30 de out de 2009

The Watch - Ghost - 2001

Buenas galera da alcatéia!
Este post é pra mim uma das coisas mais lindas que já ouvi desde que conheci o Genesis a partir do album Trespass (nunca gostei do From...mas que saudades da minha adolescência bateu agora,rs), desde que ouvi as harmonias dos sons misturadas as dramatizaçôes do gênio Peter Gabriel, talvez um dos maiores vocalistas vivos da história da música.

Bem, sim, eles seguem a linha exata descrita acima, beberam na fonte, mas outros não conseguiram, eles se superaram e se não marcaram ainda tão profundamente nossas almas em primeiro; os tempos são outros e em seguida a internet hj tá um lixo tão grande que pra se achar algo que presta tem que rodar muito o que faz que as pessoas desanimem e parem de procurar e continuem ligados em seus sons, assim não correm riscos desnecessários.

As fotos que seguem de 2009 foram retiradas do The Watch - Portal e são na sequência de:
Simone Rosseti - Vocals, flute, tambourine, mellotron and moogs (studio)
Marco Fabri - Drums, percussions, vocals
Giorgio Gabriel-Electric guitars, 12 strings acoustic guitar, classical guitar
Guglielmo Mariotti-Bass, bass pedals, 12 strings electric and acoustic guitars, vocals
Valerio De Vittorio-Pianos, Hammond L122 organ, mellotron, arp and moog synths, vocals
E são ilustrativas , mas a banda do Ghost está descrita abaixo e nos próximos posts atualizo quem é quem.
Mas como não tenho sangue de barata, aliás o lobo é um avatar quase próximo de minha essência mas um dia ainda posto uma imagem mais coerente com minha alma atormentada de ver tanta idiotice e tanta prepotência pelos blogs a fora..............mas calma é fácil explicar.

Existem aqueles que só postam, e existem aqueles que como eu gostam de viajar, jogar um pouco de conversa fora, mas no meio existem alguns que só sabem roubar idéias e ainda posam de gênios, opiniões indiscutíveis de oráculos da música.....um puta bando de babacas, um bando de chupins, um bando de imbecis e idiotas que não sabem porra nenhuma de música e ainda qdo roubam algo de alguém postam como se fossem de seu acervo pessoal algo que nem sabem o que é.
Depois desse desabafo volto ao som em questão, que vi em poucos blogs até agora, e poucos sabem deles o suficiente pra explicá-los e nem imaginam terem postado algo que não surgia há muito, música de qualidade e feita por mais uma banda italiana.

Bom se é italiana, eu sempre prefiro a opinião de amigos especialistas no assunto afinal eu aprendo com eles, não nasci sabendo, mas de música eles entendem e sempre dou os devidos créditos,não sou ladrão de idéias e nem de trabalho alheio.
E poucos entendem de rock progressivo italiano como o Alberto , a Jessica e outros que vivem lá. "L'album dei NightWatch venne additato da molti come un buon disco ma purtroppo fortemente condizionato dall'opera di clonaggio dei Genesis, opera che il gruppo perpetuava anche dal vivo, col cantante Simone Rossetti vero istrione del palco sulle orme del miglior Gabriel.
Dopo il cambio di nome, a seguito di qualche cambio di formazione, c'era curiosità sulla direzione che il nuovo corso avrebbe potuto seguire. Beh... non so come dirlo ma... questo non è un album di un gruppo chiamato The Watch! Ci hanno preso in giro!
E' stato preso qualche nastro contenente inediti dei Genesis del 1972 e l'hanno spacciato per un disco nuovo! Non è possibile che un gruppo attuale componga, suoni e appaia così uguale! La voce di Simone... Simone...? Simone chi? Questo è Peter! Cyrus dei Citizen Cain diventerà verde d'invidia ad ascoltare questo disco, se davvero non è Peter Gabriel quello che possiamo sentire alle prese con queste 7 canzoni; altro che voce uguale...! Ripeto: questo è un disco dei Genesis, dei migliori Genesis probabilmente rimasto nel cassetto perché ritenuto a suo tempo troppo poco commerciale, non c'è altra spiegazione. I veri appassionati non potranno trattenere le lacrime ascoltando queste meraviglie rimaste celate fino ad oggi e finalmente ascoltabili, anche se sotto un altro nome. In "Ghost" troviamo la giocosità dei Genesis di "Willow farm" e "I know what I like", la drammatica epicità di "Epping forest", le aperture di tastiera che ti allargano il cuore, le intricate melodie e le liricità poetiche di Peter.
La chitarra di Hackett è riconoscibilissima nei suoi tipici lamenti che tanto hanno contribuito a creare il sound del periodo d'oro del nostro gruppo preferito, mentre Collins, pur preciso come al solito, pare qui trattenersi un po' dietro il suo castelletto.
Non trovo molto da dire... o meglio... troverei moltissimo in quanto questo disco si commenta da solo oppure avrebbe bisogno di un libro per ogni canzone in esso presente. Resta il fatto che The Watch... pardon, i Genesis hanno trovato il modo di tenerci incollati allo stereo per 47 minuti senza concederci possibilità di scelta, dato che chiunque ami questa musica non potrà farne a meno.

