Mostrando postagens com marcador Hamadryad. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Hamadryad. Mostrar todas as postagens

19 de nov de 2010

Hamadryad "Live in France"

Hoje aproveitei e repostei uns álbuns que acho legais e tavam fora do ar de novo, que saco, rs; aí vai mais um da nova safra, agora gosto é bem particular mesmo, por isso....

Da minha parte só digo que é progressssssssivamente lindo e como é bom que cheguem novos ares nesta área tão viciada nos mesmos de sempre.
A arte de cima nada tem a ver com o grupo do post mas ilustra a descrição abaixo.

Hamadryads (Ἁμαδρυάδες) são seres mitológicos gregos que vivem em árvores.
Elas espécies de dríades específicas,um tipo particular de ninfa.
Hamadryads são nascidos ligado a uma determinada árvore.
Alguns acreditam que são os verdadeiros hamadryads "a árvore", enquanto dríades normais são simplesmente a entidade da árvore. Se a árvore morre, o hamadryad associado a ela morreu também. Por esse motivo, dríades e os deuses têm castigado qualquer mortal que prejudicam árvores.
O "Deipnosophistae de Athenaeus" enumera oito Hamadryads, as filhas de Oxylus e Hamadryas:
-Karya
-Balanos
-Kraneia
-Morea
-Aigeiros
-Ptelea
-Ampelos
-Syke


Este CD gravado no show do grupo na Franca em 2006 e o registro definitivo do reconhecimento da qualidade e da competência que esta banda canadense merece. Admiradores de rock progressivo brasileiros precisam descobrir este grupo imediatamente. As musicas foram escolhidas a dedo e a banda caprichou nos duelos de teclado x guitarra, nos timbres, em tudo!. Este CD tem pelo menos 4 musicas memoráveis. Privilegiados são aqueles que estão nas fotos do encarte e que puderam assistir a tamanho show de rock progressivo. Irrepreensível e inquestionável trabalho. Que venha o DVD!
Cezar Lanzarini - http://progbrasil.com.br


Músicos :
- Jean-Francois Désilets / Vocal e Baixo
- Denis Jalbert / Guitarra e backing vocal
- Sébastien Cloutier / Teclados e backing vocal
- Yves Jalbert / Bateria


Faixas:
1. Sparks And Benign Magic / Self Made Man
2. Anatomy Of A Dream
3. Amora Demonis
4. Watercourse Hymn
5. Nameless
6. Omnipresent Umbra
7. One Voice
8. Polaroid Vendetta
9. Alien Spheres
10. Still They Laugh Pt. 1 / Pt. 2
11. ...Action!

Obs: Um pequeno detalhe e até simples, vamos ver qto tempo fica vivo o post?
rs, vcs sabem que coisas novas por mais que eu queira são retiradas das prateleiras rapidinho, quer ouvir um puta som?
Então, bóra, que dura pouco!!!
Obs de novo: Agradecimentos pela dica do amigo Cláudio.

Enjoy!!!!!!!!!!!!

21 de out de 2010

Hamadryad - Intrusion

Simplesmente a "melhor banda de rock progressivo da atualidade" não circula pelos principais blogs de prog que vejo, prq será?

Pronto, lá vou eu arrumar encrenca, mas com amigos e amigas eu duvido, prq eles me conhecem e sabem como sou e com quem falo.
Me dirijo sim aos experts e cia que se acham diferentes de nós pobres "lobos" que não entendemos e não conseguimos alcançar a "luz" que eles emitem e os ensinamentos que nos passam.

Nossa, conheci uma turminha andando por esses blogs a fora que se acham!!!!!
Só eles conhecem, só o que postam é bom, e só eles podem conhecer e comentar e ái de vc se quiser opinar ou discordar do que disserem; vai direto pro inferno dos lobos, ré,ré,ré.Bem vamos ao que interessa já que comprei minha encrenca de hj e graças ao Claudio recebi na porta da toca dessa alcatéia o lançamento dos caras, e só não postei antes prq tô tentando assoviar e chupar cana como se diz no interior (mas lobo chupa cana?).

Tento respostar o que deletaram, postar coisas que gosto, que tenho, mas aí passo aqui e acolá e acho discos fantásticos e aí trago pra cá e lá vai minha programação pro famoso saquinho.

Mas resolvi dessa vez pra provar o que falo e mostrar a todos como os caras são conceituados na europa, centro do rock progressivo mundial e formado por cabeças pensantes e não prepotentes e de amigos e amigas que entendem do que falam e postam, com as chamadas pros shows ou pelo menos para alguns que participam entre outras bandas ou solo mesmo, prq já atingiram o panteão de terem seus próprios espetáculos e casas lotadas.

Da minha parte a satisfação é que mesmo deletando; sempre que pude postei os caras e continuo repostando e vê-los assim é um imenso prazer....é como se fossem meus velhos amigos visitando essa humilde floresta.....que sejam bem vindos.Hamadryad is a group of musicians all driven by the same passion: musical creation.
Their music tastefully blends progressive and classic rock, with a touch of cinematic vision, taking the listener on a musical adventure. (In classical mythology, the Hamadryad was a wood nymph fabled to live and die with a tree to which she was attached.
Her mission was to be the link between the mortal and immortal entities.)

Hamadryad’s musical mission is to take their audience on a journey that transcends passing trends.

Hamadryad loves to reinvents themselves, not two albums have quite the same sound, or the same members. Initially, as a quintet, they released in 2001 “Conservation Of Mass” (UNCR-5002, Unicorn Records).

This first effort brought much critical acclaim to the band and assured them of a place in a few "TOP TEN" lists for album of the year. But after the departure of their lead singer, Jocelyn Beaulieu, Hamadryad decided to reinvent itself as a quartet.

