Mostrando postagens com marcador Lizz Wright. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Lizz Wright. Mostrar todas as postagens

20 de mai de 2009

Lizz Wright - Salt - (2003)


É impressionante a quantidade de artistas e cantoras de altíssima qualidade que os EUA conseguem produzir.
Vou fazer uma comparação histórica e me perdoem os puristas, rascistas e afins mas segundo constam dos anais históricos, os negros escolhidos pra escravos e levados para a Ámerica teriam de ser os maiores, os mais fortes, os mais bonitos e com os melhores dotes.
Já li estudos sobre assunto o que justificava o porque dos jogadores de basquete norte-americano serem os maiores, os mais hábeis e os mais fortes, claramente devido a herança genética dessa época.
Aliás como norte-americano "ama"negro nos esportes não?
Até bolsas de estudo sem estudar eles ganham........esse tipo de demonstração de amor chega a me emocionar.

Seguindo esta linha de raciocínio seria lógico que as mulheres negras também teriam de ser as melhores "matrizes" porque senão de nada adiantaria e a herança genética se dissiparia com o tempo e talvez isto explique também o talento musical que os negros norte-americanos possuem, apesar dele ter sido gestado em sua maioria do sofrimento de seus cativeiros; essa "verve" é sim genética.
Não se adquire por mais que treine e se esforçe um talento à esse nível, vc pode chegar à um limite aceitável, mas daí pra frente.....só o chamado "Dom"

Lizz Wright (Hahira, Georgia, 22 de janeiro de 1980) é uma cantora e compositora de jazz americana.
Filha de pastor, Wright iniciou cantando gospel e tocando piano na igreja ainda criança e cedo se interessou por jazz e blues. Frequentou a Houston County High School, onde participou ativamente no coral, onde recebeu o National Choral Award.
Wright estudou musica na Georgia State University em Atlanta.
Seu primeiro álbum, Salt, foi lançado em 2003 e chegou ao segundo lugar da Billboard, top jazz contemporâneo em 2004. Em junho de 2005 lançou Dreaming Wide Awake, que atingiu o primeiro lugar em 2005 e 2006.
A jovem cantora viu rapidamente a sua música ser elogiada desde o lançamento deste seu primeiro disco, “Salt”, sendo agora comparada a grandes nomes do panorama musical como Cassandra Wilson, Oleta Adams e Jill Scott.
Bom, esta é a parte técnica, mas Lizz é mais um dos fenômenos da musica chamada"negra", dona de uma voz lindíssima e de um "elan" absurdo ela nos remete a sonhos e visões, viagens e passeios por mundos imaginários do amor e da amizade; da pureza e da beleza e ainda com uma vitalidade fora dos padrões comuns.
Preste atenção e tenho certeza que você vai ter momentos de uma música de altíssima qualidade acompanhada de uma voz encantadora, e olha que ao ouvi-la pela primeira vez quando ganhei o disco, ainda pensei que fosse mais uma dessas cantoras romãnticazinhas pra vender discos....santa ignorância.

Músicas:
1.Open Your Eyes, You Can Fly
2. Salt
3. Afro Blue
4. Soon as I Get Home
5. Walk With Me, Lord
6. Eternity
7. Goodbye
8. Vocalise / End Of The Line
9. Fire
10. Blue Rose
11. Lead the Way
12. Silence

Músicos:
Lizz Wright - vocals
Sarah Adams
Terreon Gully
Crystal Garner
Brian Blade - acoustic guitar
Adam Rogers - acoustic, electric & bottleneck guitars
Sam Yahel - Hammond B-3 organ
Sam Yahel - Hammond B-3 organ
John Hart - acoustic guitar, guitar
Derrick Gardner - trumpet
Vincent Gardner - trombone
Jeff Haynes - percussion
Myron Walden - alto saxophone
Doug Weiss - acoustic bass
Ellen Westerman - cello
John Cowherd - acoustic piano
Judy Witmerr - viola
Kenny Banks - acoustic piano, Fender Rhodes piano
Ron Carbone - viola


Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Lizz Wright