado The Regal Theater e com participações já especiais; a voz ainda não era a potência que conhecemos,mas é um registro fantástico de seu bom humor e musicalidade.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

B.B.King - vocal e guitarra
Keneth Sands - Trumpet
Johnny Board e Bobby Forte - Trumpetes
Duke Jethro - Piano
Leo Lauchie - Baixo
Sonny freeman - Bateria

download

Vai passear no céu um grande amigo!!

Foto e texto extraido do site oficial de Milton Neves
http://miltonneves.com/blog

José Neto, Wilsinho Fittipaldi, Aluani Neto e Milton Neves: o irmão de Emerson foi ao Detran renovar o exame médico, em 1976 e foi entrevistado pelo repórter da Jovem Pan
13/8/2008 12:48 -

Zé Neto, ex-repórter da Rádio Jovem Pan

ZÉ NETO

Zé Neto, o José Sguillar Neto, repórter de trânsito e rodoviário da Rádio Jovem Pan AM desde 1973, morreu em São Paulo no dia 12 agosto de 2008. No dia seguinte completaria 71 anos. Diabético e cardíaco, “Zé Neto”, como era conhecido, veio a falecer vítima de complicações generalizadas. Ele estava internado no Hospital Santa Cruz.
Repórter e setorista da Jovem Pan no Detran, Dersa, Imigrantes e Anchieta, o saudoso jornalista deixou a esposa Flora, uma filha, quatro netos e um bisneto, que seria neto de seu filho Édson, falecido em 1993.
Fanático palmeirense, Zé Neto ex-jogador varzeano de futebol, pescador apaixonado, e residente desde menino à rua Leandro de Dupret, na Vila Clementino, zona sul de São Paulo, estava aposentado também como funcionário da Dersa e do Detran.
Recordo com saudade dos jornalistas que cobriam a rotina do Detran no início da década de 1970. Ronaldo e Paulo Markun pelo Estadão (este último que em 2008 presidia a Fundação Padre Anchieta), Franz Neto pela Bandeirantes, jornalista que na época era tido como o repórter abelhudo Cofap-Bandeirantes, o primeiro a voar de helicóptero pela cidade de São Paulo para dar informações do trânsito, Milton Neves, Benê Braga e Clóvis Messias pela Jovem Pan, Grassi e Aluani Neto pela Folha de São Paulo, Luis Aparecido da Silva pelo Diário da Noite, Zé Neto pela rádio Marconi e José Carlos Marques pela rádio Globo
Um companheiro
Eu, Milton Neves, trabalhei com ele por mais de 30 anos na Jovem Pan e também no Detran. Zé Neto foi também repórter da extinta Rádio Marconi, em 1971, 1972 e 1973. Saiu de lá para ingressar na Jovem Pan, seu grande sonho.

17 de ago de 2008

Isaac Hayes - Out of the Ghetto - 2000


Bom,falar o quê desse cara?

Quase tudo já foi dito e infelizmente ele foi passear pelo universo, por aqui sua passagem ficou devidamente marcada como um dos maiores soulmans de todos os tempos.

Um puta de um cara legal, boa pinta e inteligentíssimo ao ponto de criar um dos maiores clássicos da música com apenas algumas palavras sussurradas ao final... é lógico que se vc chegou da lua ontem pode não saber que falo do tema de "Shaft".

Este post é auto explicativo....anos de uma grande gravadora com uma pitada de ironia no título,marca registrada dele.

Distraia-se identificando o fato.

Part 01
Part 02

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!