Mostrando postagens com marcador B.B.King. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador B.B.King. Mostrar todas as postagens

7 de ago de 2015

B.B.King and Eric Clapton "Riding with the King"

Este é autêntico do dead...

26 DE JAN DE 2012

B.B.King and Eric Clapton "Riding with the King"

Não sou bom contador de histórias e quanto mais de piadas, mas aqui cabe uma menção à uma antiga piada até pegando para o lado da famosa cor humana que narrarei como história (acham mesmo que sou doido de me arriscar a fazer piada aqui??? ré,ré,ré).

Claro que muitos à conhecem, e fala de quando o papa foi recebido no aeroporto e estava atrasado pra uma solenidade e na sequência nem cumprimentou as pessoas direito e já foi direto pro carro, onde um motorista de primeira classe o esperava com carro já ligado.

Mas o pitoresco é que o motorista era um (bem aqui tem que se abrir um parêntesis, por causa de termos que possam ser ofensivos!!!); bem parei no motorista que era afro-descendente? tá certo? Um cidadão de cor negra? Um negro? (mas os patrulheiros de plantão das causas e bons costumes vão reclamar de "porque o motorista tinha de ser puxadinho na cor? e não um de outra qqr??.Bem vamos em frente que o papa tá atrasado.....e ai naquele nervoso todo, um puta de um trânsito e corta daqui e entra ali e freia em cima e nada; congestionamentos mil e o motorista passa mal!!!!!

Aí no desespero, claro, o papa coloca o cidadão no banco de trás e assume o volante de mitra na cabeça e cetro e tudo o mais que tem direito, e pé embaixo, entra por uma rodovia e some na poeira (nossa que termo mais antigo!!).

Qdo chega em um pedágio o papa acelera mais ainda e sai vazado, afinal tinha compromissos e era o papa, iriam entender.....nisso o funcionário aciona a segurança e o escambau e diz os dados do veículo e tal, mas não fala nada das pessoas no interior; até que seu chefe o aperta tanto perguntando quem e como era quem estava no veículo furtivo que o rapaz responde da melhor maneira que acha na hora:

"Chefe, quem era eu não sei, mas o "cidadão afro-descendente" "negro" "negrão" "puxadinho na cor" ou etc e etc, deveria ser muito importante, pois seu motorista era o papa!!!!".Essa história indecente e sem graça que narrei acima é só pra fazer referência ao trabalho idealizado e realizado por Mr.Clapton em homenagem à quem ele considera o verdadeiro papa do Blues, e a capa já diz tudo e por isso postado aqui em 2008.

Não é qualquer um que poderia ter como motorista o papa da guitarra e da música mundial; e pra aqueles que só conhecem a história por um lado, o registro é bem claro em mostrar os dois lados da moeda e o respeito que grandes músicos e pessoas melhores ainda fazem um do outro.

Se Clapton "is god", B.B.King é seu mentor..............e não sou eu que estou dizendo não; não dizem que uma imagem vale mais que mil palavras?????
Enjoy!!!!!!!! part 01 and part 02

17 de set de 2008

Passei batido....................Meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!!!

Meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!!
Mr.Riley Ben King nasceu à exatos 83 anos e hoje um dia (17/09/08) quando escrevo esta pequena e singela dedicatória a um mestre do mundo musical.
Adorado; reverenciado; humilde e principalmente FELIZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Ele sempre diz: Eu sou muito feliz.
Vários filhos; várias mulheres; muitos netos e bisnetos; mas B.B.King tem filhos pelo mundo todo e todos tenho certeza cantam com ele e conosco aqui no Lágrima que tb comemora seu níver; apenas o terceiro de muitos que virão e com o mago Eric Johnson, tb aniversariando hoje......enfim; o planeta música está feliz.
Não choro a perda de ninguém porque todos nós iremos (me desculpem os que pensam ao contrário é apenas minha humilde opinião) e ninguém fica aqui pra semente como dizia minha mãe de criação.
Por isso vida longa ao Rei (16/8).
Vida longa à Rainha: A Véia Doida de tudo e um pouco mais(18/8)
Vida longa à música de verdade e de qualidade.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

20 de ago de 2008

Bom, este é o cara!!! Falar mais dele o quê?

Talvez um pouco de sua infãncia,quando perdeu sua mãe por volta de 09 anos e seu pai já havia vazado. Ele então fingia morar com alguém no barraco que servia de abrigo pra eles na fazenda de algodão que trabalhava em Itta Bena, que era perto de Indianola no Mississippi.
Nessa época ainda chamava-se Riley Ben King e mal conseguia fazer uma refeição por dia,mas mesmo assim ao final do dia pegava um pedaço de pau que havia lixado e nele esticado uma linha de ferro e nesse tosco momento tentava tirar daquilo algum som; o que era muito dificil além de machucar os dedos.

Numa dessas o dono da fazenda sacando o lance foi até ele e fez uma proposta; ele lhe daria um violão e King teria descontado de seu trabalho parcelado o instrumento,claro que a proposta foi aceita e assim nosso herói conseguiu seu primeiro instrumento de verdade,que apesar de verdadeiro era tb tosco e continuava a lhe machucar suas mãos. Mas mesmo assim nas noites de Itta Bena se conta que começavam a ouvir belos acordes e melodias vindas não se sabe de onde mas que a todos qtos conseguiam ouvir embalava.

Bem essa é apenas uma parte das milhares de histórias da vida de B.B.King "O Cara", e aqui vai um som que alguns dizem raro,por não ser encontrado em qqr lugar e nem muito vendido;mas muito bem gravado a mais de 40 anos(1964) num local mágico de Chicago chamado The Regal Theater e com participações já especiais; a voz ainda não era a potência que conhecemos,mas é um registro fantástico de seu bom humor e musicalidade.
Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

B.B.King - vocal e guitarra
Keneth Sands - Trumpet
Johnny Board e Bobby Forte - Trumpetes
Duke Jethro - Piano
Leo Lauchie - Baixo
Sonny freeman - Bateria

download