PS: dato che di persone povere di spirito ce n'è più di quanto ognuno creda: questo è veramente un album della band chiamata The Watch, solo che, come dire, assomiglia un poco ai Genesis. Forse si va perfino al di là della parola clonazione, dato che effettivamente sembra proprio un album dei Genesis! C'è diffidenza nei riguardi dei cloni, ma l'eventuale condanna che qualcuno volesse infliggere al gruppo milanese si squaglierebbe alle prime note della prima canzone, ne sono sicuro."
Alberto Nucci.
Formação The Watch - Ghost

Simone Rossetti - vocals
Valerio Vado - guitars
Marco Schembri - bass
Sergi Taglioni - piano, keyboards
Gabriele Manzine - keyboards
Roberto Leoni - drums
Artworks by SPENCER BOWDEN

1) DNAlien 8.36
2) The Ghost And The Teenager 8.38
3) Heroes 8.12
4) Lochsmith 1.15
5) Moving Red 6.34
6) Riding The Elepant 3.38
7) ...And The Winner Is... 10.11

Obs: Quem me lembrou do som dos caras foi o Cláudio que vive me cobrando no mural tudo que pode,rs e graças a ele o viejo lobo lembrou de postá-los afinal já faço parte do fã clube deles faz tempo e tb de seu site, acompanhando seus shows mundo afora, mas como tem muita coisa boa postada aqui e vejo que a maioria de fora é que procura, guardo as raridades e as melhores pra qdo acho ocasião melhor, qdo é pra alguém como presente, qdo tô no clima, qdo tô afim, prq correr riscos, ser deletado, ter links deletados e etc, tem de valer a pena não?

Valeu Cláudio! O primeiro não é esse álbum, ou melhor é! este é o segundo ou melhor não é! pra quem não sabe e pretende sugar viu? ré,ré,ré

Mas postarei os outros em breve. Agora que já dei algumas dicas que tal ilustrarem seus posts sobre uma das maiores bandas que já surgiram nos últimos anos, e ralarem um pouco pra ter o trabalho dos caras?

The Watch - Ghost

Gustare!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

"Terça do Omar" direto do "Seres da Noite"

Jimmy Witherspoon (1996) Live At The Mint

Bom, como um viejo lobo que se preza e sem a mínima vergonha, passei pelo "Seres da Noite", como faço sempre as terças pra ver o que meu amigo Omar teria reservado e qual não foi minha surpresa além de um belíssimo álbum de um bluesman maravilhoso, acompanhado de músicos simplesmente irrepreensíveis uma dedicatória a este lobo andarilho!!!!!!

