Mostrando postagens com marcador Dércio Marques. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dércio Marques. Mostrar todas as postagens

1 de ago de 2012

Dércio Marques no Sr Brasil

Mister Garden:
Valeu Pirata.... vê se aparece..... Dead, o Dercio Marques vai ser Homenageado nessa quinta (repeteco Domingo), no Sr Brasil... aproveito e deixo um belo vídeo.



O amigo da nossa Rock Fly deixou este recado que posto pela importãncia que vejo nele, em primeiro pela audiência que merece o Mestre Rolando Boldrin e em segundo pela saudade que dá a ausência do Dércio.



Perdi muita coisa na minha vida e as vezes até a paciência como no post abaixo com gente que não merece nem meu desprezo qto mais minha atenção.

Mas o que me move é justamente a falta que faz pessoas como Dércio, Manito e Pedrinho etc e tal que tive a oportunidade de conviver e sei o qto valiam pra esse planeta tão carente de gente desse nível.

Choro, sinto, não preciso de nada a não ser de gente boa como esse e músicas como essas pra trilha sonora de minha vida; enquanto isso energúmenos acham que vou precisar de doações.

Pena, muito triste perder um Dércio e ficarem anônimos trolls como esses conosco, prestigiem o Sr Brasil as quintas 22 hs (hora de Brasilia) e domingos reprise as 10 da manhã.

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!

30 de jun de 2012

Dércio Marques "Cantigas de Abraçar" (rare rip)

Aqui está uma das obras mais raras de ser encontrada pela net e nas lojas, espero entendam o porque digo tão importante e com um trabalho quase desconhecido de muitos.

É um verdadeiro gênio e um puta de um ser humano que nos deixa, que tal espalharmos sua obra por aí?

Será que nos tornamos aquilo que mais tememos?
Será que nos tornamos preconceituosos e discriminadores?
Lembro-me de Rolando Boldrin meu professor amado, do Renato Teixeira um ser humano maravilhoso e eu já emendo que ao estar junto com o Almir Sater, o Renato se completa; eles se tornam UM e aquilo vira uma sinfonia brasileira.

Nessas também me lembrei de um camarada que tenho respeito e admiração, talentosíssimo e pouco lembrado qdo se fala de Minas, porque sempre são lembrados os mesmos, Milton, Beto Guedes, Lô e etc....que são maravilhosos sim, mas tantos outros ensinaram estes a construírem seu "Clube da Esquina" e o Dércio com certeza foi um deles.

Não tô aqui querendo ser dono de nenhuma verdade, quem sou eu pra isso, estou fazendo uma homenagem simples e singela à um dos mais talentosos compositores da musica brasileira e um dos melhores vocalistas de suas "modas" como o Chico Buarque é das dele.

Realmente ele anda sumido do cenário, teve lá seus problemas na vida como todos nós, mas o Boldrin o levou e um de seus programas o "SR Brasil" na Tv Cultura as terças 22 hs (agora as quintas como me chamou a atenção dona Lucy; é que repostei como tal foi feito, mas tá certo inclusive de lembrar que reprisa no domingo as 10 da manhã), e ele conseguiu tirar lágrimas de jovens e coroas, e ser aplaudido de pé como merece.Esse trabalho eu ganhei dele através de uma amiga comum que mandou me entregar com o seguinte recado : "já que gostou, é seu"!

Poucas palavras pra uma obra que considero uma sinfonia e ele a chama de "Cantigas de abraçar"; acho isso de uma delicadeza tremenda e de uma humildade que poucos seres humanos possuem.

O disco é em papel cartão e nessa cor que vc vê acima mesmo, sem capa de acrílico, que o danifica mais rápido mas lembra mais os vinys do que os cds, até nisso ele é um mestre.

Mestre Dércio, sua irmã Doroty, e outros aqui como o gênio Luis Perequê de Parati e a belíssima voz e pessoa de Daniela Lasálvia

Prometi que iria trazer pra ouvirmos juntos aqui no SM, então tá aí um brasileiro que muito orgulha esse país e que espero consiga levar o amor que ele tanto canta aos corações dos que quiserem.

