Mostrando postagens com marcador Average White Band. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Average White Band. Mostrar todas as postagens

6 de abr de 2010

Average White Band - Soul Searching (1976)

Teve uma época na minha vida que alguns ritmos musicais significavam outra coisa do que hoje e eu não sei exatamente onde eu me perdi que não notei tamanha idiotice nas transformações.
Conversando com o Tano, lembrávamos dos tempos dos bailes do Palmeiras em SP e lá vc tinha numa mesma noite Tim Maia, Jorge Ben e Chic Show (que pra os mais avoados foi uma das maiores máquinas de sucesso que já existiu em bailes nômades); e isto significava casa cheia e muito balanço a noite toda.

O Chic Show era místico, mágico, eles eram os chamados "dj's" da época dos anos 70 e seus bailes eram baseados em black music (James Brown), Soul Music (Al Green), R'B (O'Jays and Temptations) e Funk Music.....onde entra o AWB. Sim, foram eles que ensinaram muitos de nós a conhecer o que de melhor estava rolando no exterior
É isso aí, e o Average era uma fantástica banda de Funk Music e R'B, e pensar que hj funk que roda por aí ilustra festas em "comunidades"(que na minha época se chamavam favelas) com uma galera que comemora dando tiro pro ar!!!!!

Programas pagos a preço de ouro dizendo que o funk é tapinha que não dói, motoca sei lá do quê, e o caveirão sabe lá Deus da onde; o que é isso?
Onde eu tava qdo tudo isso aconteceu?
Eu conhecia a rapaziada do Chic Show, fui em muitos de seus "bailes" e eram sucesso onde quer que levassem sua música, suas luzes e sua energia; Chic Show que saudades.Average White Band fazia a garotada e a rapaziada em geral dançar ao som do verdadeiro R'B e tb do Funk e nem negros eram (claro né, senão seriam The colours band,rs), mas tb tinha um ou outro em algumas formações; o que não tem nenhuma conotação racista, era só uma opção.

Este disco não posso dizer que é o melhor ou o de maior sucesso, mas creio ser um marco no que representa o ritmo "Funk" de verdade misturado ao R'B feito por gente competente e que tb entendia do que fazia e o fazia não pelo sucesso mas faziam por fazer, o sucesso foi consequência e uma pena que por aqui eles não sejam tão conhecidos prq são simplesmente muito bons até hoje.

Não são datados.
Não são rotulados.
Não estão ultrapassados.
Não estão nas prateleiras.Mas, meu pai, como são bons de se ouvir.......e se acham que estou exagerando que tal essa pequena resenha antes da principal abaixo?

"O Montreux Jazz Festival teve início no ano de 1967, e desde então se estabeleceu como um dos eventos musicais anuais de maior prestígio em todo o mundo. A extraordinária lista de artistas que participaram do festival traz o que há de melhor na música internacional dos mais diversos estilos.

A Average White Band se apresentou apenas uma vez em Montreux, mas o show que fizeram em 1977 é definitivamente um dos grandes destaques do festival naquele ano. Dos primeiros acordes da faixa que é marca registrada da banda, "Pick Up the Pieces", até a arrebatadora versão de "I Heard It Through the Grapevine" que encerrou a noite, a AWB domina completamente o público."

This is the Average White Band's most mature and musically sophisticated studio album. If you like AWB for their radio-friendly funk workouts and catchy melodies, you would probably be happier with their earlier albums "AWB" and "Cut the Cake," or their "Best Of" compilation.

"Soul Searching" has more of an adult contemporary sound, better suited for late-night Quiet Storm listening than for partying. The highlights of this album are the classic slow groove gem, "A Love of Your Own," and the breezy and jazzy uptempo "Queen of My Soul."

There are a couple of toe-tapping, head-bobbing funk songs here, most notably "Going Home," a great horn-dominated instrumental in the tradition of "Pickin' Up the Pieces" and "Cut the Cake." But even the midtempo numbers like "Love Your Life" and "I'm the One" have a jazzier, more adult feel than in AWB's earlier albums.

As usual, the band is solid throughout, and the vocals, while thin and "average white," are competent and sincere. If you favor the jazzier, mellower side of AWB, this is the album for you.
Personnel:

Roger Ball (keyboards, saxophone)
Malcolm Duncan (saxophone)
Steve Ferrone (drums, percussion)
Alan Gorrie (bass, guitar, vocals)
Onnie McIntyre (guitar, vocals)
Jim Mullen (guitar)
Hamish Stuart (bass, guitar, vocals)
Seymour Barab (cello)
Kenneth Bichel (synthesizer)
Michael Brecker (saxophone)
David Brigati (vocals)
Eddie Brigati (vocals)
Ronnie Cuber (saxophone)
Jesse Levy (cello)
Carlos Martin (percussion)
Barry Rogers (trombone)
Alan Schulman (cello)
Marvin Stamm (trumpet)Tracklist:

01. Overture (Ball/Duncan/Ferrone/Gorrie/McIntyre/Mullen/Stuart) 2.14
02. Love Your Life (Ball/Duncan/Ferrone/Gorrie/McIntyre/Mullen/Stuart) 4.49
03. I´m The One (Ball/Duncan/Ferrone/Gorrie/McIntyre/Mullen/Stuart) 4.18
04. A Love Of Your Own (Doheny/Stuart) 5.28
05. Queen Of My Soul (Stuart) 6.05
06. Soul Searching (Gorrie/Stuart) 3.15
07. Goin´ Home (Ball/Duncan/Ferrone/Gorrie/McIntyre/Mullen/Stuart) 4.36
08. Everybody´s Darling (Ball/Stuart) 3.31
09. Would You Stay (Ball/Stuart) 5.33
10. Sunny Days (Ferrone/Gorrie/Stuart) 3.14
11. Digging Deeper (Ball/Duncan/Ferrone/Gorrie/McIntyre/Mullen/Stuart) 2.43

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!