Porra quem não gosta de ganhar presentes?
Mas existem presentes e presentes, claro, óbvio e lógico dã, diria Lucy, mas alguns tocam tão fundo a alma da gente que as vezes o presenteador nem imagina o tamanho da dor que aplacou com um gesto tão singelo.

Eu fiz um comentário lá agradecendo e tal, mas não resisti em expor aqui tb na galeria de artes da nossa alcatéia, pra que os lobinhos cresçam sabendo de onde vieram, pra que os mais adultos relembrem histórias a luz do luar, e pra que o coração deste lobo receba uma "fresca"pra aplacar e aliviar as dores do mundo.

Extremamente envaidecido, só posso dizer ao Omar que amei e que me remeteu à um som tb fantástico onde Albert King (eu disse BB King lá, excuse moi)apresenta nada menos que SRV, num disco dele tb maravilhoso e isso só pra dizer que, quem é grande como o Jimmy era(aqui trocando cordas com nada menos que Robben Ford)e o Albert; sabem que o gostoso é compartilhar, dividir, que na realidade dá como resultado a "soma" sempre mais e nunca menos; compartilhar é amar, é doar, é dar sem esperar nada em troca - "Sara_Evil" - e foi isso que o "Morcegão" fez ao ter o "Omar" com ele, e ele dividindo comigo e conosco.

E atenção pras versões de "What a wonderfull world" e "Stormy Monday", simplesmente divinas!!!

Terça do Omar - Seres da Noite
Este albun gravado en vivo en The Mint, fue nominado para el Grammy como mejor disco de blues tradicional. En el dos grandes musicos, en momentos opuestos de sus carreras, Jimmy Witherspoon, una de las mayores voces del blues y del jazz, con su registro vocal ronco, intensificado por el cancer de garganta que lo llevaría a la muerte en 1977 y su grande amigo Rooben Ford, surgiendo como uno de los mas promisores guitarristas de blues rock, transforman este disco en un obra prima del blues.

Gravado en un ambiente totalmente intimista, a la moda de los viejos clubes de blues, Witherspoon con sus tonos bajos, por momentos casi un lamento es secundado por un Ford absolutamente brilhante, en uno de sus mejores trabajos. Un disco que para aquellos que aman el blues llega a ser emocionante (soy uno de esos).

Este post va dedicado a un cara de rara sensibilidad, que siempre está presente dando una fuerza, valeu Dead.
Line up:
Jimmy Witherspoon: vocals
Robben Ford: guitars
Roscoe Beck: bass
Russel Ferrante: keyboards
Tom Breachtlein: drums

Tracks:
01 - Goin' Down Slow 09:08
02 - Big Boss Man 06:16
03 - Goin' To Chicago 05:31
04 - Intro 00:53
05 - Ain't Nobody's Business 05:28
06 - Medley Trouble Mindcherry Red 06:10
07 - Intro 00:57
08 - Past Forty Blues 05:31
09 - What A Wonderful World 03:29
10 - Medley Whose Hat Is Thatc.C. Rider 06:49
11 - Stormy Monday 07:49
12 - Money's Gettin' Cheaper 03:58
13 - Intro 01:35
14 - S.K. Blues 03:43
15 - Nothing's Changed 05:15


[99MB @192kbps]


Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

23 de out de 2009

Paice Ashton Lord - Malice in Wonderland

Paice, Ashton and Lord was a rhythm and blues, funky-soul, rock band founded after the break-up of the British band Deep Purple in 1977. Ian Paice and Jon Lord, Deep Purple's drummer and keyboardist, joined friend Tony Ashton, a British keyboardist and singer, for this project; the band was completed with Bernie Marsden on guitar and Paul Martinez on bass.

