Mostrando postagens com marcador Herbie Hancock feat. Jonny Lang & Joss Stone. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Herbie Hancock feat. Jonny Lang & Joss Stone. Mostrar todas as postagens

5 de jan de 2014

Para iniciar o ano em alto estilo.............

Da minha parte ia começar o ano com outro monstro sagrado e apesar de respeitar demais o Herbie ( o que não altera em nada a vida dele) o que estava pronto é pra mim simply The Best.

Mas qdo ouvi essa versão com ídolos meus que brotaram no cenário musical não resisti, o vídeo demonstra como foi feito o disco e como tudo gira em volta de um astro como Herbie Hancock.

Jonny Lang cada vez que o ouço sinto que ainda será imbatível, muito diferente do Bonamassa ( ô sujeitinho intragável, basta comparar só com um Craig Ericksson pra ver) que tantos endeusam e postam a rodo; que se tornou um puta de um chato e esnobe que a maioria dos grandes músicos preferem distancia.

Alias o projeto com o Hughes e cia não foi pra frente prq ele achava que aparecia pouco e era tão importante qto o Glenn Hughes!!!!!!!!!

Joss Stone é uma gracinha mas não deixa de ser uma diva soul sim, adoro essa frase racista e discriminatória adoro: "Uma branca de alma negra"!!!!!!!!!!!!!!!

Alguém já viu a cor da alma de alguém?
Mas pela cor da pele dizem do negro que é bom; " Um preto de alma branca" (não errei antes era preto, aí com tantas brigas, passaram a usar preto pra tinta e negro pra cor da pele) e não me venham com conversa de branco representar pureza prq não é porra nenhuma disso; sempre foi racismo puro e que só os brancos teriam almas boas; ah então tá......

Mas ela apesar de sempre que posto aqui ser devidamente retirada, continuo me arriscando prq ela é sim uma legitima herdeira de Ella, Koko, Etta and everybody.

Deixa dar um alerta aos amigos postadores, o mega começou com as palhaçadas de sempre e começou a mandar avisos que vc infringiu a lei e seu link foi removido e se continuar assim sua conta será deletada.
O 4shared idem, me avisou que mais um (já tenho um monte mas eles contam dois, então se completar o 3º minha conta será banida de lá, mesmo que os downs não parem, ou seja eu mesmo que recomendei o mega e apostava que voltaria melhor voltou com o rabinho bem no meio das pernas, apesar que uma infinidade de programas crackeados, filmes e etc continuarem  lá basta ir ao mega search que vc acha qqr coisa de pornô a pedofilia passando pelos cracks e etc..

Mas aleatoriamente começaram a caça as bruxas de novo e mesmo que o Iron Maiden afirme que com os blogs os downloads aumentaram em x % suas vendagens e shows pelo mundo nada impede a sanha gananciosa das gravadoras.

Somos mesmo os últimos dos moicanos, o exército de brancaleone, D Quixote de La Mancha e etc como diria meu irmão Carlos "The Ancient" ou no meu caso um "lobo estepario" como diria Aponcho; ainda respiramos por aparelhos então que "seja posto enquanto que é chama e seja eterno enquanto dure" como diria o poetinha (monstro, monstro,monstro) Vinicius de Moraes.

Review by Thom Jurek

Possibilities is a Herbie Hancock adventure record.

This ten-cut smorgasbord features the ever restless pianist, composer, and arranger in the company of literally dozens of artists, from pop singers like Christina Aguilera, Sting, and Annie Lennox to rock legends such as Santana and Paul Simon to relative newcomers like John Mayer, Jonny Lang, and Joss Stone, as well as some renowned international performers, such as Angélique Kidjo and Raul Midón in a wide range of songs, styles, and moods. Hancock cut the record in studios all over the world, all the collaborations were done face to face, not long distance.

Session musicians here include everyone from Stevie Wonder (who plays the harmonica solo on the cover of his tune "I Just Called to Say I Love You"), to Santana to Cyro Baptista, Willie Weeks, John Pattitucci, Steven Jordan, and Gina Gershon (the actress)! The standout cuts are the sensual read of Leon Russell's "A Song for You," sung by Aguilera, Simon's jazzed-up revisioning of his "I Do It for Your Love," and Lennox's read of "Hush, Hush, Hush," written by Paula Cole (whatever happened to her?).

Jazz fans may be disappointed, but pop fans will be delighted; there is a lot here to like.


Possibilities is the forty-fifth studio album by American jazz musician Herbie Hancock, released in the United States on August 30, 2005 by Vector Recordings. 

The album features a variety of guest musicians such as John Mayer and Carlos Santana. 

It earned Hancock two nominations at the 2006 Grammy Awards: Best Pop Collaboration with Vocals for "A Song for You" (shared with pop singer Christina Aguilera) and Best Pop Instrumental Performance for "Gelo na Montanha" (shared with rock singer-guitarist Trey Anastasio). 

A motion picture entitled Herbie Hancock: Possibilities, released on DVD on April 18, 2006, depicts the recording of this album in many different discussions and performances with the collaborating artists. 

The DVD also includes a demo CD with 4 of the 10 songs on the album.


Track listing

"Stitched Up" (featuring John Mayer) (Herbie Hancock, John Mayer) – 5:27
"Safiatou" (featuring Santana and Angélique Kidjo) (Harold Alexander) – 5:25
"A Song for You" (featuring Christina Aguilera) (Leon Russell) – 7:05
"I Do It for Your Love" (featuring Paul Simon) (Paul Simon) – 5:58
"Hush, Hush, Hush" (featuring Annie Lennox) (Paula Cole) – 4:46
"Sister Moon" (featuring Sting) (Sting) – 6:54
"When Love Comes to Town" (featuring Jonny Lang and Joss Stone) (Adam Clayton, David Evans, Larry Mullen, Jr., Paul Hewson) – 8:41
"Don't Explain" (featuring Damien Rice and Lisa Hannigan) (Arthur Herzog Jr., Billie Holiday) – 4:53
"I Just Called to Say I Love You" (featuring Raul Midón) (Stevie Wonder) – 5:27
"Gelo na Montanha" 1 (featuring Trey Anastasio) (Cyro Baptista, Herbie Hancock, Trey Anastasio) – 3:48