Mostrando postagens com marcador Eter-K. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Eter-K. Mostrar todas as postagens

27 de ago de 2013

Eter-K "Watching The Universe" by LDR

Ps: Agora consegui fazer uma audição decente deste trabalho e ele só reitera o que sempre digo aos puristas e sacripantas: Música não tem cor, não tem nacionalidade, não tem credo; música tem sentimento, qualidade, harmonia e bom gosto.

E pqp, como esses caras fazem um som gostoso!!!!!

Qdo moleque ainda nos inícios dos sonhos os sons que fazíamos e ouvíamos era nessa linha, claro que tinha sim momentos em que colocava junto 4 ou 5 gênios tocando aí era festa mas de vez em qdo,cada um ia cuidar da sua vida e tal e ficavam 3 manés por ali tirando uns acordes, mas não esqueço que o estilo de melodia era nessa linha.

Não tinha como não ser com um Manito como mestre, Flávio, Deotado e tantos outros, até o Faísca esteve aqui por perto da alcatéia mas foi rapidinho e esses mágicos e valentes sonhadores brazucas faziam e ensinavam sons desse nível sim e tivemos tantos que é uma pena só ouvir hoje um Terreno Baldio, Zé Geraldo meu irmão com a voz tão cansada de estrada que como canta "se parece mais velho que seu velho pai".

E ainda não falei do Mestre Dominguinhos talvez um dos maiores músicos desse país, com certeza o melhor sanfoneiro que superou em muito seu mestre Gonzagão, mas num país de fdps como esse onde ao invés de se dar condições pra os profissionais da região se formarem médicos se importam médicos que ficam só com parte do salário e o resto vai pro governo deles, e se isso não é trabalho escravo com o brazil apoiando não sei o que é!!!!!!!

O brazil foi construído por escravos e imigrantes e agora quer se vingar eu acho ou se acha com o rei na barriga pra trazer gente de fora que diz que nossa comida é "fatal" o que lá no pais deles significa "UM LIXO!!!!!!!!!!!!

Duvido que a garotada do norte e nordeste não queria se formar médicos, mas as condições e sonhos foram roubados por políticos ladrões e safados que saem de lá com suas fortunas acumuladas as nossas custas qdo doentes e vem se tratar em sp ou rj prq lá não tem hospital a altura.

Prq o sir ney não tá internado no Maranhão e prq sua família não se trata lá de câncer e o escambau?

Prq eles tem de se internar no Sírio Libanês ou no Einstein em sp?

Esse foi só um exemplo prq nosso Dominguinhos ficou com atendimento local até que não deu mais e transferiram pra sampa, e aí se tinha alguma chance já era; mas esperar o que de um país governado por terroristas comparsas de assassinos?

Prq me acusam de ter servido a nação se nunca matei ninguém, ao contrário salvei foi gente naquela batalha em que nossa líder tacava bombas em bancos mesmo que aqueles que estavam lá dentro fossem inocentes da guerra que eles criaram.

E não me venham com esse papinho que eles trouxeram a democracia, eles impuseram outra ditadura, a do dinheiro e nessa vc pode espernear que ou come "palma" e toma agua de cacimba contaminada ou morre antes.

Meu herói Dominguinhos, vc é o cara e ainda faço uma postagem pra vc mas pode esperar que muita verdade vem a tona.

Ricardo, mais uma de trivela, de 3 dedos, show de som , show de viagem astral, valeu mesmo.
E agora, te apresento mais uma descoberta:

Eter-K
Watching The Universe
2011

De onde são? Do Peru.

O álbum é bom? É do Peru!

O que chama a atenção? Forte presença do baixo, bem acompanhado pela batera e pela guitarra.

Qual é o estilo?

Instrumental e diferente.

Classificado como "rock progressivo espacial psicodélico", na mesma linha do Ozric Tentacles e do Oresund Space Collective.

Como descobri?

Indicação da Masqué Records.
 
Apresentando o trio de persistentes batalhadores:

- Iván Santos / guitars

- Eduardo Velarde / bass

- Adrián Arguedas / drums, electronic percussion
 
Participação e colaboradores para este álbum:

- Tavo Castillo / flute (3)
- Georgia Platman / mantric chanting and narration
A fines de los 80s surge este grupo, siendo una conjunción de estilos y gustos musicales de quienes lo conformaban en esa oportunidad, lo cual no lo encasillaba dentro de una etiqueta musical debido a la diversidad de estilos que había en él.
Debido a la aceptación del público y el afán de plasmar en una grabación lo expuesto en escenario en 1990 deciden realizar su primera producción, el cual posteriormente fue editado por CUERO NEGRO, productora relacionada al género metal, pero que no dudó en trabajar con el grupo a pesar de estar en un estilo totalmente ajeno a la productora.
El grupo dejó de tocar a fines de 1992, entrando en un largo receso. A fines de los 90s reaparece con un formato distinto al de sus inicios. Actualmente es un trío conformado por Iván Zurriburri (Guitarras), Pedro Castro (Batería) y Eduardo Velarde (Bajo), la propuesta actual está enmarcada dentro del rock instrumental, dentro de lo que podría ser el hard rock y el rock progresivo. 
El grupo a retomado algunos temas anteriores pero con un enfoque instrumental y los temas nuevos tienen un corte mas ligado al rock progresivo, el hard rock y el jazz-rock, existiendo bastante libertad para la improvisación en los temas, en los cuales resalta el trabajo instrumental de sus integrantes.


En este ambiente rockero actual en el cual existen estilos definidos y un gran número de grupos que estan dentro de uno u otro estilo, es saludable que haya apertura a otras propuestas, debido a que dentro de la gran masa rockera hay quienes están avidos de otras propuestas y no hay que dejarlas de lado, porque asi se enriquece el panorama musical nacional y eso es saludable. Los diversos músicos que han participado en algún momento en ETER-K dan fé de la diversidad de su propuesta y de la aceptación que tiene en ciertos sectores:
Carlos Toledo (Cantante; ex-Abiosis, grupo electro acústico)

Kimba Vilis (Baterista;ex-Leusemia, grupo punk, actualmente con aportes progresivos)

Daniel F. (Lider de Leusemia, grupo punk, actualmente con aportes progresivos)

Tavo Castillo (Tecladista del grupo progresivo Frágil)

Támira Basallo (Bajista; ex-integrante del grupo Col Corazón, grupo dark)

Lauris Rodriguez (Guitarrista; ex-integrante del grupo metal Dharma)

Jorge Acosta (Flautista; ex-integrante del grupo fusión-folk Del Pueblo)

Eduardo Velarde (Bajista; ex-integrante del grupo death metal Necrofagia)

Pedro Castro (Baterista, ex-integrante del grupo punk Luxuria)

Iván Zurriburri (Guitarrista; ex-integrante del grupo rockanrolero Flema)
Discografia:
1991 Caja De Dudas
2000 Abre La Caja De Dudas
2002 Eter-K III
2011 Watching The Universe

E mantive tudo em 320 kbs, sem economia. Se vira aí, rsrs.


Forte abraço e bom final de semana!
Ricardo

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!