Lord had joined Ashton previously to record the album The First Of The Big Bands in 1974. There was a BBC Live In Concert recording of this event that year. Ashton also collaborated on Lord's Gemini Suite project in 1971, in which he sang lead vocals on the first song. He took part in more of Lord's solo works and also in some of Deep Purple bassist Roger Glover´s solo projects. Ashton was also invited to participate in the Wizard's Convention editions 1, 2 and 3. One album was recorded as PAL, and also a video in which you could see the band recording their first album in the studio recording sessions. Called "Lifespan", they explain what were the inspirations & meanings of some of the songs. A follow-up was planned but never released.

The name of the first album was Malice in Wonderland and was released in 1977. It was re-released on CD in 2001 by Purple Records, and now includes thirty minutes of demos from the unreleased second album. A live DVD was due for release in late 2006.

Despite some critical appreciation, the album was not a great success. After Ashton broke his leg falling off a stage, the group was wound up. Lord, Marsden and later Paice enlisted in David Coverdale's Whitesnake. Martinez joined Stan Webb's Chickenshack for a short time,before joining John Otway for one album and going on to play with Robert Plant. Later on, Paice played in Gary Moore's band before he and Lord joined the re-formed Deep Purple in 1984, where Paice remains to this day. Ashton died of cancer on 28 May 2001

Original Album: 1/ Ghost Story, 2/ Remember The Good Times, 3/ Arabella, 4/ Silas & Jerome, 5/ Dance With Me Baby, 6/ On The Road Again, Again, 7/ Sneaky Private Lee,
8/ I'm Gonna Stop Drinking Again, 9/ Malice In Wonderland.

Bonus Tracks From Unreleased Second Album: 10/ Steamroller Blues, 11/ Nasty Clavinet, 12/ Black And White, 13/ Moonburn, 14/ Dance Coming, 15/ Goodbye Hello LA,
16/ Untitled Two, 17/ Ballad Of Mr Giver.

;)download

t+.....

21 de out de 2009

U2 - Bootleg - Live in New Jersey - 24-09-2009

Se tem um cara que tá perdendo o juízo eu começo a achar que esse cara sou eu!

Mas é de fácil explicação, nós somos perseguidos, deletados, cassados e agora querem cortar o acesso a internet de que faz downloads "ilegais", ré,ré,ré; e eu como todo bom lobo que se preza (bom? eu?)acho um show desses caras e dos mais recentes e posto antes um pouco deles lançarem seu novo disco!!!!

Não, sem essa de herói ou arrojado provocador, é que o Alberto da Rock Fly voltando de suas férias no Caribe (é pra quem pode né?)me deu uma dica que eu nem me lembrava; o U2 tá com som novo na praça no fim do mês, com uma puta de uma mídia, vídeo na net e o escambau e como aqui na toca, a alcatéia não tá nem aí se mais um disco ou menos um vai fazer a gente sair em disparada qqr dia desses pras montanhas, porque não?

Dá uma olhada só nesse vídeo se ainda não viu e se liga como são fraquinhos os caras,rs.

Caraca! Eu gosto de U2 praca, e sempre gostei, nunca me esqueço daqueles clipes grotescos do início deles na tv, principalmente de "Sunday Bloody Sunday" , que foi gravado numa espécie de caverna com tochas e sei lá mais o quê; mas o importante ali era a mensagem contra um massacre ocorrido na Irlanda que manchou de vermelho as ruas daquele pequeno país.

País esse que por incrível que pareça vê crianças católicas serem proibidas de passarem por bairros de protestantes pra irem a escola e vice-versa ao contrário ídem!!!
Qdo os ouvi pela primeira vez notei que eram diferentes, tinham uma pegada punk num rock feroz, uma levada negra em baladas longas, e um diferencial ainda maior "Eles se importavam com os outros".

Tá, tá, vc vai dizer que era estratégia de marketing, ou qqr coisa que o valha, mas até hoje o Bono é considerado um chato prq vive denunciando tudo que o progresso traz de mal como: "mortes de focas a pauladas pra não estragar as peles pras madames"; "perseguição racial na Africa onde as mulheres são violentadas prq se acredita que com isso se cura a aids nos estupradores"; a fome na mesma Africa e etc, etc, e etc.Só me responda uma coisa: Onde ele está errado?

