Mostrando postagens com marcador Tal Wilkenfeld. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Tal Wilkenfeld. Mostrar todas as postagens

10 de mar de 2010

Tal Wilkenfeld - Transformation (2007)

O que falar mais desta garota belíssima, de um talento absurdo e cultuada pelos maiores ícones do jet set musical?
Ok, ok, será que se ela fosse feinha, ou sei lá o quê, alta, baixa(bem ela é baixinha igual uma amiga minha,rs), negra, ruiva, loira, india, sei lá o quê mais, ela teria sido alçada tão alto como o foi?

Eu mesmo respondo com a minha opinião: Os caras que ela encarou não são em primeiro lugar pessoas de gênio fácil de se lidar em estúdio ou em palcos.
Segundo, não tocam com qualquer um e muito menos sobe qqr um no palco com eles ou eles dão seus nomes para avalizar só prq "é bonitinha" ou "namoradinha de alguém" pra não dizer outra coisa.

Prq aqui no nosso país tem apresentadora que num dá nem traço mas como é, bem digamos, "chaveirinho de patrão" ou "até casada com", tem programa em rede nacional falando asneiras e mais asneiras e provocando até situações vexaminosas pra verdadeiros profissionais que as tem de aguentar como se fossem as tais.Ouvi a Tal no show que o maninho Poucosiso disponibilizou do Jeff Beck "já postado aqui" e ela toca muito mesmo, e além de tocar muito é sim, bonita, carismática e super agradável.

Insisto, não creio que Chick Corea, Jeff Beck (prestem atenção nas fotos, estou falando de um dos caras mais temperamentais do mundo das cordas e que toca de graça com amigos como Rod Stewart mas não sobe em palcos com desafetos que são vários), Eric Clapton e tantos outros iriam simplesmente dizer: -Venha, vc é bonitinha!!!

Por estas e mais outras que seguem abaixo, creio sim que me tornei fã, acho digna de ser postada na galeria da alcatéia, e dividir com quem ainda não tem um dos melhores e mais completos de seus poucos trabalhos que é uma mistura de "RTF", com "George Duke" e até Santana, com sei lá mais o quê,rs

Tal Wilkenfeld, creio, veio pra ficar e seria assim com o Jeff Buckley caso ainda estivesse vivo; acho que associo muito com ele o frescor da idade, o talento e a vontade de conquistar voce (pelo menos eu) logo de cara.
Agora é com vcs.

obs: Tive de colocar aqui porque trouxe este release da wikipédia, mas tinha tantos erros de grafia e de história que alterei do original algumas coisas, o que não gosto de fazer porque deve-se respeitar o trabalho de quem teve e dar os devidos créditos, mas este estava realmente muito abaixo de outros que puxei de lá, mas assim mesmo resolvi colocá-lo prq o conteúdo é até bom. Já as imagens é este lobo manco que busca e tenta ilustrar o post.Tal Wilkenfeld (Nascida em Sydney, Australia em 1986) é uma baixista que ganhou reconhecimento internacional se apresentando ao lado de alguns dos mais notáveis artistas do rock e jazz music. Em 2008, Wilkenfeld foi votada como "The Year's Most Exciting New Player" do ano em uma enquete da revista Bass Player Magazine.
Ela impressionou críticos e fãs com repertórios musicais normalmente reservados somente a artistas com uma carreira relativamente estabilizada.

Wilkenfeld se tornou uma baixista profissional com apenas 3 anos de experiência com o baixo.
Em contraparte ao seu trabalho como coadjuvante em muitas musicas de músicos lendários, ela acabou por assumir o papel de líder de seu próprio trio, eponymous, o qual incluiu os musicos Wayne Krantz, Keith Carlock, and Jeff "Tain" Watts.
Wilkenfeld iniciou-se ao baixo com a idade de 14 anos. Dois anos depois, com a idade de 16 anos, ela largou o ensino médio, afirmando que "aquilo simplesmente não iria servir para ela",e imigrou para os Estados Unidos. Assim que desembarcou, ela estudou guitarra elétrica, mas dentro do ano ela fez a troca pelo Baixo Elétrico com a idade de 17 anos. Depois de uns poucos meses, foi oferecido a ela um patrocinio com a Sadowsky Guitars, e isso deu a ela a chance de formar uma banda própria, e começou a compor suas próprias músicas. Com 18 anos ela se mudou para Nova York e começou a criar "nome"nos diversos clubes de jazz de Nova York.

Em 2006, Wilkenfeld se apresentou como convidada com a "Allman Brothers Band", e gravou seu primeiro album solo, "Transformation", o qual foi gravado em um período de cerca de dois dias quando ela tinha apenas 20 anos. Wilkenfeld compos, produziu, arranjou, e tocou baixo em sete intrincadas gravações com Wayne Krantz, Geoffrey Keezer, saxofonista Seamus Blake, e Keith Carlock. Transformation foi lançado na Austrália e Japão in Australia and Japan, e permanece como artigo de importação em outros territórios.

