Mostrando postagens com marcador Celso Loos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Celso Loos. Mostrar todas as postagens

14 de dez de 2009

The Dukes - The Dukes

Como faz pouco tempo que navego em blogs e na famosa blogosfera, cheguei achando fosse uma coisa mas logo vi que não difere em nada da vida aqui fora.
Alguns me diziam no começo que não existe amizade, sinceridade ou verdade e cada um pode ser o que quiser e amanhã com outro nome ser outra pessoa e se corresponder com vc; achei o máximo do hilário isso, já imaginou?
Um lobo centenário como eu cada dia sendo uma pessoa?
Hj uma criança, amanhã uma conquistadora de corações, depois de amanhã um adulto solitário com problemas em casa e depois um recuperando em drogas e bebidas, ou sendo um pregador?

Me lembro que logo que adquiri um pc e meus filhos ainda jovens eram recomendados a tomarem cuidado com o famoso ICQ e seus virus e sua poluição visual, meninas seduzidas e raptadas prq acreditaram em contos de fadas?
Uma vez sentei com minha lobinha ainda bem jovem, e ficamos numa sala de bate papo, só lendo o que rolava e aí a gente riu muito tentando identificar quem era quem e de repente aparecia uma foto de uma mulher pelada, ou de uma criança, ou de uma relação sexual e por aí vai; mas ríamos muito, prq nada daquilo era diferente do que aparece na novela das oito ou no noticiário das sete.

Me lembro bem que fizemos amizade e a alcatéia cresceu muito em função disso, mas era uma fase e passou, hj ficou ao meu ver bem delineado quem quer o quê onde acha.

Como apaixonado por música (eu e o resto do mundo, até os monges no Tibet a essa hora entoam seus mantras,rs) esta seara me atraiu e muito, prq comecei buscando sons perdidos na infância e adolescência, baixando discos que não pude comprar, que vendi pra poder comer, ou que não existem mais simplesmente e com isso, fui me comunicando como todos e com muita gente.

Uma coisa interessante que aprendi é que por tráz de qqr avatar ou codinome, a pessoa é a mesma; se ela é sem caráter no mundo real irá refletir exatamamente sua falta de caráter aqui no chamado mundo virtual; aliás o The Sims é bem isso, só que a movimentação aida deixa a desejar como os primeiros ataris, isso muda logo, aliás já mudou com jogos de ação fantásticos.
Mas o interessante é que por mais que as pessoas tentem ser o que não são elas sempre irão mostrar sua verdadeira essência e isso é inegável, ok, ok, e isso com o post?

É que ao começar a navegar em blogs, fui convidado a fazer parte de um, conhecido por ser referência e um dos maiores da net, e lá conheci muito de bom e de ruim, exatamente como aqui no mundo real(aliás onde acaba aqui e começa ali?)e vi as mesmas emoções e reações, e esse post me foi passado por uma camarada que desde meus primeiros mal feitos posts, afinal ainda engatinhava e engatinho, sempre foi simples e sincero, gostou ótimo, não gostou dizia o que achava, mas sempre com amizade e respeito.
Nunca fomos muito íntimos afinal ele ficava em outras bandas, mas com o tempo acabamos saindo de nossas sedes e cada um se instalando em seu nicho,e aí acabamos trocando idéias e experiências e nos aproximando mais uma vez.

O Celso Loos me mandou essa pérola, que é uma das coisas mais difíceis de se achar informações ou o que quer que seja, os caras super conhecidos são referência sempre em outras bandas como Ronny Leahy de exemplo que só é citado ao lado de Nazareth e Wings do Paul.O som é bom, vinyl, e de um pessoal que tocou muito com muitos e só bons.Particularmente gostei, som bom, simples e bem feito como várias bandas de um só disco.
Valeu Celso, belo presente!

Viu? Eu não comecei dizendo que as pessoas aqui continuam sendo o que são? Se boas, boas, se não?.........The Dukes is:
Miller Anderson - Vocal, Guitar (Spencer Dabis Group, Broken Glass, Savoy Brown, T.Rex, Chicken Sheck)

Ronnie Leahy - Keyboards (Jack Bruce Band, Jon Anderson Band, Nazareth)

Charles Tumahai - Bass (Be-Bop de Luxe)

Stuart Elliott, Barry de Sousa - Drums (uma infinidade)

Jimmy McCulloch - Guitar, Vocal (Thunderclap Newman, Wings, Stone the Crows, Small Faces)
Assim que McCulloch saiu do reformado Small Faces, montou essa que seria o seu ultimo trabalho.
Heartbreaker foi sua ultima gravação antes de morrer de overdose por heroína.Músicas:
01-Hearts In Trouble
02-Leaving It All Behind
03-All In The Game
04-Billy Niles
05-Crazy Fool
06-Whose Gonna Tell Yoe
07-Time On Your SideTry To Help
08-Heartbreaker

art-cover completo @320
Post: Celso Loos

Obs: Táí, consegui alguma coisinha pra somar, mas se quiser referências melhores procure-os por suas carreiras independentes,fica mais fácil entender a importãncia de cada um.

©1979 Warner Bros BSK 3376
320 Kbps Vinyl Rip

The debut album of The Dukes (Jimmy McCulloch, Miller Anderson, Ronnie Leahy, Charlie Tumahai) turned out to be their only album. Jimmy McCulloch died from a heroin overdose in 1979 not long after the album was released and the band died with him. The album genre is pop rock, power pop, hard rock. The single "Heartbreaker" (vocals By McCulloch) was a minor hit. The album is yet to be officially released on CD.

Produced by Marty Cohn & Richie Zito.


http://70thmusic.blog39.fc2.com/blog-entry-6.html
http://aorparadise.blog66.fc2.com/blog-entry-801.html
e aqui a capinha que saiu na remasterização.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!