Errado somos nós que nada fazemos enquanto isso ocorre, enquanto meninas são brutalmente feridas pra retirada do "clitóris", num ritual macabro onde os pais as seguram com as pernas abertas e um "ancião"da comunidade de posse de uma pedra pontiaguda, aleija a menina pra que não tenha desejos sexuais e peque contra algum tipo de deus.
Obs: atenção, isso é só a grosso modo sem conotação técnica até mais como desabafo,mas se alguém quiser posso postar tudo o que falei com dados técnicos e comprovados com imagens.

Por isso, corro mais um risco, e que se lixe o que der, gosto dos caras, eles estão cada vez melhores, tem poucas bandas que conseguem uma levada como a deles e poucos músicos são tão amados e queridos por seus pares e por seu público.LONDON (Reuters) – U2 will stream an entire concert live on the YouTube video sharing site this weekend, the Irish band said on their website. Sunday's show at the Rose Bowl in California is already a sellout, with an audience of 96,000 expected, and U2 said it would be the first time for such a large show to be streamed live.

"The band has wanted to do something like this for a long time," said manager Paul McGuinness in a statement.

"As we're filming the LA show, it's the perfect opportunity to extend the party beyond the stadium. Fans often travel long distances to come to see U2 -- this time U2 can go to them, globally."

Google Inc's YouTube will stream the concert across five continents, and two replays will be available after the live feed -- on www.U2.com and YouTube.

The band behind hits like "Beautiful Day" and "Sunday Bloody Sunday" kicked off the U2 360 Tour in Barcelona in June and has boasted high attendances by using a circular platform that can be viewed from all sides of arena.

YouTube has had an uneasy relationship with the record industry in recent years, with labels arguing that popular social networking and online video sites should pay them more for the right to feature their artists.

At the same time they recognize the importance of maintaining their presence on sites that help shape young fans' musical tastes.

(Reporting by Mike Collett-White; Editing by Steve Addison)
Tracklist:
01 - Intro
02 - Breathe
03 - Get On Your Boots
04 - Mysterious Ways
05 - Beautiful Day
06 - No Line On The Horizon
07 - Magnificent
08 - Elevation
09 - I Still Haven't Found What I'm Looking For
10 - Unknown Caller
11 - Until The End Of The World
12 - Stay (Faraway, So Close!)
13 - The Unforgettable Fire
14 - City Of Blinding Lights
15 - Vertigo
16 - I'll Go Crazy If I Don't Go Crazy Tonight
17 - Sunday Bloody Sunday
18 - MLK
19 - Walk On
20 - One
21 - Where The Streets Have No Name
22 - Ultra Violet (Light My Way)
23 - With Or Without You
24 - Moment of Surrender

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

14 de out de 2009

Gov't Mule - by a Thread

Aprendi uma coisa bem legal hoje!
Qdo começar uma discussão em chat ou na net em geral, saia fora porque ninguém sai sem levar chumbo,rs

E como um um Lobo que preza o pêlo que tem, nem chamuscar mais tô afim qto mais levar chumbo, ré,ré, tô fora!!!!
Bem, como diz o sábio Dio, b....e gosto cada um tem um, e o Gov't é um capítulo à parte da música pra mim, além de muito do pouco que sei; aprendi ouvindo os caras e olha que já ouvi alguns, mas poucos se assemelham à esses caras seja em que fase for.

