Mostrando postagens com marcador Stevie Ray Vaughan. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Stevie Ray Vaughan. Mostrar todas as postagens

29 de jan de 2010

Stevie Ray Vaughan - Little Wing



Sem papo, só som...saudades.....Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!

7 de nov de 2009

SRV - Pistoia Blues Festival - 1988

Meu irmãozinho Poucosiso e sem juízo nenhum, resolveu retomar sua carreira de fora da lei e nada melhor que retomar "por cima" mesmo ao "pé da letra".
SRV - Acho que tudo que podia ser dito deste cara já o foi, o que ele representa pra música, o que ele significa para os amigos e o qto ainda está vivo na memória de seus infinitos seguidores.
Mas eu tenho um lance meio doido pra contar quer ver? rs.
Numa noite dessas de verão, à luz do luar vislumbrei um vulto na entrada da caverna e como estava sonolento como todo lobo fica qdo tudo está calmo nem dei muita bola, mas como ali permanecia aquilo me chamou mais a atenção e olhando fixamente vi uma figura de chapéu, botas e tudo que um bom cowboy deve usar e de roupas pretas, sorria pra mim da entrada da caverna e começou a cantarolar uma melodia que reconheci na hora, evidente.
Ao perceber ter sido notado e reconhecido abriu um grande sorriso e acredito ter sentido que ele queria que eu prosseguisse meu caminho apesar da vida de um lobo não ser fácil.Mas o calor e a amizade foram tão intensos que aquilo parece ter se tornado uma persona a mais junto a caminhar comigo ajudando em momentos difíceis e sempre que a vontade de abandonar o caminho queria ou quer aparecer, ouço ao longe aquele cantarolar e aquela melodia, sentindo de imediato nunca estar só...........enquanto existir a música e músicos desse naipe pra nos acompanhar vida afora nunca estaremos sós.
Vida longa ao meu irmãozinho Poucosiso, nossa Ana, e todos que tanto a amam e cuidam dessa jóia em forma de menina, e se amam caminhando juntos ao som das mais lindas melodias.
Vida longa a SRV que torna a vida deste lobo mais alegre e mais leve.
Vida longa aos bons que sabem entender o Bem e o Amor.
Que bom poder ir na casa do meu irmão e ter o que trazer pra alcateia e expor na galeria da nossa caverna, que bom, já estava com saudades.São 56 min de duração.
Transmitido pela tv Italiana Raidue para assinantes este vídeo é algo de fantástico.
Tivemos ai uma alma caridosa que compartilhou esta jóia, grato, gratíssimo!
Boa diversão!!!
Poucosiso - PoucoSisodaExtrada

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

15 de mai de 2009

S.R.V - Texas Flood - (1983)

Filho de Big Jim e Martha Vaughan, Stevie Ray Vaughan nasceu no dia 3 de Outubro de 1954 em Dallas, Estado texano marcado pela caipirice e pelos poços de petróleo. Vaughan começou a tocar influenciado por Jimmie, seu irmão mais velho e integrante do célebre grupo The Fabulous Thunderbirds. Além da banda, o jovem Stevie invejava a coleção de discos do irmão que, entre outros, tinha trabalhos de Jimmy Reed, Albert King, B.B. King, Kenny Burrell, Albert Collins, Charlie Christian e Django Reinhardt.

Curiosamente, o primeiro instrumento que Stevie quis tocar era a bateria, mas não havia nenhuma em sua casa. Depois, veio a vontade de tocar saxofone, e Stevie chegou a experimentar o instrumento, mas o máximo que ele conseguiu produzir foram alguns grunhidos. Desobediente, em 1963 ele desrespeitou a ordem do irmão mais velho para que ficasse longe das suas guitarras. E foi assim, às escondidas, que ele descobriu sua paixão pela guitarra e sua identidade com o blues.
Boa praça, Jimmie não ficou nervoso quando flagrou o irmão tocando uma de suas guitarras. Pelo contrário, ao ver o potencial do garoto, deu-lhe de presente uma Gibson Messenger, guitarra que foi logo substituída por uma Fender Broadcaster 1952, outro presente de de Jimmie.
Não se sabe ao certo se a verba veio de sua mesada ou de algum bico, mas em meados dos anos 60 Stevie comprou seu primeiro disco, um compacto com o hit instrumental "Wham", de Lonnie Mack. Foi desse disco - e de vários outros de Albert King - que Stevie começou a forjar seu estilo.

Bowie, então, convidou Stevie para tocar guitarra em um de seus álbums, "Let's Dance", oferecendo em troca um acesso aos estúdios para que o Double Trouble gravasse seu primeiro álbum.
O resultado foi este postado aqui, o"Texas Flood", em 1983, aclamado por críticos de blues e rock.
Infelizmente Stevie começou a ter problemas com o vício em cocaína e álcool mas, ainda assim, lançou seu primeiro álbum ao vivo, "Live Alive" em 86.
Após passar um período em clínicas de reabilitação, Stevie Ray Vaughan voltou em 1989 com o álbum "In Step", vencedor do Grammy de melhor disco de blues.

O estilo musical de Vaughan tocar blues era fortemente influenciado por Albert King, que se auto-proclamou "padrinho" de Stevie, e por outros músicos de blues como Otis Rush e Buddy Guy.
Stevie é reconhecido por seu som de guitarra característico, que em parte provinha do uso de cordas de guitarra espessas, pesadas, calibre .013 e também da afinação meio tom abaixo do normal em (Eb) mi bemol.
O som e o estilo de Vaughan tocar, que freqüentemente mescla partes de guitarra solo com guitarra rítmica, também traz freqüentes comparações com Jimi Hendrix; Vaughan gravou várias canções de Hendrix em seus álbums de estúdio e ao vivo, como "Little Wing", "Voodoo Child (Slight Return)" e "Third Stone from the Sun".
Ele também era fortemente influenciado por Freddie King, outro grande músico texano, pricipalmente pelo tom e ataque. O pesado vibrato de King pode ser claramente ouvido no estilo de Vaughan.
Outra influência no estilo foi Albert Collins, sua técnica da mão direita, usando o dedo indicador, foi extensamente utilizada por SRV, batendo na cordas contra o braço da guitarra.
A carreira de Vaughan foi tragicamente interrompida quando, na manhã do dia 27 de agosto de 1990, ele morreu em um acidente de helicóptero próximo a East Troy, Wisconsin.
SRV seguia para uma apresentação no Alpine Valley Music Theater, onde na tarde anterior se apresentara junto com Robert Cray, Buddy Guy, Eric Clapton e seu irmão mais velho Jimmie Vaughan. Quatro helicópteros estavam a disposição dos músicos, e Stevie encontrou um lugar vazio em um helicóptero com alguns membros da equipe de Clapton, e decidiu embarcar.
Em conseqüencia do céu extremamente nublado e da forte névoa, o helicóptero de Stevie virou para o lado errado e foi de encontro com uma pista artificial de ski. Não houve sobreviventes, e o Blues perdera um dos seus maiores expoentes. Stevie Ray Vaughan está enterrado no Laurel Land Memorial Park,em Dallas, no Texas.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Stevie Ray Vaughan