Mostrando postagens com marcador Paul McCartney. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paul McCartney. Mostrar todas as postagens

11 de ago de 2010

Paul McCartney - Good Evening NYC

Deixa eu explicar a salada que eu fiz aqui nesta postagem ok?
Como é de conhecimento dos mais tradicionais, não gosto de postar vídeos,são pesados, grandes e pra derrubarem é rapidinho, ou seja ao meu ver me dá mais trabalho e se acho algo muito bom trago até o link, mas eu mesmo desisti de subir vídeos e ver o link deletado no dia seguinte.

Mas este é um caso diferente prq achei um .avi de menos de 400 mbs com imagem perfeita e de um show fantástico (fácil de subir e rápido pra baixar) e diferente do que roda por aí.
Não é o dvd e não é o cd, nisto reside a salada citada acima, usei capas dos dois por mera ilustração prq são muito bem boladas e bonitas mas o show em si que postei é o que foi produzido pra uma das mais importantes redes de tv, não é um compacto e nem algo retalhado não.

É o show produzido em formato para tv sem a parte na marquise do "Ed Sullivan Show" e aí que reside o tamanho, a qualidade e inclusive a narração com alguns comentários de Paul não são novidade mas nesse padrão e desse formato vi poucos (só mesmo nos canais pagos).

Aqui chamo a atenção para o batera Abe Laboriel Jr (que tenho e vou repostar logo) que é um show a parte e por isso considerado um dos melhores do mundo, tocando com Clapton e outros do nível, um verdadeiro monstro nas baquetas e uma simpatia a toda prova e soltando a voz também.

De resto, Paul dispensa comentários, gostando ou não poucos tem ou fizeram a história de vida que ele "é", não é dos meus preferidos mas aqui eu reverencio seu talento e me dobro ao prq de ser amado por tantos; ele é a história.

Obs: Os releases tem seus créditos e faixas e os coloquei na íntegra pra quem se interessar por mais detalhes mas aqui a sequência é outra, quase igual e com algumas a menos é óbvio!BBC Review
He could turn up and play on a washboard and it'd still be worth 20 quid.

Will Dean 2009-11-23

.It's probably fair to say that, for non-baseball fans, Shea Stadium is associated more with The Beatles’ record-breaking 1965 gig there than the exploits of Mike Piazza and the rest of the New York Mets. When the historic venue closed in 2008 with a gig by Billy Joel, Paul McCartney flew in especially to sing with him.

When Citi Field, the Met's recession-defying new stadium, announced its first musical act, it wasn't tremendously surprising that McCartney was going to be declaring the building open. In July 2009, Britain's greatest living musician (heck, person) entertained 120,000 New Yorkers with a career-straddling set of Beatles classics, Wings favourites (both of them) and solo tracks.

Anyone who saw McCartney's on his huge Back in the World tour will know what to expect from his modern show. The band, featuring Rusty Anderson, Brian Ray and Abe Laboriel Jr, is wildly accomplished, giving a slick stadium-rock edge to tracks that, when The Beatles played Shea, would have been barely heard through the stadium's PA. But that's not always a great thing, as some period studio shakiness is lost. But it's always a joy to hear a real Beatle singing real Beatles songs, and during I'm Down some video trickery even allows Macca to duet with John and George, as they play the same song at the 1965 Shea show.

There are tributes to old pals past – Here Today for John and Something for George ("I played this to George, and I'm not sure he was very impressed"). Even if you've seen him do these things ten times before, it's still nearly enough to bring a tear to your eye.

As the undying thirst for Beatles media proves, these songs are both for everyone and timeless – just look at the diversity of attendees captured enthralled on the DVD. And then look at the last ten selections of this mammoth 33-song set: that kind of closing chapter to a show doesn't need words here telling you how great it is.

Always incredibly hard-working, McCartney never relents here – his patter isn't cool, but it absolutely doesn't matter, as he could turn up and play on a washboard and it'd still be worth 20 quid. Good Evening… is a wonderful souvenir for those who were there or who've seen his tour over the last few months, and a perfectly pleasant second-hand experience for those who weren't.
Paul McCartney é um dos artistas que mais lança projetos ao vivo. Isso tudo mundo sabe.
É só acabar a turnê e - pimba! - o CD e o DVD já estão nas lojas do mundo todo para abocanhar os seus fãs (e viúvas dos Beatles). Contudo, "Good Evening New York City", pacote que abarca DVD e CD duplo, se diferencia dos lançamentos anteriores ao vivo de Paul McCartney.
Tudo nesse novo projeto é melhor: o repertório, o áudio, a edição de imagens, o modo de execução das músicas etc.