Não é qqr um que chama "n" músicos para apresentações variadas e a galera comparece sempre e tb não é qqr um que conta na cozinha com um Bernie Worrell em vários discos, lenda viva e um dos fundadores de grupos como Parliament, P-Funk e Funkadélic, além de um Mark Ford e até Neil Young já deu canja com eles, som esse que tb já postei um registro único do autor e mestre com o aluno que já é um mestre. Aqui vc acha esse encontro ao vivo da música "Cortez the Killer".
Por estas e outras o som que vc vê acima vai ser lançado ainda, mas já vazou como sempre e foi no "Seres da Noite" que tomei o primeiro contato e como pretendia ainda subir aqui está!!!
Se prepararem para o show que é o som desse disco; "intro" em alguns momentos, "baladeiro" em outros e até meio "deprê" de qdo em qdo, mas esse é o Blues verdadeiro que o Warren Haynes aprendeu; tudo que precisava e a cada dia fica melhor.

"This recording's title might refer to the infinitesimal degree of separation between the work of an single artist and that of a full-fledged unit. As cleanly captured by producer Gordie Johnson, Gov't Mule wouldn't work so well if keyboardist Danny Louis, drummer Matt Abts and newly recruited bassist Jorgen Carlsson were merely backing Warren Haynes. The dual-structure of "Inside Outside Woman Blues #3" , for instance, would be rote self-indulgence rather than catharsis if this was not a unified quartet. Likewise, the similarly-structured changes of "Scenes From A Troubled Mind" wouldn't work so effectively if the four-piece were not in sync with each other as well as Haynes."

Tracklist:
1. Broke Down On The Brazos 6:19
2. Steppin’ Lightly 7:10
3. Railroad Boy 5:03
4. Monday Mourning Meltdown 8:08
5. Gordon James 3:48
6. Any Open Window 4:45
7. Frozen Fear 5:48
8. Forever More 4:17
9. Inside Outside Woman Blues #3 9:04
10. Scenes From A Troubled Mind 7:23
11. World Wake Up 5:54

Enjoy!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

12 de out de 2009

"Paul Anka afirma que nova música de Michael Jackson foi 'roubada' dele!"

O compositor Paul Anka afirmou nesta segunda (12) ao site de celebridades TMZ.com que a nova música de Michael Jackson é igual a uma canção que havia escrito com o Rei do Pop nos anos 1980. Divulgada como "não-lançada", a faixa "This is it" foi colocada para audição nesta segunda no site oficial de Jackson e fará parte do CD duplo com a trilha sonora dos shows que Jackson havia prometido fazer antes de sua morte para se despedir dos palcos.
Anka revelou ao TMZ.com que, em 1983, compôs com Jackson uma canção chamada "I never heard" para ser incluída no álbum de duetos "Walk a fine line". Segundo o compositor, uma versão demo da música teria sido gravada em seu estúdio e, posteriormente, "roubada" por Jackson.

O compositor - que tem em seu currículo sucessos como "My way", imortalizado por Frank Sinatra - afirmou ao TMZ.com que, na época, procurou os advogados que representavam a ele e a Jackson e os ameaçou de processo caso não recuperasse as fitas. Anka revela que as recuperou, mas argumenta que Jackson fez uma cópia das gravações.

Depois do desentendimento com o Rei do Pop, a versão original de "I never heard" foi repassada por Anka para uma cantora porto-riquenha radicada nos EUA chamada Safire. A faixa está em seu disco "I wasn't born yesterday", lançado em 1990. O site Allmusic.com traz os créditos de todas as composições deste álbum, com exceção de "I never heard". Outras fontes na internet, no entanto, de fato creditam a faixa a Anka e Jackson
.
This is it - Clique aqui para ouvir a versão de MJ disponível na web.

O G1 ouviu "I never heard", na voz de Safire, e "This is it", a nova música de Jackson, e constatou que de fato ambas se parecem bastante. Não só a melodia, mas versos inteiros das duas faixas são exatamente iguais.

Aqui abaixo a versão anterior, a qual Paul Anka alega ter cedido os direitos.