"Esta obra é uma prenunciação da cantoria de São Gabriel"Músicas e Músicos
Parte 1

1 Por que não me vês (Fausto)
Participação: Stephen Ephendy
2 Cantada (Elomar)
Participação: João Omar / Kaleidoscópio
3 Barbyton (Luiz Perequê)
Participação: Luiz Perequê
4 Ou... me ensine (Gildes Bezerra - Luiz Celso de Carvalho)
Participação: Luiz Celso de Carvalho
5 Esperança passarim (Sergio Ramos)
Participação: Sergio Ramos / Gê
6 Cânticos (Gildes Bezerra - Dércio Marques)
Participação: Confraria da Bazófia / Andréa Daltro / Mônica Albuquerque / Tito Baiense / Ton-Ton Flores / Ricardo Bordini
7 Recolher (Arthur Andrade)
Participação: Confraria da Bazófia / Andréa Daltro / Mônica Albuquerque / Tito Baiense / Ton-Ton Flores / Ricardo Bordini
8 Madre Luna (Folclore equatoriano)
Participação: Grupo Terramérica
9 Ciranda lunar (Amauri Fallabela)
Participação: Daniela Lasalvia / Amauri Fallabela
10 Minas da lua (Gildes Bezerra)
Participação: Saulo Laranjeira
11 As manhãs (Folclore mexicano)
Participação: Benjamim Gonçalves / Fernando Guimarães / Paulo Pio / Zezé
12 Como o pão nasce do trigo (Fernando Guimarães)
Participação: Fernando Guimarães

Musicas e Músicos:

Parte 2

1 Pequenina (Renato Teixeira)
Participação: Renato Teixeira / Zé Gomes
2 História do Cavaleiro Sertanejo e a Princesa do Clarear (Carlos Pita)
Participação: Roze
3 Anjos da terra (Dércio Marques - Paulinho Pedra Azul)
Participação: Paulinho Pedra Azul
4 Retinas (Virginio Siqueira - Maciel Melo)
Participação: Maciel Melo
5 Além de Olinda (José Eduardo Gramani)
Participação: Daniela Lasalvia
6 Peleja do sizal (Fábio Paes)
Participação: Carlinhos Brown / Fábio Paes
7 Canção da vida (Fábio Paes)
Participação: Fábio Paes / Roze
8 Santo Reis (Elomar)
Participação: Elomar / Xangai / Kátia Teixeira / João Omar / Ocello
9 Folia de Baependi (Folclore de Minas Gerais)
Participação: Rubinho do Vale / Titane / Clóvis Maciel / Déo Lopes
10 Arreuni (Chico Maranhão)
Participação: Doroty Marques / Geraldo Biason
11 Aboio (Elomar)
Participação: Carlinhos Brown / Elomar / Fábio Paes
12 Irmãos da lua (Renato Teixeira)
Participação: Ione Papas / João Bá / Dani Lasalvia / Guru Martins / Hilton Acyoli / Sabá Moraes / Daniel Sanches / Amauri Fallabela / Chico Teixeira / Ney Couteiro / Ronaldo José Pereira / Bia Ramsthaler / Dan NakagawaObs:Postado originalmente em 03/02/09 e feitas algumas correções e adaptações para o momento.

Outra obs: Prq sera que nunca consigo deixar esse disco maravilhoso no ar? É a 4ª ou 5ª vez que reposto, e vou insistir.


Enjoy!!!!!!!

27 de jun de 2012

Dércio Marques nos deixou.......

PQP!!!!
Já postei o Cantigas de Abraçar 04 vezes e foi detonado todas, hoje não tem jeito de postar nem subir mais nada, hoje só quero chorar a morte de mais um amigo e irmão.

Mais um porque perdi ontem um amigo e irmão, o advogado Dr Paulo Antonio Porto Seixas Pinto que sobreviveu a cirurgia de dois aneurismas mas morreu de pneumonia dentro do CTI de um dos maiores centros de referência do estado em Ribeirão Preto, irmão de jornada, amigo de fé, de tomar cerveja juntos e brigar contra o seu timão.

Perdi mais uma referência da minha vida de várias que venho perdendo, ou sendo tiradas sabe-se lá Deus porque, mas até minha Mel nunca mais vi por ingratidão de quem sempre estendi a mão e ingratidão orquestrada a várias mãos que um dia prestarão contas de suas artes.