They started from scratch, trying to find a new sound for the group. The working sessions, where they would rearrange the existing songs, became without planning and unconsciously writing sessions of new music.
Jean-François, who already sang one song on the first record and a few covers during shows, took on the role of singer and all gave birth to tons of new ideas.

It is toward the end of the work sessions for the second album, once the majority of the pieces were structured, that their keyboard player, Francis Doucet, announced that he had to quit the band. Not wanting to leave the band in a bad position, he presented to them a talented keyboard player named Sébastien Cloutier.

They challenged him to compose a partition for one of the song that was going to be on the album that was to be released only a couple of weeks later and to learn all the keyboard partitions for every song that they were to present at the album launch.
They released “Safe in Conformity” in May 2005 (UNCR-5020, Unicorn Digital). This second album was well received by the public and the critics and opened doors for them to play festivals in both the US and Europe.

In June 2007, still as a quartet, Hamadryad released their first live album, the much anticipated “Live in France” (UNCR-5046, Unicorn Digital). All the songs on this album were performed and recorded in August 2006, at the Crescendo festival in St-Palais-Sur-Mer, France.

With it's help, Hamadryad opened for the legendary Deep Purple, at the Bell center in Montreal and the Pavilion de la Jeunesse in Quebec City, and went back to Europe for two memorable shows, one in Switzerland and one in Belgium.

With the unfortunate departure of their drummer, Yves Jalbert, due to personal reasons; Hamadryad decided to reinvent itself once again. They went ahead and hired 2 new members and got back to the quintet formula.

By adding lead singer Jean-Philippe Major and drummer Nick Turcotteto the fold, they added even more ingredients to their "sound". Their new album “Intrusion”, due to be released on Unicorn Digital in the autumn of 2009, is an impressive demonstration that this band is in constant evolution and their passion for music has not faded at all.

Hamadryad already has confirmed gigs in Europe and plan to play extensively throughout 2010 to promote this brand new CD.

For more details on each current member of Hamadryad, you can visit their own biography by clicking on "Hamadryadmusic".

Christian Lamarche
Enjoy!!!!!!!!!!!!

18 de mar de 2010

Hamadryad - Safe in Conformity - 2005

A alcatéia estava em polvorosa nos últimos tempos (polvorosa é do tempo do onça tb heim? e tempo do onça é do arco da velha, ré,ré,ré) com a chegada da Mel numa gravidez de risco, claro que cabeças por mais que tentassem não viravam mas como já é de conhecimento de alguns, graças as equipes do Hospital da Clínicas de Sp e as equipes do Incor, a Mel já respira sem aparelhos e cada vez melhor sua recuperação.

Só posso dizer: Graças a Deus! e obrigado aos amigos e irmãos!

Porque este deve ser o enésimo milagre em minha vida secular de lobo, e não credito a ninguém que não à Um só; Aquele que creio criador de tudo e de todos e que não precisa de grana de ng e nem de sacrificio algum, Aquele que não cobra, ama, Aquele que não pede, dá!

Respeito qqr opinião e qqr um, mas não preciso concordar, como ng concordar com o que que acho mas esta é a minha e pronto, e com isso queria dividir esta alegria com algo que estivesse a altura, e me vi numa sinuca de bico (essa tb é brava,rs), e ainda atabalhoado como todo viejo lobo que se preze, fui na escolha e trago um som que já baixei faz tempo, postei só o Live e esperava até ser derrubado por isso, mas não, vejamos com esse então.

Aqui está, um presente da alcatéia à quem aceitar, uma das melhores bandas de rock progressivo da atualidade dividindo com o The Watch a primazia, e aproveitar pra avisar que depois do post do The Watch até convidado para fazer parte do fã clube oficial fui, e claro que aceitei mas ué? As majors deixaram?

Mas agradeço aqui de pronto ao fã clube e a banda pelo carinho e consideração.
Hamadryad et un groupe de musiciens Québécois qui a vu le jour au milieu des années 90. Il est composé de musiciens talentueux d’âges et d’expérience musicales variés.

Leur musique mélange judicieusement le rock progressif et classique avec une touche de vision cinématographique transportant l’auditeur dans une aventure musicale.

Le premier album « Conservation of mass » a été lancé en 2001. Le groupe fût, à ce moment, comparé souvent à Yes (dû à la voix haut perché de Jocelyn Beaulieu).

Le second album « Safe in conformity » a été lancé quand à lui en 2005, suite à des changements de personnel. Le groupe fût alors comparé souvent à Genesis époque Gabriel (dû à la voix de Jean-François qui a pris la relève de Jocelyn qui a quitté le groupe).

Le troisième album « Live in France » est, comme le nom l’indique, un album enregistré en spectacle. Sur cet album on retrouve des pièces de leurs deux albums studio et toute l’énergie d’un spectacle d’Hamadryad
Le groupe et à ce moment composé de:
Jean-François Désilets - teclados, baixo de seis cordas, pedais de baixo e voz
Denis Jalbert - guitarra de seis cordas e violão
Yves Jalbert - bateria
Francis Doucet - orgão B3, teclados e violão de 12 cordas

Musiciens invités:
The Quidam Anodin Choir em 'Omnipresent umbra' e Sebastien Cloutier em 'Polaroid vendetta'

Musique:
Anatomy of a dream 5:51
Sparks and benign magic 1:04
Self made men 7:42
Gentle landslide 0:41
24 6:28
Frail purpose 3:11
One voice 3:30
Polaroid vendetta 6:44
Alien spheres 5:59
Omnipresent umbra 11:42

Postado originalmente em 30/11/09
Apprécier!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!