A versão dos anos 80/90 gravada por Safire abre com os versos:
"This is it
Here I stand
In the light of the world
Love is grand
And this love
I can feel
And I know
Yes, for sure
It is real"

Já "This is it", de Michael Jackson, inicia com praticamente os mesmos versos, mas ao invés de "Love is grand" (o amor é grande), o Rei do Pop aparentemente canta "I feel grand" (eu me sinto grande). Um pouco antes, no lugar de "In the light of the world" (à luz do mundo), a versão de Jackson é "I'm the light of the world" (eu sou a luz do mundo). Os arranjos e algumas outras palavras ao longo da letra também são diferentes.
O refrão é muito semelhante em ambas as versões, com exceção do último verso onde Jackson troca "Come on, please, baby, I'm trusting" pela expressão abaixo:

"I never heard a single word about you
Falling in love wasn't my plan
I never thought that I would be your lover
Come on, baby, just understand"

O site TMZ.com relata que procurou a Sony Music, responsável pelo lançamento de "This is it", mas que não obteve resposta.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, a gravação de "This is it" foi encontrada em uma caixa de fitas com apenas a voz de Michael e um acompanhamento ao piano. À agência, a Sony Music afirmou que não tem certeza de quando a versão foi gravada, mas especula que possa ter sido na época do disco "Off the wall", lançado 30 anos atrás, em 1979.

A versão final de "This is it" tem arranjos de cordas e percussão adicionais, além de vocais dos irmãos Jackson.

Tommy Mottola, ex-CEO da Sony Music, disse à AP logo após a morte de Jackson em 25 de junho que existem "dúzias e dúzias de canções" que não entraram nos álbuns do popstar, além de outros materiais gravados mais recentemente
.

Texto retirado do portal G1, link retirado do site de Michael Jackson

2 de out de 2009

"Programação Especial aos Amigos da Rock Fly"


Olá amigos!!!

Para que os ouvintes da Rock Fly vejam a qualidade dos nossos Parceiros, fizemos uma programação Especial com Bandas e Músicas escolhidas por eles, ou seja, todos os sons que vão rolar neste final de semana são de indicações destes amigos em seus sites e Blogs:

LUIS MENEGON
http://www.venenosdorock.blogspot.com

DEAD OR ALIVE
http://www.sommutante.blogspot.com

BIG CLASH
http://www.fuxucamarimbondo.blogspot.com

RICARDO SEELIG
http://www.collectorsroom.blogspot.com

DIO E DIEGO
http://www.erawilson.blogspot.com

RICARDO LUCON
http://www.camaradeeco.blogspot.com

CLAUDIO TULL
http://www.cernnunos-jtull.blogspot.com

EDUARDO MARINS
http://www.planetaprogressivo.blogspot.com

WÉLITON
http://www.luzifotogramas.blogspot.com

ORLANDO
http://www.orlandivicastro.blogspot.com

MACTATUS
http://www.voo7177.blogspot.com

BENTO ARAÚJO
http://www.poeirazine.com.br

EDSON AQUINO
http://www.gravetos-berlotas.blogspot.com


Vocês vão ouvir por exemplo:

SHOCKING BLUE

PATTO

STRAY

FREDDIE KING

FRIJID PINK

JOHN WETTON & KEN HENSLEY

LORD SUTCH

PETER GREEN SPLINTER GROUP

PINK FAIRIES

ZEPHYR

HARMONIUM

JOE WALSH

KROKODIL

LE ORME

L'UOVO DI COLOMBO

MARK WOOD

THE NICE

MUNETAKA HIGUCHI WITH DREAM CASTLE

MUSEU ROSENBACH

QUARTZ

SASS JORDAN

SHUGGIE OTIS

TARGET

TITUS GROAN

WARHORSE

E MUITOS OUTROS CLÁSSICOS

Quem ainda não conhece alguma destas Bandas Espetaculares terá uma oportunidade ímpar.

Não percam então, a partir de hoje (02/10) as 00:00 hs e em todo final de semana.

Alberto Jardim