Alheio a isso, Chick Corea estava procurando um baixista para sua próxima turnê, Wilkenfeld enviou para ele algumas demos de Transformation. Ela foi escolhida para acompanhá-lo em sua turnê pela Austrália.
No início de 2007, com Frank Gambale (abaixo na foto) e Antonio Sanchez.
Alguns meses depois ela se juntou a Jeff Beck, Vinnie Colaiuta, e Jason Rebello pela Beck's summer European tour.
Alguém lembra do "Gambale"? Porra ele deu uma sumida ou é impressão minha?

Depois de retornar da Europa, o grupo completou sua turnê na "Eric Clapton's Crossroads Guitar Festival em Chicago", Illinois, tocando para uma platéia de aproximadamente 40,000 pessoas. Lá por novembro de 2007, Wilkenfeld novamente se juntou a banda de Beck por uma semana de gigs no Ronnie Scott's jazz club em Londres, onde a banda teve a presença no palco de Eric Clapton, Joss Stone and Imogen Heap.
Muitas estrelas do rock estavam na platéia, de acordo com a BBC, incluindo "Robert Plant". Essa apresentação foi filmada e gravada, tendo sido lançada em CD e DVD pelo título Performing This Week...Live at Ronnie Scott's.

Nessa mesma viagem à Inglaterra, Wilkenfeld se juntou a Herbie Hancock em uma sessão com diversos ícones do jazz como Wayne Shorter, o qual foi filmado pela A&E series Live from Abbey Road.

A Cantora Corinne Bailey Rae, e o baterista Vinnie Colaiuta foram tambem apresentados nessa sessão. Wilkenfeld encerrou 2007 com um par de shows "standing-room-only" em Greenwich Village com Wayne Krantz.

Em 2008, Wilkenfeld acompanhou Krantz em shows em Los Angeles, e então embarcou em uma turnê pela Australia no outono de 2008, com Wayne e Keith Carlock- uma junção dos integrantes da banda que apareceram em "Transformation".
Já no fim da turnê, Wayne e Keith, acompanhados tambem por John Beasley, acompanharam Wilkenfeld durante sua manchete para a revista Bass Player Magazine's Bass Player LIVE! em 2008, Los Angeles. Já em Julho de 2008, Wilkenfeld accompanhou Jeff Beck no Grammy's Tributo à George Martin em Los Angeles.
Ela tambem apareceu no "Warren Haynes's 20th Annual Christmas Jam", reunindo-se com Allman Brothers Band, e tambem atuando como convidada com Gov't Mule, Ivan Neville, e Robben Ford.

2009 começou com uma turnê pela Austrália e Japão com Jeff Beck, e semanas depois, uma turnê pelos Estados Unidos, que começou com um show na Beck's 2009 induction, Rock and Roll Hall of Fame.
Lá, eles tocaram "Beck's Bolero", e se juntaram a eles ilustres como Led Zeppelin's Jimmy Page com a "Immigrant Song".
Nas poucas semanas de intervalo entre a turnê pelo Japão e America, ela figurou como "the very first special guest" a poder sentar-se com os The Roots no Jimmy Fallon show.
Ela então embarcou na turnê de verão de Jeff Beck pela Europa, Canada e Reino Unido.

Durante as apresentações no Reino Unido, David Gilmour se juntou a eles durante uma performance especial no Royal Albert Hall.
Wilkenfeld já se apresentou com diversos músicos notáveis, como Hiram Bullock, Susan Tedeschi, Rod Stewart, John Mayer, Ron Holloway, e Prince.

Discografia

2006 Transformation; Primeiro album solo de Wilkenfild
2007 "Crossroads: Eric Clapton Guitar Festival 2007"; Tal toca com Jeff Beck em "Cause We've Ended as Lovers" and "Big Block".
2008 "Performing This Week...Live At Ronnie Scotts" CD
2008 "Performing This Week...Live At Ronnie Scotts" DVD
Musicians
Tal Wilkenfeld - bass
Wayne Krantz - guitar
Keith Carlock - drums
Geoffrey Keezer - Piano
Seamus Blake - tenor sax

Tracks

01-BC
02-Cosmic Joke
03-Truth Be Told
04-Seredipity
05-The River Of Life
06-Oatmeal Bandage
07-Table For One

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

11 de fev de 2010

Tal Wilkenfeld feat. Jeff Beck.......rs



Olha se o cara venera a garota, se ela é uma gracinha, e toca para caraco, então mudei por conta própria a apresentação; é ela que o convida para o show, e que show, quem teve oportunidade de baixar o que o Poucosiso postou aqui antes de deletarem os links levou de quebra essa música fantástica.

Que bom novos ares, e vindo de um cara que muitos dizem chato praca, tá, chato com os malas isso
sim,ré,ré,ré



Ah sim, e tem um tal de VINNIE COLAIUTA nas bateras e um tal de JASON REBELLO nos teclados.......



Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!