Para começar, e mais importante, é digna de registro a opção de o DVD trazer o show na íntegra sem interrupções entre as músicas. Adepto dos chamados "concert films", nos quais as canções são cortadas ao meio para dar lugar a entrevistas, Paul McCartney devia há tempos um vídeo com o registro de um show completo.
E esse é o maior mérito de "Good Evening New York City".

O repertório também vale ser mencionado.
Em quase duas horas e meia de show, o ex-Beatle ofereceu um painel completo de todas as fases de sua carreira: do início com os Beatles ("I'm Down", "Paperback Writer", "I Saw Her Standing There", esta com participação de Billy Joel ao piano) aos anos lisérgicos do quarteto de Liverpool ("A Day In The Life", com citação de "Give Peace a Chance", "Got To Get You Into My Life", "Helter Skelter", "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band"), a fase Wings ("Jet", "Band On The Run", "Live And Let Die"), as suas criações mais recentes ("Flaming Pie", "Only Mama Knows", "Calico Skies") até chegar ao seu projeto paralelo eletrônico The Fireman, com "Highway" e "Sing The Changes", estas duas as mais fracas das 35 canções do roteiro.
Há também homenagens aos colegas John Lennon (na tocante "Here Today", que diz "Eu ainda me lembro como foi antes / E não estou mais segurando as lágrimas") e George Harrison (em "Something", aquela canção que Frank Sinatra disse ser a sua predileta da dupla Lennon/McCartney...).

A qualidade do áudio do show filmado no Citi Field Stadium (antigo Shea Stadium, onde os Beatles fizeram algumas de suas apresentações mais memoráveis) também impressiona. A edição de imagens, por sua vez, tem as suas falhas, mas que não comprometem o resultado final.
Em alguns momentos, chega a irritar as imagens registradas em câmeras portáteis distribuídas ao público. A edição de "I'm Down" também é uma bola fora, ao intercalar o show atual com as imagens (e áudio) da apresentação dos Beatles no Shea Stadium, em 1965. Desnecessário.

Outro aspecto que salta aos olhos nesse "Good Evening New York City" é a presença de um Paul McCartney mais roqueiro do que nunca. Em alguns momentos, os arranjos chegam a ganhar andamentos mais rápidos e pesados, como em "Paperback Writer", "Helter Skelter" e "I've Got a Feeling", sempre escorado pela sua fiel banda formada por Paul "Wix" Wickens (teclados), Rusty Anderson (guitarra), Abe Laboriel Jr (bateria) e Brian Ray (guitarra e baixo).
Entretanto, Paul McCartney não se esqueceu das suas canções lentas e obrigatórias em todos os seus shows, como "Let It Be", "The Long And Winding Road", "My Love" e, claro, "Hey Jude".

"Good Evening New York City" é, pelo menos até agora, o documento definitivo do que é um show de Paul McCartney.
Já está praticamente certa uma pequena turnê de McCartney, ano que vem, no país.
Se o show for igual a esse, os brasileiros terão momentos inesquecíveis.

Luiz Felipe Carneiro Resenhas 08/12/2009 11h14
Personnel:
Paul "Wix" Wickens (teclados)
Rusty Anderson (guitarra)
Abe Laboriel Jr (bateria)
Brian Ray (guitarra e baixo).

Tracks (full):
1. "Drive My Car" Lennon, McCartney
2. "Jet" McCartney, McCartney
3. "Only Mama Knows" McCartney
4. "Flaming Pie" McCartney
5. "Got to Get You into My Life" Lennon, McCartney
6. "Let Me Roll It" McCartney, McCartney
7. "Highway" McCartney
8. "The Long and Winding Road" Lennon, McCartney
9. "My Love" McCartney, McCartney
10."Blackbird" Lennon, McCartney
11."Here Today" McCartney
12."Dance Tonight" McCartney
13."Calico Skies" McCartney
14."Mrs Vandebilt" McCartney, McCartney
15."Eleanor Rigby" Lennon, McCartney
16."Sing the Changes" McCartney
17."Band on the Run" McCartney, McCartney
18."Back in the U.S.S.R." Lennon, McCartney
19."I'm Down" Lennon, McCartney
20."Something" Harrison
21."I've Got a Feeling" Lennon, McCartney
22."Paperback Writer" Lennon, McCartney
23."A Day in the Life" / "Give Peace a Chance" Lennon, McCartney
24."Let It Be" Lennon, McCartney
25."Live and Let Die" McCartney, McCartney
26."Hey Jude" Lennon, McCartney
27."Day Tripper" Lennon, McCartney
28."Lady Madonna" Lennon, McCartney
29."I Saw Her Standing There" Lennon, McCartney
30."Yesterday" Lennon, McCartney
31.Helter Skelter" Lennon, McCartney
32."Get Back" Lennon, McCartney
33."Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (reprise)" / "The End" Lennon, McCartney

Total length: 2:34:27Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!