E agora esta, meu cantador preferido de quem ganhei discos e histórias, que chorou a separação do seu primeiro casamento prq foi proibido de ver suas amadas filhas estampadas na capa do Cantigas de Abraçar em fotos lindas.

Entendi sua dor qdo me foi proibido tb ver minha Mel, sentia sua dor, mas me tornei parceiro dela, e ele com isso foi se escondendo e se escondendo e se calando.

Ele as amava tanto que o baque quase acaba com sua carreira, e depois de um pedido ao grande mestre Boldrin, ele foi convidado pra um programa especial no Sr Brasil da tv Cultura, e só com suas obras e causos o vi como uma fênix renascer no lugar que amava, junto ao público e aos amigos.O Boldrin é mágico, um anjo na terra, um gênio artistico inestimável, um coração de criança ou de passarinho; o amo como ele ama esse país e suas músicas e o amo pelo respeito que tem por quem merece.

Escreveram sobre Dércio Marques, eu não tinha porque como disse chorava a partida de um irmão tb e um pouco atrasado posto aqui minha dor, meu amor e minha gratidão pelo grande violeiro e cantador Dércio Marques, compositor, amigo, gente, gente de verdade e não essas porcarias por aí que só sabem causar dor e sofrimento em quem dizem amar e fazer os outros sofrer.

Dércio Marques, se encaixa no que diz Luiz Vieira "um menino passarinho com vontade de voar (e de cantar)"; Dércio, Paulo, meus amigos, estou triste mas feliz tb prq os conheci e tive oportunidade de desfrutar da convivência com vcs apesar de distante nos últimos tempos por caminhos que nossas vidas tomam.

Choro, choro como criança que sabe o mundo mais triste agora....uma pena, uma grande pena e tb uma grande perda.....choro......O Brasil e o mundo perderam hoje, às 8h, vítima de infecção generalizada, após cirurgia, o grande artista DÉRCIO MARQUES. Violeiro, cantor, intérprete e compositor – muito pouco para descrever a riqueza deste mestre mineiro de Uberlândia, cidadão do mundo, baluarte da cultura popular, da natureza bruta destas terras. O corpo será cremado em Salvador
Marques ficou conhecido em Vitória da Conquista, principalmente, por dividir palco com Elomar Figueira em várias apresentações.


“Ah, Já Fiz Versos De Tributo, Hoje Só Somente Escuto,

Não Tributo Mais Ninguém; Cada Rosa Seu Perfume,

Ninguém Lava as Mesmas Mãos,

Ninguém Canta Com a Mesma Voz!

Ontem a Lua Foi Airosa, Toda Rosa Perfumosa,

Mas o Tempo Deu-me Tempo Prá Pensar

Ah, E Eu Seguisse a Cada Passo, Cada Traço Do Pincel,

Cedo ou Tarde Eu Ia Ver, Escorregar Na Tinta Fresca,

Me Mesclar Com a Cor Vermelha, Eu Iria Me Perder.”

(Dércio Marques)O violeiro, cantor e compositor mineiro Dércio Marques morreu na noite de terça-feira (26), em Salvador, por insuficiência renal, devido a complicações de um câncer no pâncreas. O cantor estava internado há três semanas no Hospital Ana Nery, onde se recuperava da operação de retirada do pâncreas, vesícula e baço.

Segundo Sônia Machado, secretária do músico, Dércio Marques começou a dar sinais da doença em dezembro do ano passado, mas só no início do ano foi diagnosticado com câncer. O corpo do compositor está sendo velado no cemitério Jardim da Saudade e será cremado na quinta-feira (28). A família ainda vai decidir se suas cinzas serão jogadas em um rio ou no mar, duas paixões do músico.

Dércio Marques alternava sua residência entre sua cidade natal, Uberaba, no Triângulo Mineiro, e Salvador. Ele deixa uma companheira e quatro filhos.

Durante a carreira, o artista buscou retratar a música raiz brasileira. Pesquisador das tradições da terra, Dércio Marques percorreu o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, para buscar cantigas que retratassem a cultura popular. Dessas andanças pelo vale, ele lançou o CD Fulejo.


Terra, Vento e Caminho

Enjoy!!!!!!!!!!!!!