Mostrando postagens com marcador Synopsis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Synopsis. Mostrar todas as postagens

23 de nov de 2010

Synopsis "Minuit Ville" vinyl rip (1979)

Todos aqui na alcatéia sabem que sou um provocador de primeira, mas agora é culpa do Roderick, ele que veio com esta doideira aqui e me disse que queria prq queria.

Como bom teimoso lá fomos nós, pra ver se não prestava, rs; e a primeira coisa foi a dificuldade em achar pra baixar "grátis", "sem pagar nada", "na boa" sabem?
Aí já fiquei com mais uma pulga atrás da orelha, e na sequência só em torrents e russos ainda o que me provocou ainda mais a curiosidade (sacana esse Roderick, qdo me vi tava todo envolvido na caçada,saco!!) e achamos em flac em um blog,ré,ré; fora outro com link vencido.

Ah não!

Ou não presta mesmo ou é muito bom e raro, e tiro e queda (essa frase não é muito boa pra um lobo que tá na mira dos caçadores de blogs,rs); um belo som francês progressivo, de alta qualidade e harmonia, um achado ao meu ver que veio de bandeja e por isso obriguei o Roderick Verden escrever algo, mas só sob tortura escreveu algumas linhas, mas tb trouxe um review que achei interessante e um vídeo pra quebrar o gelo.
Belo trabalho, bela dica, divirtam-se aqueles que dizem conhecer de prog e os que gostam de boa música, rs.

"Synopsis é mais um dos conjuntos franceses, que tenho conhecido nos blogs, que me surpreendeu, pela qualidade do som.
Seu estilo é mais ou menos na linha dos Atoll, Ange, Mona Lisa, mas baseado nos seus dois discos gravados, achei o Synopsis melhor ainda que os três citados.
O som da banda é sinfônico, bem viajante, como um belíssimo trabalho de sintetizador.
Como muitos grupos, surgidos no final do anos 70, a banda terminou rápido, deixando-nos apenas os dois ótimos álbuns, "Minuit Ville"(1979) e "Gamme"(1980)."

Roderick Verden




"Mostly mellow and string synth laden symphonic prog, "Minuit Ville" is yet another late 70s offering from the French progressive scene.
While Ange and Mona Lisa dramatics do appear, particularly in the opening track and the intro to the finale, SYNOPSIS generally occupies a more delicate and ambient niche that do the godfathers of the scene.

They do not sound like a knock-off of any groups of their age, even if RPI forces also play a role.
Michel Bail sings in a near falsetto which actually suits the fragility of the melodies, particularly on the highlight, "Desert", which features the most assertive song structure and memorable tune of the disk, with a majestic shift from verse to chorus, and a shimmering synth section leading to a more intricate bass-led closing passage.

While keyboards do dominate, Christian Hoff makes his presence felt often enough, particularly in "Ville D'Oracle", which begins in almost jazzy fits and starts before his gentle arpeggios introduce the sung portion, after which his lead sashays atop an Alan Parsons styled bass riff. He reveals more prowess on "Melodie Saoule", and here Michel Resler's bass is far more inventive, and the rhythm more complex.

If I may provide a brief closing synopsis, this debut may be a tad too timid for some, but is recommended to those who enjoy the mellower proponents of the sub genre, conveyed with continental class . 3.5 stars."
Line-up / Musicians
- Michel Resler / bass
- Christian Bolze / keyboards
- Christian Hoff / guitar
- Patrick Marcel / drums
- Michel Bail / vocals

Songs / Tracks Listing
1. Minuit Ville (5:13)
2. Joue-Moi Quelque Chose (7:49)
3. Ville Oracle (6:27)
4. Melodie Saoule (9:06)
5. Desert (8:28)

Total Time 37:03 (Flac)

Enjoy!!!!!!!!!!!