Mostrando postagens com marcador Scott Henderson. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Scott Henderson. Mostrar todas as postagens

22 de abr de 2012

Scott Henderson " Dog Party"

Bom, sigo apanhando com esse novo sistema de postagem que o blogger inventou, claro que deve ser melhor, futurista e o escambau, mas vão pra o inferno que as vezes depois de uma postagem pronta tenho de descartar tudo por causa de tanto html,rs

Lobo velho não tem saudades de maquinas de escrever não, mas catso, assim tb é foda.

Bem, recebo do PRB mais uma "coisinha" como ele mesmo diz, e eu digo simplesmente que é um dos discos que pessoalmente mais gostei e gosto de ouvir e como mudei geograficamente muita coisa ainda ficou pra traz e uma delas era o Scott e justamente esse disco.

Uma festa pra cães e lobos, uma produção todinha calcada no Blues mas voando por todas as vertentes como é a cabeça de seu criador, um liquidificador musical mas de uma qualidade impecável.

Uma cozinha de dar inveja em qqr um, estilo e peso o tempo todo e chega até a tirar o folego pra quem viaja no som como eu.

Ele me lembra muito a turma do Mike Varney como Pat Martino, Craig Erickson, Pat Mastelotto, John Norun e cia ltda; são discos que vc ouve e sente que tem começo meio e fim, são amarradas uma música na outra mesmo parecendo desconexas, e valem a pena ir de cabo a rabo nessa balada pra entender o que digo (óbvio, pra quem ainda não ouviu,rs).

Ouçam, sejam felizes, comecem a semana com um som que é uma festa sim, levem pra onde puder e deixem rolar e rolar, pra que ecoe por todos os vales sons de qualidade absurdamente perfeitos.
Hi Dead!

Tudo certinho, meu velho?

este eu pensei em mandar para o brother Pirata, mas fiquei preocupado que talvez pudesse danificar os sistemas de navegação daquela nau destrambelhada(rsrs);

fica a teu critério repassar, postar ou fazer o que quiser.

sei que as coisas estão difíceis, mas ainda tá valendo a possibilidade e porque não a felicidade de poder compartilhar estas coisinhas, é pura diversão.

abraços ao velho lobo e beijos nas crias


Recorded at Studio Sound, North Hollywood, California and The Convent, Beverly Hills, California in February 1994.


Personnel:

Scott Henderson (guitar); Kirk Covington (vocals, drums); Erin McGuire (vocals); Linda "Zig" Zegarelli, Pat O'Brien (harmonica); Mike Whitman (saxophone); Stan Martin (trumpet); Scott Kinsey (keyboards); Willie "Scrub" Scoggins, Steve "Huey Thibideau" Trovato, Keith "Mr. Big D" Wyatt, T.J. Helmerich (guitar); Richard Ruse (bass);.
Scott Henderson é um guitarrista de fusion melhor conhecido pelo seu trabalho na banda Tribal Tech. É um dos mais aclamados guitarristas da atualidade, e sua habilidade de improvisação é muito bem reconhecida.


Nascido na Flórida nos EUA, Scott Henderson começou a tocar guitarra cedo. Em sua formação musical, muitos anos foram gastos ouvindo rock, blues, funk e soul, e seus interesses em jazz apareceram depois graças à música de John Coltrane, Miles Davis e outros.


Após se formar na Florida Atlantic University, Henderson se mudou para Los Angeles e começou sua carreira tocando com o violinista Jean-Luc Ponty, o baixista Jeff Berlin, e Weather Report's Joe Zawinul. Sua primeira gravação foi no disco de Chick Corea chamado "Elektric Band", nesse álbum Scott tocou solos de Fusion com seu fraseado único.


Scott formou o Tribal Tech com o baixista Gary Willis em 1984. Fez turnês e gravou com a banda até a separaçao deles após o álbum Rocket Science em 2000. Durante esse tempo se moveu diretamente para o modo de tocar guitarra do jazz/Fusion. Em 1991 foi nomeado o melhor guitarrista de Jazz pela revista Guitar World, e em janeiro de 1992 foi eleito o melhor guitarrista de Jazz pelo Guitar Player magazine's Annual Reader's Poll.


Scott Henderson voltou para as raízes de blues, lançando o aclamado álbum Dog Party em 1994. Seu último disco solo, Scott Henderson LIVE, segue essa tendencia, e seu trabalho se transforma em funk/jazz fusion.


Scott Henderson atualmente da aulas no Guitar Institute of Technology, que faz parte do Institudo dos músicos em Hollywood, California.
This collection of ten blues and blues-rock tracks represents jazz guitarist Scott Henderson's tribute (if not complete return) to the emotive guitar playing of his early guitar influences: Jimmy Page and Albert King.


Released in 1994 after a string of highly acclaimed jazz fusion recordings, Dog Party won equal approval from the fickle guitar virtuoso press and fan base, winning every important magazine readers poll for best blues recording.


Accompanying Henderson on drums and vocals is drummer, vocalist, and fellow Tribal Tech member Kirk Covington; bassist Richard Ruse; and a host of heavyweight guest guitarists, vocalists, keyboard players, and other instrumentalists.


The music is comparatively direct relative to Henderson's fusion work, but the guitarist's chord and phrasing mastery is plenty evident throughout Dog Party.


Choice tracks include the vibrant "Milk Bone," the fuzzed-out and excessive "Hound Dog" cover, and the furious opener, "Hole Diggin'."


These stretched-out tracks are pure musical treats, while the more pop- and rock-structured cuts have an effect that might leave fans feeling as if something (specifically, the guitarist's tasty soloing) is being unduly held back.


Smart, syncopated, and snappy, Dog Party is a feast of stylish blues served with grace and feeling.


~ Vincent Jeffries

Enjoy!!!!!!!!!!!!!